nsc
dc

Educação

Veja quais regiões de SC podem retomar aulas conforme o risco para Covid-19

Escolas da rede estadual devem retomar as atividades na próxima segunda-feira (19)

15/10/2020 - 09h37 - Atualizada em: 15/10/2020 - 11h29

Compartilhe

Por Redação NSC
Classificação de risco das regiões em SC é uma das condições para a liberação da volta às aulas presenciais
Classificação de risco das regiões em SC é uma das condições para a liberação da volta às aulas presenciais
(Foto: )

As escolas que ficam nas regiões de Chapecó e de Xanxerê, no Oeste de Santa Catarina, e no Alto e no Médio Vale do Itajaí poderão retomar as aulas presenciais na próxima semana. A liberação segue o mapa de risco para a Covid-19 atualizado nesta quinta-feira (15) pelo governo do Estado. Essas regiões estão com risco alto (em amarelo - veja mapa abaixo).

> Governo prorroga decreto de calamidade pública por coronavírus em Santa Catarina

> Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

As regiões com risco grave (laranja) só podem ter atendimento presencial individual - um aluno e um professor.

A classificação de risco das regiões em SC é uma das condições para a liberação da volta às aulas presenciais. As escolas também precisam ter os planos de contingência aprovados pelos comitês municipais. 

> Microrregião de Florianópolis lidera aumento de casos de coronavírus, aponta pesquisador da UFSC

> Renato Igor: Volta às aulas em SC é bom senso

A volta às aulas na rede estadual está prevista para a próxima segunda-feira (19). O cronograma prevê a retomada gradual das atividades presenciais a partir dos alunos do terceiro ano, com atividades de reforço pedagógico.

Mapa de risco para coronavírus divulgado nesta quinta-feira (15) pelo governo catarinense
Mapa de risco para coronavírus divulgado nesta quinta-feira (15) pelo governo catarinense
(Foto: )

> Escolas de SC já podem retomar aulas presenciais; entenda

> Volta às aulas em Joinville no dia 20 é descartada e retomada pode ficar para início de novembro

Em entrevista ao BDSC, na NSC TV, nesta quinta-feira, o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, defendeu que os regramentos para o retorno das aulas oferecem segurança.

— Tem que ficar muito claro que os regramentos sanitários construídos pela Saúde são os mais seguros possíveis dentro dessa pandemia. Obviamente que com uma matriz de risco que modifica de semana para semana, a questão logística do retorno às aulas é bastante complicada, mas as regras estão postas, elas são seguras, e a decisão agora é de cada gestor. O Estado já colocou claramente qual a sua intenção.

Leia também

> Jovens catarinenses e refugiados trocam cartas na pandemia

> Postagem de Felipe Neto sobre Florianópolis repercute nas redes sociais

> Concursos públicos em SC: confira as vagas em outubro, salários e como se inscrever

> UFSC abre inscrições para processo seletivo com 549 vagas em 27 cursos de graduação

Colunistas