nsc
hora_de_sc

Coronavírus

Veja quando o passaporte de vacinação pode começar em Florianópolis

Prefeito Gean Loureiro anunciou a medida e protocolos estão sendo estudados por especialistas

01/09/2021 - 15h28 - Atualizada em: 02/09/2021 - 06h59

Compartilhe

Maria Eduarda
Por Maria Eduarda Dalponte
Passaporte da vacina em Floripa ainda não tem data definida
Passaporte da vacina em Floripa ainda não tem data definida
(Foto: )

A prefeitura de Florianópolis, assim como as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, vai exigir o passaporte de vacinação contra a Covid-19 até o final do ano. O início da cobrança do documento será quando a Capital já tiver disponibilizado doses suficientes para que toda a população adulta complete o esquema vacinal.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Todo o público-alvo com mais de 18 anos foi vacinado ao menos com a primeira dose em Florianópolis. Considerando que a última faixa etária recebeu a primeira dose até 31 de agosto e que o intervalo máximo para a segunda dose é de 12 semanas, toda a população adulta poderá estar com o esquema vacinal completo até 23 de novembro deste ano. Essa estimativa não considera um possível atraso do envio do imunizante pelo Ministério da Saúde.

Com esses dados, percebe-se que a partir da última semana de novembro é possível que o passaporte de vacinação seja cobrado em estabelecimentos da Capital. Porém, a data oficial será divulgada pela prefeitura ao decorrer das semanas.

> Falta de doses atrasa vacinação de adolescentes em sete cidades da Grande Florianópolis

Assuntos como "quando" e "onde" o passaporte deve ser usado estão sendo discutidos pela equipe técnica do município. Os setores da economia também serão envolvidos na discussão.

O passaporte será exigido em locais "com grande fluxo de pessoas", segundo a prefeitura. Nas redes sociais, o prefeito Gean Loureiro escreveu no dia 23 de agosto que eventos, bares e hotéis precisarão exigir o documento.

A divulgação do passaporte pelo prefeito antes de haver regras definidas ou uma data para o começo da medida foi estratégica, de acordo com o Executivo da Capital. O município estava finalizando a aplicação da primeira dose da vacina no público adulto e, com a publicação da medida, esperava que a adesão para a vacina contra a Covid-19 aumentasse em Florianópolis.

> Anticorpos da Covid: quanto tempo dura e o que já se sabe sobre

Comprovante de vacinação em SP e RJ

Desde quarta-feira (1º), a cidade de São Paulo exige o comprovante de vacinação para a entrada em eventos com mais de 500 pessoas, como shows, feiras, congressos e jogos. Bares, restaurantes e shoppings ficaram de fora da medida, mas recomenda-se que a cobrança do documento seja feita na entrada.

O Rio de Janeiro também começaria a cobrar o passaporte de vacinação nesta quarta (1º), mas a prefeitura adiou para o próximo dia 15 pela "instabilidade do ConecteSUS para retirada dos certificados de vacinação". A cidade foi mais rídiga e publicou decreto que exige a apresentação do passaporte em locais coletivos, incluindo academia e cinema, por exemplo.

Quando sera o fim da pandemia? Assista à explicação:

Leia também

Prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro tem alta do hospital após três dias internado

Bolsonaro vai discutir o fim do uso obrigatório de máscara com Queiroga

Terceira dose da vacina contra Covid-19: o que você precisa saber

Colunistas