nsc
nsc

Política

Deputado terá que excluir posts em que mandou não pagar TPA de Bombinhas

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
11/11/2021 - 06h53 - Atualizada em: 12/11/2021 - 07h17
Deputado Ivan Naatz
Deputado Ivan Naatz (Foto: Rodolfo Espíndola, Agência Alesc)

A Justiça expediu uma liminar para que o deputado estadual Ivan Naatz (PL) retire das redes sociais uma publicação em que estimula os seguidores a não pagarem notificações por atraso da Taxa de Preservação Ambiental (TPA) de Bombinhas. A juíza Angélica Fassini, 2ª Vara da Comarca de Porto Belo, deu prazo de 24 horas para que o parlamentar exclua a postagem do Instagram e do Facebook e se abstenha de fazer novas publicações com o mesmo teor, sob pena de multa de R$ 10 mil por dia. Naatz pode recorrer da decisão.

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

A ação foi movida pela prefeitura de Bombinhas, alegando que o deputado instigou a população a descumprir norma municipal com informação falsa. Naatz compartilhou matéria publicada pela coluna, sobre a cobrança dos inadimplentes da TPA, e escreveu que as pessoas notificadas não deveriam pagar. O deputado, que é advogado, alega haver inconsistência jurídica na cobrança do débito.

Post deputado Ivan Naatz
Post deputado Ivan Naatz
(Foto: )

Bombinhas cobra R$ 19 milhões dos devedores da TPA

Na decisão, a juíza considerou que o deputado “de fato, veiculou em suas redes sociais informações falsas acerca da legalidade da Taxa de Preservação Ambiental”. A magistrada afirma que “por tratar-se de norma existente, válida e eficaz, cuja constitucionalidade e legalidade foram, inclusive, objeto de análise pelo Judiciário, nada obsta a cobrança da taxa dos cidadãos que ingressarem na cidade por meio de seu único acesso, pela Avenida Governador Celso Ramos, durante os meses de novembro a abril - constitui esse o fato gerador do tributo, segundo o art. 2º da norma em questão - e a inclusão dos nomes daqueles que restarem inadimplentes nos cadastros de restrição ao crédito”.

Hidrogênio verde empolga Naatz na Escócia; deputado quer trazer assunto a SC

Para a juíza, o deputado extrapolou os limites da liberdade de expressão e pode prejudicar a arrecadação da prefeitura de Bombinhas – o que, em seu entendimento, não está coberto pela imunidade parlamentar. “Inviolabilidade material deferida aos membros do Poder Legislativo não alcança mensagens de cunho desinformativo e, de certo modo, estão a instar a desobediência civil”, registrou a magistrada.

Balneário Camboriú sobe para 3º lugar entre os imóveis mais caros do Brasil após alargamento

Naatz é autor da PEC que proibiu a instituição de novos pedágios urbanos em SC. A TPA de Bombinhas, que teve a constitucionalidade atestada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em ação movida pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), não foi afetada pela mudança na Constituição Estadual. A cobrança, que é sazonal, recomeça no dia 15 de novembro.

Em nota, o deputado informou que ainda não foi notificado e disse que discorda da decisão judicial. "Eu respeito a decisão judicial, mas discordo do seu conteúdo e forma, observado o meu livre direito de expressão . A cobrança da TPA de Bombinhas, a meu juízo , é ilegal. Continuarei incansavelmente, por todos os meios legais , lutando pela sua extinção. Cabe lembrar ainda que, Proposta de Emenda Constitucional -PEC - de minha autoria , já aprovada e promulgada pela Assembleía Legislativa impedirá legalmente que diversos outros municipios catarinenses venham a cobrar taxas deste gênero, o que só vem a onerar ainda mais o bolso do consumidor , além de prejudicar o seu direito constitucional de ir e vir". 

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz

Leia mais:

Por que o alargamento da praia em Balneário Camboriú atraiu tubarões

Prédio mais alto da América do Sul tem Neymar, Luan Santana e números recordes em Balneário Camboriú

Polêmico, uso de fuzis por Guardas Municipais chega a SC

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas