nsc
nsc

Infraestrutura

Ministro assina convênio com Moisés nesta quarta para SC investir nas rodovias federais

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
14/09/2021 - 09h47 - Atualizada em: 14/09/2021 - 13h52
Governador Carlos Moisés com o ministro Tarcisio Gomes de Freitas
Governador Carlos Moisés com o ministro Tarcisio Gomes de Freitas (Foto: Secom SC)

O Ministério da Infraestrutura divulgou a assinatura do esperado convênio de cooperação entre o DNIT e o Governo de Santa Catarina para inclusão de recursos estaduais nas obras das rodovias BR- 470, BR-280, BR-163 e BR-285. Será nesta quarta-feira (15), às 18h, na Esplanada dos Ministérios.

> Receba as principais informações de Santa Catarina pelo Whatsapp

Estarão presentes o ministro Tarcísio de Freitas, o governador Carlos Moisés e o General Santos Filho, Diretor-Geral do DNIT. O fórum parlamentar catarinense, que participou das negociações para o acordo, também foi convidado. 

Moisés oferece mais R$ 100 milhões à BR-470 para solucionar impasse com DNIT

O Estado injetará ao todo R$ 465 milhões nas obras de rodovias federais. A maior parte dos recursos – R$ 300 milhões - será usada na BR-470. São R$ 200 milhões para os lotes 1 e 2 da duplicação, e outros R$ 100 milhões para os lotes 3 e 4.

Outros R$ 100 milhões serão investidos na BR-163, mais R$ 50 milhões na BR-280, e R$ 15 milhões na Serra da Rocinha, na BR-285.

Foto aérea do alargamento da praia em Balneário Camboriú causa polêmica

A assinatura do convênio ocorre após a Alesc ter aprovado o projeto de lei do Governo do Estado que reforçou a oferta de verbas, anteriormente prevista em R$ 350 milhões. O aumento do repasse foi a "cartada final" do governador Carlos Moisés diante da resistência do governo federal em aceitar a injeção de recursos, por discordâncias em relação aos lotes prioritários na BR-470.

Prédio balança em Balneário Camboriú com vento e causa "ondas" em triplex de R$ 17 milhões

A discussão teve pano de fundo político, já que enquanto do Governo do Estado defendia a aplicação de verbas nos lotes 1 e 2 da duplicação, mais adiantado, o senador Jorginho Mello (PL) trabalhava pela aplicação de recursos nos lotes 3 e 4, o que pulverizaria mais o investimento estadual.

Politica: Quem banca o turismo internacional do foragido Zé Trovão

Com o impasse resolvido, a expectativa é que o DNIT acelere o ritmo das obras pelo Estado. Santa Catarina foi severamente afetada pelo corte de orçamento federal para obras de infraestrutura. 

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz

Leia também

Teve reação à vacina da Covid-19? Saiba o que fazer

Entenda o conflito no Afeganistão com volta do Talibã ao poder em 10 perguntas e respostas​​​​

Variante Delta: veja a eficácia de cada uma das vacinas da Covid​​

Conheça os 16 animais mais estranhos e raros vistos em SC

As diferenças entre as vacinas da Pfizer, Astrazeneca e Coronavac

Nevascas históricas em Santa Catarina; veja fotos e quando aconteceram

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas