nsc
nsc

Política

“Para que lockdown?”, diz Bolsonaro sobre Chapecó, onde sistema de saúde entrou em colapso

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
24/02/2021 - 17h24 - Atualizada em: 25/02/2021 - 22h07
Bolsonaro critica medidas adotadas em Chapecó
Bolsonaro critica medidas adotadas em Chapecó (Foto: Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro ‘estranhou’ as medidas de contenção da pandemia adotadas pela prefeitura de Chapecó, que vive um colapso no sistema de saúde. Ao saber por um apoiador, na terça-feira (23), que a cidade implementou restrições para reduzir a contaminação, Bolsonaro criticou os fechamentos:

- Lockdown não resolve, para que lockdown? Desde março do ano passado eu tenho falado isso – diz o presidente.

> Santa Catarina decreta lockdown aos fins de semana

> Prefeito de Xanxerê chora e apela por ajuda: "estamos dando um grito de socorro"

Ao ouvir de um apoiador, no entanto, que os prefeitos estão sendo “pressionados” pela sociedade, Bolsonaro emendou com um elogio ao prefeito João Rodrigues, que é um apoiador do presidente.

- João Rodrigues é um bom prefeito, excelente.

> Anderson: Mapa da ocupação dos leitos Covid mostra o colapso se espalhando por Santa Catarina

As imagens foram publicadas pelo canal bolsonarista Foco do Brasil, e integram um vídeo que mostra a interação do presidente da República com pessoas que o aguardavam na entrada do Palácio do Planalto.

> Falta de UTI faz médico de Florianópolis escolher entre pacientes para internação

À coluna, João Rodrigues disse que entende Bolsonaro:

- É uma posição que o presidente tem, que muita gente tem. Mas estou fazendo tudo o que é possível, o que as pessoas, a comunidade, os médicos, me pedem. Não é nem um lockdown total, é parcial.

O prefeito também afirmou que o governo federal está ajudando Chapecó e vai enviar uma equipe de médicos para reforçar o sistema de saúde. O Ministério da Saúde ainda não atendeu, no entanto, o pedido do Estado para reforço de vacinação, diante do agravamento da pandemia. Santa Catarina requisitou 73 mil doses de vacinas a mais para a região Oeste, que não foram enviadas.

> Novo lockdown reduziu em 92% casos de Covid-19 em Portugal

Santa Catarina chegou ao número de 7 mil óbitos causados pelo novo coronavírus esta semana. Nesta quarta-feira (24), todas as regiões do Estado têm, no mínimo, 93% de ocupação de leitos para Covid-19. O Governo do Estado deve decretar medidas de contenção, mas a expectativa é que elas se restrinjam especialmente a limitações de horário.  

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

Leia também

Secretaria da Saúde quer comprar vacina da Pfizer para Santa Catarina

Mulher que reclamou de bacon no cachorro-quente deixa Florianópolis após ameaças de morte

"A emergência virou UTI improvisada": o relato do colapso em hospital do Oeste de SC

Chapecó receberá 100 mil testes para Covid-19 após pedir ajuda ao Ministério da Saúde

Ana Maria não poupa Karol Conká na entrevista e internet assiste com pipoca na mão

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas