nsc
nsc

Serra da Rocinha

Março de 2022: nova previsão de inauguração da BR-285, no extremo Sul catarinense

Compartilhe

Denis
Por Denis Luciano
01/08/2021 - 11h31
BR-285 com gelo na pista nesta semana no extremo Sul
BR-285 com gelo na pista nesta semana no extremo Sul (Foto: Dnit / Divulgação)

Em uma reunião do Fórum Parlamentar Catarinense (FPC) em maio, em Brasília, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, reiterou a previsão de inaugurar a BR-285, em Timbé do Sul, extremo Sul de Santa Catarina, ainda em 2021. Mas não será possível.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

- Calculo que em março de 2022 será possível inaugurar - afirma o prefeito de Timbé do Sul, Roberto Biava. A citada reunião na qual esteve o ministro com senadores e deputados catarinenses visava garantir R$ 30 milhões para a conclusão das obras. Esse problema não foi resolvido ainda, o que ocasiona uma paralisação dos trabalhos há três semanas.

- Verdade, as obras estão paradas faz mais de 20 dias - confirma o prefeito. - Sobre os R$ 30 milhões, serão em breve liberados R$ 15 milhões para a retomada das obras e faltarão R$ 15 milhões - calcula Biava. O prefeito lembra que há o compromisso da deputada Ângela Amin (PP), presidente do FPC, de aprovação do orçamento final para a BR-285 nos primeiros dias de agosto.

Atualmente, o trânsito no BR-285 ocorre por comboios
Atualmente, o trânsito no BR-285 ocorre por comboios
(Foto: )

> "Vamos arrumar uma solução", aponta ministro sobre a BR-285

A obra de pavimentação da BR-285 entre Timbé do Sul e a divisa com o Rio Grande do Sul encontra-se em um estágio delicado. Em relação ao piso da rodovia, falta apenas 1 quilômetro, mas o problema está nas encostas. Há deslizamentos constantes e é preciso uma intervenção semelhante à que está sendo executada na SC-390, na Serra do Rio do Rastro, para evitar a queda de rochas na rodovia.

Visão aérea de uma extensão da BR-285 já pavimentada
Visão aérea de uma extensão da BR-285 já pavimentada
(Foto: )

- Conversei com os engenheiros da obra, eles dizem que precisam de 6 meses para fazer essas encostas. De vez em quando, deslizam pedras na estrada, é um problema - observa o prefeito. Nesse trecho de 1 quilômetro que falta pavimentar depende justamente das obras nas encostas. - Só será possível pavimentar ali quando as encostas estiverem feitas - pondera Biava.

> Crônica de domingo: O preço da saúde mental

A BR-285 teve grande procura nos últimos dias, pelos interessados em ver a neve no alto da Serra da Rocinha e no lado gaúcho, em São José dos Ausentes. O próprio prefeito fez o caminho, subindo a BR-285 na quarta-feira (28) e descendo na quinta (29). - Muita gente viu a neve ali, na parte alta da BR-285, e houve trânsito constante. Mais uma prova que essa rodovia, quando pronta, será também um eixo turístico importantíssimo - acentua o prefeito de Timbé do Sul.

Atualmente, o Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (Dnit) mantém um sistema de comboio para o tráfego passar pela BR-285, embora as obras estejam paralisadas. Na madrugada de quinta-feira houve a formação de gelo na pista, o que forçou algumas alterações pontuais nos horários de passagens de veículos.

> Impasse com verba para obras vai ao anedotário político

Outro problema à vista: iluminação

No projeto consta que a BR-285 terá iluminação no trecho serrano. Mas está colocado, também, que o custo de manutenção caberá à prefeitura de Timbé do Sul. - Nós não vamos pagar essa conta, já avisamos. Timbé do Sul é um município pobre e não tenho como tirar R$ 15 mil da educação e da saúde, todo mês, para pagar a iluminação da estrada - avisa o prefeito Roberto Biava.

A prefeitura já apresentou duas sugestões ao Dnit: iluminação solar ou eólica. - O projeto eólico custa R$ 5 milhões. Já o de placas solares, R$ 2 milhões. Buscamos o Governo do Estado para fazer esse investimento em conjunto com a União, vamos continuar nessa briga - sublinha.

> O motivo do impasse na Reforma da Previdência em SC

BR-285 precisa de obras em encostas, como as que estão sendo feitas na Serra do Rio do Rastro
BR-285 precisa de obras em encostas, como as que estão sendo feitas na Serra do Rio do Rastro
(Foto: )

O trecho ainda não pavimentado da BR-285 ganhou, provisoriamente, uma iluminação. A prefeitura pediu socorro a uma cooperativa de energia, a Cersul, de Turvo. - Eles instalaram uns postes e umas luminárias provisórias no trecho que está sinalizado e ainda em obras, oferecendo segurança ali - finaliza o prefeito.

Leia também:

> SC terá salto na oferta de gás natural em 2022

> Quatro novas sedes para os bombeiros no Sul de SC

> Festa com 250 pessoas é encerrada pela polícia em Jaraguá do Sul

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Mais colunistas

    Mais colunistas