nsc
nsc

Infraestrutura

Impasse com R$ 350 milhões para obras federais vai para o anedotário político

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
01/08/2021 - 10h58
Duplicação da BR-470
Duplicação da BR-470 (Foto: Patrick Rodrigues, Arquivo NSC)

Todas as expectativas quanto à solução para o impasse que envolve a injeção de recursos estaduais nas obras da BR-470 estão voltadas à audiência marcada para o dia 17 de agosto, na Comissão de Infraestrutura do Senado. A reunião com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, foi requisitada pelo senador Esperidião Amin (PP) e negociada pelo senador Dario Berger (MDB), que preside a comissão.

Receba as principais informações de Santa Catarina pelo Whatsapp

Amin está confiante na negociação. A Secretaria de Estado da Infraestrutura, que já trabalhava num “plano B” para aplicação dos recursos em caso de recusa do Ministério, decidiu aguardar o resultado da audiência.

A resistência do governo federal em assinar o convênio que vai formalizar os repasses (R$ 350 milhões no total, para três rodovias) já beira o anedotário político. Uma confusão que nasce da discordância do DNIT quanto à aplicação dos R$ 200 milhões oferecidos pelo Estado para a BR-470, com pano de fundo político. Soa a piada de mau gosto com SC. 

Audiência para resolver impasse da BR-470 tem nova data

Fato é que o saldo empenhado na duplicação da BR-470 pela União esgota em agosto. Sem o dinheiro oferecido pelo Estado, a única verba possível viria de um PLN – projeto de lei do Congresso Nacional - prometido pelo líder do governo, senador Eduardo Gomes (MDB-TO), ao Fórum Parlamentar. Seriam R$ 70 milhões, só que essa proposta sequer havia dado entrada até o fechamento da coluna. Para concluir as obras dos lotes 1 e 2, é preciso muito mais: R$ 280 milhões, somados aditivos e reajustes.

A primeira sinalização do governador Carlos Moisés (sem partido) sobre a possibilidade de fazer o repasse para a BR-470 ocorreu em 27 de janeiro. Seis meses se passaram sem que o reforço orçamentário tenha chegado às obras, que caminham a passos lentos.

BR-163: a rodovia federal em piores condições em Santa Catarina

Jorginho Mello pôs um bode na duplicação da BR-470 e ninguém sabe como tirar

CURTAS

- A audiência com o ministro da Infraestrutura no Senado vai incluir a nova pista do Aeroporto de Navegantes. O assunto está em discussão no STF.

- Se o impasse com a BR-470 não for resolvido, o atraso na duplicação pode sobrar politicamente para o senador Jorginho Mello (PL), que defende a diluição dos recursos.

- O presidente Jair Bolsonaro volta a SC esta semana para uma nova motociata. As rodovias federais devem entrar na pauta durante o passeio.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz

Leia também

Teve reação à vacina da Covid-19? Saiba o que fazer​​

Vídeo flagra meteoro do tamanho de uma bola de basquete no céu catarinense​​

Variante Delta: veja a eficácia de cada uma das vacinas da Covid

O que falta para levar Pazuello à cadeia?

Conheça os 16 animais mais estranhos e raros vistos em SC

As diferenças entre as vacinas da Pfizer, Astrazeneca e Coronavac

Nevascas históricas em Santa Catarina; veja fotos e quando aconteceram

Efeitos colaterais da astrazeneca; veja os sintomas mais relatados

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas