nsc
    nsc

    Três meses no hospital

    Blumenau tem paciente internado em UTI há 98 dias devido a complicações da Covid-19

    Compartilhe

    Evandro
    Por Evandro de Assis
    20/07/2020 - 16h04
    Tempo longo de internação em UTI desafia capacidade de hospitais da região
    Tempo longo de internação em UTI desafia capacidade de hospitais da região (Foto: Divulgação)

    Um homem de 78 anos é o paciente há mais tempo lutando contra complicações da Covid-19 numa Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) da região de Blumenau. Morador de Gaspar, ele está em um leito do Hospital Santa Catarina há 98 dias completados nesta segunda-feira (20).

    Segundo a assessoria de imprensa do Santa Catarina, o tempo de internação do paciente estendeu-se devido a outros problemas de saúde decorrentes da Covid-19. Ele está em ventilação mecânica.

    A luta do gasparense, e de outros doentes que permanecem há mais de um mês internados em UTIs da região, é amostra da complexidade da pandemia. A estrutura hospitalar é duplamente desafiada: pelo volume de pacientes simultâneos e pelo período longo de internação.

    > Clique aqui para receber notícias de Blumenau e região direto no seu WhatsApp.

    Não à toa Blumenau retomou medidas de quarentena e a Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí (Ammvi) recomendou diversas restrições a atividades econômicas e sociais. Todos os leitos reservados para Covid-19 na região estão ocupados.

    Tudo mudou em 98 dias

    Em 11 de abril, quando o paciente de 78 anos foi internado na UTI devido ao quadro respiratório grave, causado pelo novo coronavírus, Santa Catarina ainda estava com o comércio fechado por decreto do governo estadual. O Estado tinha 732 casos confirmados e 21 mortes provocadas pela doença. Agora são 53,3 mil casos e 685 vítimas.

    O segundo paciente com Covid-19 internado há mais tempo em UTI no Médio Vale está no Hospital Santa Isabel há 43 dias. No Santo Antônio, há uma pessoa há 42 dias resistindo a complicações. No Hospital Oase, em Timbó, são 32 dias de internação para o paciente há mais tempo na UTI.

    Aliás, na média dos pacientes internados, o Oase é o que permanece com pacientes de Covid-19 por mais tempo: 20 dias. No Santa Isabel, são 9,5 dias. No Santa Catarina, 8,8 dias. Os dados são do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Vale do Itajaí (Cisamvi).

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas