nsc
nsc

Gastronomia

Nana Hamburgueria, de Blumenau, fecha as portas após sete anos

Compartilhe

Evandro
Por Evandro de Assis
04/11/2021 - 18h13 - Atualizada em: 05/11/2021 - 07h02
Criações da chef Nana Oliveira fizeram sucesso rápido
Criações da chef Nana Oliveira fizeram sucesso rápido (Foto: Angelo Virgílio, Divulgação)

Terminou a história de sete anos da Nana Hamburgueria, um dos restaurantes que surfou com maior sucesso a onda do hambúrguer em Blumenau. Nesta quinta-feira (4), a empresa anunciou que fechou as portas em definitivo após um ano e meio de dificuldades provocadas pela pandemia de Covid-19. A concorrência acirrada provocada pelos aplicativos de entrega, assim como as altas comissões cobradas dos restaurantes, também estimularam a decisão.

> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

Criação da chef Nana Oliveira e do marido dela, Bruno Henrique Sedrez, a Nana Hambugueria surgiu em 2014, na Rua Antônio da Veiga, e fez sucesso imediato. A empresa cresceu e, quatro anos mais tarde, já vendia mais de 10 mil hambúrgueres por mês em Blumenau. Vieram lojas no Officina Café Coworking, depois no Neumarkt Shopping e Alameda Rio Branco. Em 2020, já eram 40 colaboradores e havia planos de franquear a marca. Então veio o coronavírus.

Segundo Sedrez, foram ao todo 70 dias sem poder receber clientes. A hamburgueria passou a apostar nas entregas e o casal abriu, no fim do ano passado, o Quintal da Mangueira, na Alameda, restaurante com mesas ao ar livre. Ele durou apenas até setembro deste ano. No último mês, a Nana Hamburgueria mudou para uma sala menor, na Rua 7 de Setembro, com apenas quatro funcionários e delivery, na tentativa de sobreviver.

— Não foi por falta de tentativa. Fizemos muita coisa para tentar reerguer. Mas deixamos um legado legal, uma referência na gastronomia de Blumenau. Agora é estudar, se reciclar, para pensar no futuro — analisa Sedrez, que mudou com a família para Balneário Camboriú.

As criações da chef Nana deixarão saudade para o estômago de muita gente.

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Leia também

10 parques e mercados públicos estão projetados para Blumenau e região

Blumenau recupera 62% dos horários de ônibus pré-pandemia

Corte de araucária centenária em Blumenau gera investigação

Fábrica da Eisenbahn em Blumenau prioriza produção de cerveja dos EUA

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Mais colunistas

    Mais colunistas