Navegue por

publicidade

publicidade

Cláudio Loetz

Loetz

Loetz

Claudio Loetz é um dos mais renomados colunistas de economia do Sul do Brasil. Com textos analíticos e informativos, é a principal fonte de informação para os interessados em negócios em Joinville e região.

Loetz

Consultoria tributária alerta para benefícios fiscais

Por Loetz

17/11/2018 - 04h00

A Becomex é uma consultoria da área tributária, fundada em Joinville há mais de dez anos, e que nasceu como desenvolvedora de softwares para o setor. Atualmente figura entre as mais importantes companhias em sua área no do país. É especializada no gerenciamento integrado na área tributária e operações internacionais; atua nos processos de governança fiscal e aduaneira. Tem como clientes estão Votorantim, Tramontina, Ford, Renault, entre outros.

Continuar lendo

Projeto de complexo logístico supera obstáculo

Por Loetz

16/11/2018 - 15h31

O ambicioso projeto do complexo de logística Cidade dos Transportes, planejado para Garuva, no Norte do Estado, e idealizado por empresários do setor de transporte de carga de Joinville e região e pilotado pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Carga e Logística de Joinville e Região, está em fase de unificação de matrículas em cartório de registro de imóveis.

Continuar lendo

Saúde pública de Joinville tem déficit de R$ 464 milhões

Por Loetz

16/11/2018 - 05h00

Com toda a Secretaria da Fazenda da prefeitura de Joinville completamente digitalizada, o secretário Flávio Alves esfrega as mãos na expectativa de que o trabalho da fiscalização melhore a arrecadação do município. O foco será no aumento das receitas do ISS. Com o Programa de Regularização Fiscal (adesões poderão ser feitas a partir de 26 de novembro), pretende obter R$ 20 milhões adicionais.

Continuar lendo

Schulz cresce e projeta aumentar produção

Por Loetz

15/11/2018 - 09h35

De janeiro a setembro, a Schulz, liderada pelo empresário Ovandi Rosenstock, já investiu R$ 80 milhões  em máquinas, equipamentos e na expansão da área construída. Esses investimentos ainda não estão refletidos no faturamento e resultados do último trimestre. A  produção aumentará em 25% no período de 2019/2020, quando novos investimentos ainda complementarão os atuais, em torno de R$ 50 milhões.

Continuar lendo
Da esquerda para a direita , Roberto Luiz Carneiro, diretor secretário do Hospital Dona Helena; Juarez Schroeder, diretor financeiro do Hospital Dona Helena; Hilário Wolfgramm diretor-presidente do Hospital Dona Helena; Daniel Coelho diretor LifeDay e Claudio Seferin, diretor LideDay. Crédito: divulgação

Novo plano de saúde chega a Joinville

Por Loetz

14/11/2018 - 15h19

Nova operadora de plano de saúde chega a Joinville. É a LifeDay Saúde, que assinou acordo com o Hospital Dona Helena (foto) e vai atender, exclusivamente no hospital para todas as finalidades - consultas, exames e internações - com todo o seu centro médico em todas as suas especialidades médicas. O atendimento aos usuários acontecerá exclusivamente no hospital de referência. Aproximadamente 350 médicos serão credenciados. E 3.800 procedimentos estarão disponíveis aos clientes. A LifeDay ambiciona ter 60% do mercado local de plano de saúde no prazo de dois anos. Para abocanhar esta fatia, vai avançar para sobre a concorrência.

Continuar lendo

Sindicatos pedem aumento de 13% para mínimo estadual

Por Loetz

14/11/2018 - 14h01

As centrais sindicais e o Dieese irão entregar, nos próximos dias, às federações patronais de Santa Catarina ,representadas no Cofem, proposta de equiparação do piso salarial estadual aos valores praticados no Estado do Paraná. Pela proposta, a primeira faixa salarial passaria dos atuais R$ 1.110,00 para R$ 1.247,40 (12,37% de reajuste); a segunda, de R$ 1.152,00 para R$ 1.293,00 (12,23%); a terceira, de R$ 1.214,00 para R$ 1.339,80 (10,29%); e a última faixa passaria de R$ 1.271,00 para R$ 1.441,00, com 13,38% de reajuste. Confira a análise de Estela Benetti: Economia de SC pode ser uma das mais beneficiadas com a reforma da Previdência Moisés atento a investimento externo

Continuar lendo

A estratégia e os desafios para uma economia em transformação

Por Loetz

14/11/2018 - 05h00

A lógica para Joinville buscar sua inserção no mundo da indústria 4.0 e vivenciar um start direcionado a uma economia radicalmente distinta daquela que moldou seu desenvolvimento nas últimas cinco décadas decorre da convicção de que o futuro dos negócios será absolutamente diferente do que se vive e conhece atualmente. O prefeito de Joinville, Udo Döhler, resume a estratégia pensada para viabilizar a mudança em curso, como se constata com as reportagens e informações veiculadas pela NSC ao longo da semana passada, em suas variadas plataformas. Mostramos que Joinville e o Estado de Santa Catarina podem se tornar o Vale do Silício brasileiro, tal a dimensão desse movimento pró-inovação que se desenrola nos seus principais polos econômicos. Desde a primeira campanha eleitoral a prefeito, em 2012, Udo repete um bordão:  – Em 20 anos, Joinville vai dobrar de população e triplicar sua economia.    Ele continuou otimista. – Quando chegamos à prefeitura, identificamos oportunidades para Joinville se desenvolver com a mudança de âncora da economia local – agora focada na indústria metalmecânica – para áreas de segmento tecnológico. Fizemos a nova LOT, o Plano Diretor, criamos o Join.Valle, fechamos parceria com o Instituto Fraunhofer, desenvolvemos modelos em mobilidade urbana. A transição do modelo tradicional para o novo será mais rápido do que se imagina. Com o Ágora Tech Park, que será inaugurado em 28 de março de 2019, haverá um efeito multiplicador disso tudo. Pesquisa do Procon aponta cesta básica mais barata neste mês em Joinville A fala do prefeito antecedeu o painel "O nosso Vale do Silício", realizado no auditório da UniSociesc na segunda-feira, coroando a iniciativa da NSC, que abordou um amplo retrato do setor de tecnologia na cidade, no Norte de Santa Catarina e no Estado. Os dados e conceitos apresentados durante o painel são emblemáticos pela preocupação com que alguns dos principais agentes econômicos de ponta da cidade encaram o momento e vislumbram o futuro.     Maioria despreparada 

Continuar lendo

BRDE contratou R$ 1,3 bilhão no terceiro trimestre de 2018

Por Loetz

13/11/2018 - 05h00

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) encerrou o terceiro trimestre de 2018 com R$ 1,3 bilhão em contratações de financiamentos de longo prazo. Desse total, destacam-se os financiamentos a empresas inovadoras, que somaram R$ 111 milhões, e o crédito para projetos sustentáveis, que somou R$ 214,3 milhões. A concessão de crédito para infraestrutura por meio de recursos do FGTS cresceu 659% no período e atingiu R$ 71,7 milhões na região Sul.S anta Catarina foi responsável por cerca de metade dos financiamentos tanto em inovação, por meio do programa BRDE Inova, como em projetos sustentáveis, por meio do programa BRDE Produção e Consumo Sustentáveis. Projetos são questionados na Câmara de Joinville Outras fontes Na avaliação do vice-presidente do banco, Neuto De Conto, os empresários do Estado estão dispostos a investir em ideias e novos projetos inovadores, que possam trazer redução de custos, melhora na produtividade e competitividade dos produtos catarinenses. Dentro de sua estratégia de reduzir o peso dos repasses do BNDES na sua carteira de crédito, em 2018 o BRDE passou a operar com recursos do Fungetur, e também da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD). Os financiamentos do Fungetur somaram R$ 13,9 milhões e o crédito concedido a partir de fontes externas somou R$ 21,5 milhões até setembro. O diretor administrativo do BRDE, Renato de Mello Vianna,  explica: – Saímos de um percentual de mais de 93% da carteira vinculada a repasses do BNDES, no ano passado, para 74% em 2018.   Combustível Estudo do Observatório Regional de Energia e Economia do Meio Ambiente da UFSC sinaliza que tende a aumentar em 7,7% o consumo de combustíveis neste mês, podendo, em dezembro, acontecer recuo de 6,3%. As projeções para todo o mercado, nacional apontam para alta de 3,9% neste mês e queda de 8,18% no próximo. Eletropostos

Continuar lendo

Tecnologia: A força de um segmento em ascensão

Por Loetz

13/11/2018 - 04h00

Os negócios da área de tecnologia na região Norte catarinense - Joinville em destaque - cresceram 2 mil por cento nos últimos cinco anos. O faturamento soma R$ 3 bilhões, um quinto do total do Estado. Outra informação significativa: há 185 empresas do ramo por 100 mil habitantes e a densidade de empreendedores é de 271 a cada 100 mil habitantes. Os números, por si só, demonstram como se dá a expansão do setor. Demorou, mas Joinville acordou de vez para a importância desse tipo de atividade - aliás, é a que vai movimentar a economia nas próximas décadas. O surgimento de inúmeras startups nascidas em Joinville e a compreensão da iniciativa privada, da prefeitura e de universidades para o tema são os propulsores dessa nova era que se inicia.   BRDE contratou R$ 1,3 bilhão no terceiro trimestre de 2018 O crescimento  Alguns outros números ajudam a compreender isso. Joinville tem o 21 maior Produto Bruto Interno (PIB) do Brasil - o primeiro de Santa Catarina. Joinville é a terceira cidade com maior número de startups per capita do país, com 115 estabelecimentos. E, em números absoltos, já aparece na sétima colocação. Das 115 empresas nascentes, 75% são da área de tecnologia de informação. O restante divide-se entre negócios de segmentos life science (11%); logística 7%; internet industrial 4%, novos materiais 3%. Além da diversidade, o que conta é o crescimento expressivo do setor, verificado ao longo dos anos. Assim, vejamos: havia três empresas startups em 2008; eram 15 quatro anos depois; em 2016 o número saltou para 41. Em 2018 são 115! O evento "Nosso vale do Silício", com painel de debates realizado na UniSociesc, nesta segunda-feira, dia 12, ainda trouxe mais luz à temática.   Produtividade   A produtividade no trabalho da indústria de transformação cresceu 4,2% no terceiro trimestre frente ao segundo trimestre. Com isso, o setor compensou as perdas de 3,4% registradas no segundo trimestre, por causa da greve dos caminhoneiros, diz estudo da CNI. A produtividade no trabalho é resultado da quantidade produzida dividida pelo número de horas trabalhadas. No terceiro trimestre, a produção industrial aumentou 2,9% e as horas trabalhadas na produção diminuíram 1,3% frente ao segundo trimestre. Embrapii atinge R$ 1 bi em projetos no país De acordo com a CNI, a perspectiva é que o crescimento da produtividade na indústria, neste ano, seja inferior ao de 2017, quando o indicador teve um aumento de 4,5%. No acumulado dos últimos 12 meses encerrados em setembro, a produtividade cresceu 2,7% em relação ao período imediatamente anterior.   Com embaixadores Nesta semana o governador eleito Carlos Moisés, cumprirá a primeira agenda em Brasília, desde o fim do processo eleitoral. Na capital federal estão previstos encontros com embaixadas estrangeiras para fomentar os investimentos, a produção industrial e o incentivo às exportações. A intenção é buscar cooperação nas embaixadas estrangeiras, em Brasília, e apresentar as potencialidades do Estado nas áreas de tecnologia, produção industrial e turística.   Saúde O Hospital Dona Helena, de Joinville, completou 102 anos de fundação nesta segunda-feira, dia 12. É uma das referências hospitalares em Santa Catarina.   Mercado imobiliário O Sinduscon de Joinville promove o primeiro encontro imobiliário nesta terça-feira, dia 13. Tendências do mercado imobiliário e o perfil da demanda atual por imóveis vão dominar as atenções, com falas de Fábio Tadeu de Araújo e Macos Kathalian, respectivamente. Serão abordados temas como novos mercados, desejos dos consumidores, mudanças demográficas e seus impactos nos negócios. , que tipo de imóvel o consumidor procura e tamanho da demanda local.    Leia também: SC vai liderar frente para fortalecer cadeia produtiva do leite  

Continuar lendo
Exibir mais
Cláudio Loetz

Loetz

Loetz

Claudio Loetz é um dos mais renomados colunistas de economia do Sul do Brasil. Com textos analíticos e informativos, é a principal fonte de informação para os interessados em negócios em Joinville e região.

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação