Florianópolis

publicidade

Moacir Pereira

Moacir Pereira

Moacir Pereira

Principal nome do jornalismo político catarinense, é respeitado pela classe assim como nos campos empresarial e jurídico. A exclusividade de suas notícias se reflete na sua credibilidade.

Moacir Pereira

Velório de Aldo Schneider começa às 21 horas em Ibirama

Por Moacir Pereira

19/08/2018 - 18h19

A Assembleia Legislativa confirmou para as 21 horas o inicio do velório do deputado Aldo Schneider na Igreja Matriz de Ibirama. Seu corpo será cremado na segunda-feira (20), em Balneário Camboriu. Nesta segunda, as 11,40h, haverá solenidade com oficiais da Policia Militar prestando as últimas homenagens ao parlamentar. Ao meio dia o corpo será transladado para Balneário Camboriu, onde será cremado. Presidentes de partidos politicos, dirigentes de organizações civis e comunitárias e várias autoridades emitiram nota de pesar e de solidariedade à familia de Aldo Schneider. O presidente estadual do PSDB, deputado Marcos Vieira, divulgou a seguinte nota: “O PSDB de Santa Catarina lamenta profundamente a morte do Presidente da Assembleia Legislativa, Deputado Aldo Schneider, ocorrida neste domingo.   Um dos mais importantes expoentes da política catarinense atual, Deputado Aldo Schneider construiu uma carreira pautada pelos valores da boa política. A família tucana externa os mais profundos pesares aos familiares e amigos do Deputado Aldo Schneider, lembrando ainda que Santa Catarina perde hoje uma das suas mais importantes lideranças políticas. Deputado Marcos Vieira-Presidente.” O ex-governador Raimundo Colombo(PSD) também  lamentou a morte do deputado Aldo Schneider, presidente da Assembleia Legislativa, aos 57 anos.   Disse: “ Era um amigo, uma pessoa com quem eu convivi muito. Foi nosso líder do governo e agora nosso presidente da Assembleia. Discutimos projetos importantes, ele deu grande contribuições ao estado”. Colombo visitou o deputado Aldo Schneider várias vezes durante períodos de internação em São Paulo.  - Aldo tinha muita fé e força de superação, mas a vida é assim – prosseguiu. Deus tem essa condição de planejar para cada um de nós um dia de nascer, de chegar, a um tempo de conviver, de formar amigos, de abraçar. Esse convívio que o Aldo teve com todos nós foi para melhorássemos como seres humanos. É o tempo de partir. É doloroso, mas a fé e a força mais forte que a gente tem para enfrentar esses.”  

Continuar lendo

Suplente Manuel Mota vai ser efetivado como deputado estadual do MDB

Por Moacir Pereira

19/08/2018 - 17h57

Com a morte do deputado Aldo Schneider assumirá cadeira na Assembleia Legislativa o terceiro suplente da coligação liderada pelo MDB, Manoel Mota.  Ele está fora do legisltivo desde abril, quando os deputados que eram secretários de Estado retornaram as suas cadeiras. O segundo suplente, Fernando Coruja, hoje no Podemos, será efetivado como titular. A nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa passará a ser presidida pelo deputado Silvio Dreveck, atual interino, do PP.  De acordo com o regimento não haverá necessidade de uma nova eleição. Dreveck foi eleito presidente em fevereiro de 2017, tendo exercido o cargo até fevereiro de 2018. Renunciou para cumprir acordo com Aldo Schneider, de rodizio no comando do legislativo.  

Continuar lendo

Assembleia emite nota de pesar e decreta luto oficial por três dias

Por Moacir Pereira

19/08/2018 - 15h31

 A Assembleia Legislativa de Santa Catarina terá apenas expediente interno nesta segunda-feira, fechando todos os serviços externos, em homenagem póstuma a seu presidente, o deputado Aldo Schneider (MDB), que faleceu neste domingo em Balneário Camboriú. Foi decretado luto oficial por três dias e lançada nota oficial, nos seguintes termos: “Lamentamos informar que o presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, deputado Aldo Schneider (MDB), faleceu nesta tarde (domingo,19), em Balneário Camboriú. A história de superação de Aldo Schneider é semelhante a de milhares de catarinenses. Ele nasceu e iniciou seus estudos na pequena Agrolândia, no Alto Vale do Itajaí. Perseverante, formou-se em Gestão Empresarial pela UNIASSELVI e ingressou na Secretaria de Estado da Fazenda como Analista da Receita Estadual em 1980. Foi vereador pelo município de Ibirama, tendo como bandeira a emancipação do atual município de Vitor Meireles, onde foi o primeiro prefeito, cargo que voltou a ocupar por mais duas vezes. Foi eleito Deputado Estadual de Santa Catarina com 36.449 votos, em 2010, e reeleito com 58.646 votos em 2014. Na última legislatura (2014-2018) foi indicado por seus pares para presidir o Parlamento. Essa trajetória, contudo, foi precocemente interrompida depois de longa batalha contra o câncer, diagnosticado em 2017. Período durante o qual lutou com todas as suas forças para trabalhar em prol da sociedade catarinense até o fim. Aldo Schneider deixa a esposa Marita e os filhos Nathali Aline e Bruno Gustavo.”

Continuar lendo

Aldo Schneider: trabalho e serenidade na vida pública

Por Moacir Pereira

19/08/2018 - 14h54

O deputado estadual Aldo Schneider (MDB), que faleceu neste domingo em Balneário Camboriú aos 57 anos de idade, era uma das revelações políticas do Vale do Itajaí.  Natural de Agrolândia, fez estudos em Herval d’Oeste e Florianópolis e formou-se em Gestão Empresarial na Uniaselvi. Em 1980 passou a exercer a função de Analista da Receita Estadual da Secretaria da Fazenda. Filiou-se ao PMDB em 1987. Foi eleito o primeiro prefeito de Victor Meirelles, após a emancipação política em 1996. Fez o sucessor e acabou sendo eleito para o segundo mandato de prefeito em 2000. Em 2003, assumiu a Secretaria de Desenvolvimento Regional de Ibirama. Sete anos mais tarde conquistou o primeiro mandato de deputado estadual, sendo reeleito em 2014. Na eleição da nova mesa da Assembleia em 2017, Aldo Schneider foi eleito vice-presidente, na gestão presidida pelo deputado Silvio Dreveck, do PP.  Foi celebrado acordo de rodizio do mandato de dois anos.  Dreveck renunciou em fevereiro de 2018 e Schneider assumiu a presidência.  Já realizava tratamento contra um câncer na coluna, submetendo-se à quimioterapia. O falecimento ocorreu no Hospital da Unimed em Balneário Camboriú.  Seu nome foi aprovado na Convenção Estadual do MDB para concorrer à reeleição, mas já com sua concordância que iria desistir para que o espaço fosse ocupado por seu assessor, Jerry Comper, também Chefe de Gabinete da Assembleia.

Continuar lendo

Reitor da UFSC toma posse e faz homenagem a Cancelier

Por Moacir Pereira

19/08/2018 - 12h52

O professor Ubaldo Cesar Baltazar assumiu a Reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina para cumprir mandato de quatro anos. O ato solene ocorreu no Centro de Cultura e Eventos, no “campus” da Trindade.  Na ocasião, o centro passou a se chamar “Reitor Luiz Carlos Cancelier de Olivo”, em homenagem ao professor tragicamente falecido no ano passado, depois de ter sido preso injustamente.

Continuar lendo

Pesquisa provoca grande polêmica entre lideranças e nas redes sociais

Por Moacir Pereira

18/08/2018 - 19h15

A primeira etapa da pesquisa Ibope nas intenções de voto dos eleitores de Santa Catarina vem provocando uma grande polêmica entre parlamentares, líderes políticos e, sobretudo, da população que se manifesta pelas redes sociais. As principais controvérsias e críticas estão relacionadas com a disputa ao governo do Estado. Não há nenhum reparo sobre os números para o governo do Estado. E restrições em relação à expressiva liderança do deputado Jair Bolsonaro (PSL) na corrida presidencial. Os candidatos em melhores posições evitaram comentar. Também não exploram quando estão bem, como ocorre com o PT. O deputado Décio Lima, primeiro colocado com 16% fez avaliações muito cautelosas, dizendo que os números oxigenam a militância. Mas acredita sobretudo na força da unidade partidária. Ressaltou, principalmente, o fato de que esta é a primeira vez na história política de Santa Catarina, que o candidato do PT ao governo sai na frente já na primeira pesquisa de intenção de votos. O candidato do MDB, deputado Mauro Mariani, não comentou e nem vai se pronunciar sobre os números. Ele aparece em segundo lugar com 11%. Tem avaliações frequentes e tem dados muito diferentes. Situação idêntica ocorre com o deputado Gelson Merísio, do PSD, que igualmente evita qualquer pronunciamento, sob a alegação de que todas as consultas periódicas realizadas por sua equipe apresentam realidades muito distintas. Contestação quase consensual sobre equívocos do instituto na realização da prévia está relacionada com a posição do candidato do PCO, Ângelo Castro, que está em quarto lugar com 4%. O Partido da Causa Operária nunca disputou eleição majoritária, tem uma estrutura ínfima em Santa Catarina e realizou uma convenção estadual em Blumenau com 10 dirigentes apenas, segundo a ata registrada na Justiça Eleitoral. Rifados também os dados atribuídos ao jornalista Leonel Camasão, do PSOL, que já concorreu à Câmara Federal em 2010, disputou a Prefeitura de Joinville em 2012 e tentou vaga na Assembleia Legislativa em 2014. É praticamente impossível que não tenha nenhum voto. A pesquisa indica zero. Em termos de estrutura partidária e abrangência regional por suas principais lideranças, as duas coligações lideradas por Mauro Mariani e Gelson Merísio estão disparadas na frente de Décio Lima. Um levantamento entre os 60 maiores colégios eleitorais de Santa Catarina, representando 3.550.300 eleitores, revela que a coligação MDB, PSDB, PR e PPS administra 30 municípios, enquanto a aliança PSD,PP, PSB e DEM totaliza 29 cidades. Já o PT conta apenas com Imbituba, o maior município em que tem o prefeito. Ali, o contingente é de apenas 35 mil eleitores e a população de 45 mil pessoas. E o chamado poder de infantaria sempre atuou como fator decisivo em todas as eleições em Santa Catarina. Foi, por exemplo, a conquista de importantes prefeituras, como Joinville, Blumenau e Lages que viabilizou a eleição de Pedro Ivo Campos, governador do Estado em 1986.    Se esta estrutura ponderosa dos partidos, prefeitos, vereadores e candidatos vai atuar como nos últimos pleitos, só as eleições de outubro vão dizer.      Análises políticas de Carolina Bahia Adoção de metas e perfil estadista são características esperadas dos governantes

Continuar lendo
(Moacir Pereira, DIário Catarinense)

Exposição "Poeta Zininho, 20 anos de saudade" recebe crianças de Florianópolis

Por Moacir Pereira

18/08/2018 - 05h00

Um grupo de 50 crianças das terceiras series da Escola Municipal Antônio Apóstolo, do Rio Vermelho, visitou a Exposição “Poeta Zininho, 20 anos de saudade”, na Galeria de Arte do Mercado Público de Florianópolis. Autor do Hino de Amor à Ilha, Claudio Alvin Barbosa foi um consagrado compositor.  Sua produção musical está resgatada na mostra montada por sua filha Cláudia Barbosa. Precioso resgate histórico. O apoio O empresário Luciano Hang, dono da Havan, fez declaração de apoio ao deputado Jair Bolsonaro, candidato a presidente da República pelo PSL. Valendo-se das redes sociais, voltou a divulgar a campanha intitulada “O Brasil que queremos só depende de nós”. Durante 48 minutos recebeu indagações de internautas de todo o Brasil, gerando mais de 22 mil comentários. Criticou a inversão de valores, dizendo que o país está virado de cabeça para baixo. Futuro da água Começa na segunda-feira no Centro de Convenções Luiz Henrique da Silveira e vai até 24 de agosto o 20o Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas (Encob). Terá como tema central o “Futuro da Água - Desafios dos Comitês na Terceira Década da Política Nacional de Recursos Hídricos”.  O objetivo é mapear desafios e oportunidades na gestão de recursos hídricos. Serão 25 atividades com pelo menos 100 especialistas. O evento conta com o apoio da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável, Casan e Rede Brasil de Organismo de Bacias Hidrográficas.   Recurso A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recorreu ao STF da decisão do ministro Rogério Schietti Cruz, que concedeu habeas corpus ao deputado João Rodrigues (PSD). A iniciativa foi duramente criticada pelos advogados do parlamentar. Marlon Bertol considerou o pedido “esdrúxulo, teratológico, inadequado e inapropriado”.  Aliados de Rodrigues avalizaram: “Prescrição de pena é uma questão matemática.”   Merenda escolar Viajando por municípios do Oeste, o deputado Dirceu Dresch (PT) ouviu críticas e apelos de agricultores contra a Secretaria da Educação. Lançou em maio chamada pública para compra de produtos da agricultura familiar destinada à merenda escolar, como manda lei federal. Cooperativas e organizações comunitárias compraram os produtos e até agora a venda não aconteceu.   Maçonaria O 51o Encontro Estadual dos Maçons será encerrado hoje no Centro de Convenções Luiz Henrique da Silveira, em Canasvieiras. Pelo menos 800 maçons de todo o Estado participam do evento que comemora o Dia do Maçom. Iniciativa da Grande Loja que trata de questões doutrinárias e avaliações da conjuntura brasileira.   Leia outras publicações de Moacir Pereira

Continuar lendo
(Diorgenes Pandini/Agência RBS)

Pesquisa: intenções do passado

Por Moacir Pereira

18/08/2018 - 03h05

A primeira pesquisa do Ibope sobre as eleições ao governo, Senado e Presidência sinalizam que os eleitores estão hoje mais ligados à memória dos nomes do passado do que nos registros atuais da Justiça Eleitoral. A disputa ao governo trouxe a maior surpresa, com a liderança do deputado Décio Lima, do PT, com 16%, superando as fortes coligações de Mauro Mariani (MDB) com 11% e Gelson Merisio (PSD) com 6%. Estes três nomes é que efetivamente concorrerão à chefia do Executivo, decidindo ou influindo no pleito no primeiro ou no segundo turno. Neste corte, Décio Lima se beneficiou de um forte esquema que mantém há muito tempo nas redes sociais. Além disso, é um candidato de trânsito fora das esquerdas. Não está ainda contaminado pelo brutal desgaste dos governos petistas. E parece beneficiário lema da “renovação no Estado” . Terá um dilema a resolver: é o mais rejeitado, com 21%. Os primeiros ao Senado também sinalizam o recall, com Raimundo Colombo (PSD) na liderança com 27%, seguido de Esperidião Amin (PP) com 23%. Paulo Bauer (PSDB) está com 19% e Jorginho Melo (PR), com 8%. Surpresas com Roberto Salum (PMN) já com 6% e com Lédio Rosa (PT), com somente 2%. Espantosa mesmo é a liderança de Jair Bolsonaro (PSL) para presidente. Como Lula está fora, porque é presidiário e ficha suja, prevalece o cenário sem o petista. Ali, o capitão consolida posição com 28%, contra apenas 9% de Marina Silva (Rede), seguido de Ciro Gomes (PDT) com 8% e Geraldo Alckmin (PSDB) com 7%. É previsível que estes dados sejam alterados com o início da propaganda no rádio e na televisão. Lá pelo dia 15 de setembro é que se terá projeção mais sólida sobre viabilidades dos mais bem estruturados. Lançamento Candidatos, lideranças e dirigentes do MDB, PSDB e outros sete partidos da aliança liderada por Mauro Mariani estarão amanhã no Sítio Novo, em Joinville. Em São José, às 10h, ocorre o encontro regional da coligação “Aqui é Trabalho”, reunindo PSD, PP e outros 13 siglas, lideradas pelo deputado Gelson Merisio. Já o deputado Décio Lima (PT) cumpre roteiro pela primeira vez no Oeste.   Curtas *Será hoje no Cemitério São Francisco de Assis o sepultamento do artista plástico João Otávio Neves Filho (Janga), ex-presidente da Associação Catarinense dos Artistas Plásticos.  *O filme “Alguma Coisa Assim”, em cartaz no Paradigma, tem como produtor Fernando Sapelli, sobrinho do médico Rogério Moritz. *Professor Christian Lohbauer, candidato a vice-presidente do Partido Novo, estará segunda-feira no Hotel Majestic, em Florianópolis, proferindo palestra sobre “O novo Brasil que queremos”.   Leia outras publicações de Moacir Pereira

Continuar lendo
Exibir mais
Moacir Pereira

Moacir Pereira

Moacir Pereira

Principal nome do jornalismo político catarinense, é respeitado pela classe assim como nos campos empresarial e jurídico. A exclusividade de suas notícias se reflete na sua credibilidade.

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Florianópolis
© 2017 NSC Comunicação
Florianópolis
© 2017 NSC Comunicação