nsc
nsc

Empresas

Cia. Hering elege novo presidente

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
03/05/2021 - 15h00 - Atualizada em: 03/05/2021 - 15h23
Cia. Hering
Sede da companhia no bairro Bom Retiro, em Blumenau (Foto: Patrick Rodrigues)

A Cia. Hering tem um novo presidente. Thiago Hering, que até então respondia pela diretoria executiva de Operações, foi eleito para ocupar o cargo do pai, Fábio Hering, que agora estará à frente apenas do Conselho de Administração. A deliberação ocorreu em assembleia na última quinta-feira (29), três dias depois de a companhia informar ao mercado que aceitou uma oferta de R$ 5,1 bilhões para ser incorporada ao Grupo Soma, gigante nacional do varejo de moda.

> Receba notícias de Blumenau e do Vale pelo WhatsApp

A troca de comando na centenária empresa de Blumenau, no entanto, não tem relação com a operação. Thiago já vinha sendo preparado para suceder o pai bem antes da primeira notícia envolvendo uma suposta venda da Cia. Hering – neste caso para a Arezzo, cuja proposta foi rejeitada – vir à tona.

> Venda da Hering marca o fim de uma era para Blumenau

Pelo acordo feito com a Soma, Fábio será o presidente do Conselho de Administração do grupo formado pela junção das duas companhias. Já Thiago será CEO da Hering. A combinação dos negócios, no entanto, ainda depende da aprovação formal de acionistas e de órgãos reguladores de mercado, como o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

> Netos de Eulália Hering buscam na Justiça nulidade de negócios com patrimônio da avó

A alteração na presidência marca o fim de um ciclo virtuoso para a Cia. Hering liderado por Fábio. O executivo começou a carreira na companhia como trainee nas áreas de marketing e vendas em 1984. Teve papel importante na migração do modelo de negócio focado na indústria para o varejo, no final da década de 1990. Sob sua gestão, a Hering se consolidou como um dos principais e mais respeitados grupos de moda do país.

Thiago, o herdeiro, é formado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e já atuou como advogado. Há mais de 15 anos, no entanto, migrou para o setor varejista. Foi gestor de 10 operações de franquias da marca Hering antes de assumir a função de diretor de Marcas, em 2018. Desde 2019 respondia pela diretoria executiva de Operações, sendo responsável pela gestão das marcas e dos canais da companhia.

Thiago Hering
Thiago sucede o pai, Fábio, no comando da companhia
(Foto: )

Aliás

Na coletiva de imprensa com jornalistas de Blumenau na última semana, o ainda presidente da Cia. Hering, Fábio Hering, disse que o Grupo Soma não caiu de paraquedas. O executivo admitiu que os termos da operação foram definidos rapidamente, em poucos dias, mas revelou que a relação com os acionistas do outro lado da mesa já vinha de longe.

— Eu tenho contato com eles desde 2013, 2014, quase 10 anos. Não que tenhamos falado em avançar em fusão, mas trocávamos muitas informações e ideias sobre esse mercado (de moda) — revelou.

Fábio disse que a operação significa a aquisição da Hering pela Soma apenas sob o aspecto societário. Em se tratando de negócios, funciona como uma fusão, “uma associação de companhias com tamanhos similares e projetos estratégicos bastante convergentes”.

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado sobre economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região pelo WhatsApp ou Telegram

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas