Depois de quase quatro meses parada, a licitação da nova Área Azul em Blumenau enfim terá um desfecho. O juiz Bernardo Augusto Ern, da 1ª Vara da Fazenda Pública, Acidentes do Trabalho e Registros Públicos, revogou nesta quarta-feira (3) liminar concedida em janeiro que havia determinado a suspensão do processo. A decisão abre caminho para assinatura do contrato que promete modernizar o controle e a cobrança do estacionamento rotativo na cidade.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

A licitação travou após a Zona Azul Brasil, que estava na disputa, questionar o fato de ter sido inabilitada – para a prefeitura, a empresa não comprovou ter capacidade técnica para operar pelo menos 750 vagas de estacionamento com sensores eletrônicos. A liminar, por decisão à época do juiz Orlando Luiz Zanon Júnior, foi concedida para uma análise mais aprofundada do caso.

A Zona Azul defendeu que já havia instalado 1.250 vagas sensorizadas em Gravataí (RS), uma mostra de que teria condições de assumir o serviço em Blumenau. O magistrado reconheceu que a empresa comprovou que opera o sistema de estacionamento rotativo na cidade gaúcha, mas entendeu que os documentos apresentados não foram suficientes para demonstrar que pelo menos 750 delas tinham sensores eletrônicos.

Com a decisão, o consórcio Bluparking, liderado pela gaúcha Rek Parking e que já havia sido homologado vencedor, ficará responsável pela implantação do novo sistema. Falta só assinar o contrato, o que deve acontecer na semana que vem. A proposta para executar o serviço foi de R$ 5,6 milhões, ante a até R$ 6 milhões que o município aceitaria pagar – a Zona Azul estava disposta a fazer por menos, R$ 5,3 milhões.

Continua depois da publicidade

A nova Área Azul de Blumenau contará, por determinação de lei municipal, com 20 parquímetros, pagamento eletrônico e vagas controladas por sensores eletrônicos. O novo sistema representará o fim da era dos bloquinhos em papel.

Leia também

Ambev leva Oktoberfest Blumenau e vai pagar bolada para patrocinar a festa

Hildebrandt busca presidente da Coteminas para discutir futuro da empresa em Blumenau

Ambev rebate recurso da Heineken na batalha pela Oktoberfest Blumenau: “Intenção de tumultuar”

Multinacional do Canadá compra herdeira de empresa de TI pioneira em SC

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado pelo WhatsApp ou Telegram

Destaques do NSC Total