nsc
nsc

Medida aprovada

3 em cada 4 catarinenses são favoráveis ao passaporte da vacina, mostra pesquisa

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
03/11/2021 - 19h24 - Atualizada em: 04/11/2021 - 16h30
Entre os favoráveis, 37,1% avaliam que a vacina aumenta a segurança da família e da população
Entre os favoráveis, 37,1% avaliam que a vacina aumenta a segurança da família e da população (Foto: Patrick Rodrigues, BD)

Praticamente três em cada quatro consumidores catarinenses são favoráveis ao passaporte da vacina, segundo pesquisa feita pela Fecomércio-SC. A ideia de exigir comprovante de imunização contra a Covid-19 para acesso a alguns tipos de atividades é respaldada por 73,4% das 319 pessoas ouvidas pela entidade entre os dias 13 e 26 de outubro nas cidades de Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Joinville, Lages e Itajaí.

> Receba notícias de Blumenau e do Vale pelo WhatsApp

A amostra pode ser pequena, mas é um bom indício de que a medida sanitária é bem aceita por uma maioria alheia à gritaria ideológica das redes sociais. Salvo por orientação médica contrária, recusar a agulhada no braço é patrocinar um negacionismo que, como o levantamento sugere, é minoritário, embora barulhento.

Os entrevistados puderam justificar as respostas em uma questão aberta. Para 37,1% dos consultados, o principal motivo para aderir à vacinação é a segurança da família e da população. Outros 15,5% avaliaram que todos devem se vacinar e 13,4% apontaram a prevenção como melhor razão.

Entre os 20,7% dos entrevistados que se disseram contra a vacina, 36,4% alegaram que a proteção deve ser uma escolha individual – uma posição que vai na contramão do que é pregado por cientistas e especialistas, que reforçam que a vacinação é uma estratégia coletiva porque ajuda a proteger a própria pessoa e os outros. 

Ainda houve quem alegasse constrangimento (19,7%), justificasse que não é necessário (10,6%) e que a obrigação fere o direito de ir e vir (6,1%).

Além disso, o levantamento da Fecomércio-SC revelou que 95% dos consumidores pretendem manter cuidados e hábitos adquiridos com a pandemia, como carregar álcool em gel e higienizar constantemente as mãos, ambos os pontos relatados por 68,6% dos entrevistados.

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado sobre economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região pelo WhatsApp ou Telegram

Leia também

Sommerfest Blumenau 2022 vai exigir passaporte da vacina

Natal em Blumenau prevê chafariz com luzes e cores na Ponte de Ferro

Vice-presidente Hamilton Mourão cancela palestra em Blumenau

Furb facilita condições de pagamento para vender terreno gigante em Gaspar

Blumenau vai ganhar um strip mall, tipo diferente de shopping

Quais são as empresas bilionárias de Santa Catarina​

Cooper se prepara para entrar no atacarejo

Fundo que investiu no Burger King vai acelerar expansão de empresa de Blumenau​​

Calçadão Brueckheimer em Blumenau pode ganhar cobertura

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas