nsc
dc

Tecnologia

Abertas as inscrições para o VC Challenge, principal desafio de inovação e startups no Brasil

Competição virtual e interativa é organizada pela gestora de Venture Capital KPTL

13/07/2021 - 17h38 - Atualizada em: 13/07/2021 - 17h39

Compartilhe

Por Redação NSC
computador, tecnologia
VC Challenge, iniciativa da KPTL, propõe uma imersão em startups no mercado de capital de risco e no processo empreendedor para formar jovens lideranças
(Foto: )

A KPTL está com inscrições abertas para o VC Challenge, desafio de empreendedorismo e inovação para estudantes universitários e de ensino médio que desejam exercer o papel de liderança. O evento, que chega à quarta edição neste ano, será on-line entre os dias 31 de julho e 21 de agosto. Mas corra: as inscrições (aqui) vão até 30 de julho.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

O VC Challenge, iniciativa da KPTL, uma das maiores gestoras de venture capital da América Latina, vai reunir jovens de todo Brasil. Eles serão divididos em grupos de até quatro integrantes (veja detalhes abaixo) ao longo de quatro semanas por meio de uma plataforma digital onde os participantes vão conhecer startups, traçando cenários de investimentos e desafios.

Todos os estudantes que queiram mergulhar no ecossistema de "Venture Capital", participando de dinâmicas e workshops, podem participar. 

Inicialmente voltado para cursos de graduação como Administração, Engenharia e Economia, o VC Challenge já reuniu, em edições anteriores, representantes de mais de 30 áreas da graduação. A novidade é que em 2021, estudantes do ensino médio também poderão competir. 

Ao final, os competidores vão ter a chance de ganhar um prêmio especial. Na edição de 2019, os vencedores receberam uma viagem com tudo pago para a Europa, além de ingressos do Web Summit, a maior conferência de tecnologia do mundo. A premiação desta edição será anunciada em breve. 

> Inovação: gestão do negócio depende de paciência, persistência e tolerância

Entenda a competição

No ano passado, 750 universitários, de 21 estados, representaram algumas das mais respeitadas instituições de ensino do país. Na experiência imersiva, os participantes têm a oportunidade de vivenciarem o ambiente de empreendedorismo dos dois lados da mesa: como investidores e como captadores de investimentos, desde a elaboração do estudo do mercado até apresentação dos “pitches”, contando sempre com mentoria de lideranças empresariais renomadas. 

É um desafio que tende a trazer não apenas conhecimento para os estudantes, mas também projeção para eles diante dos investidores e empregadores. 

— Notamos que os estudantes ainda estão muito distantes do ecossistema de inovação. O VC Challenge veio para fazer essa aproximação, auxiliando na criação de futuras lideranças preparadas para os desafios modernos — destaca Renato Pavan, responsável pela organização do desafio na KPTL, sobre um dos eixos centrais do projeto.

> Pesquisa mostra que tempo gasto com celular preocupa pais e adolescentes

Assim como na edição anterior, o projeto será realizado totalmente on-line, abrindo oportunidade para participantes de diferentes localidades, ampliando a captação de futuros talentos. Todo o conteúdo do desafio será disponibilizado em uma plataforma com streaming e conteúdo sob demanda, que também conta com fóruns e outras ferramentas de interação. 

— As empresas têm adotado cada vez mais o home office, o que permite contratar pessoas Brasil afora. Da mesma forma, o VC Challenge nesse formato consegue conectar nossos parceiros com talentos que, muitas vezes, estavam distantes. Então, o VC Challenge aproxima as empresas e as lideranças desses talentos, assim como esses talentos conseguem ter um acesso a essas empresas — detalha Pavan. 

> Setor de tecnologia de SC vai abrir 5,2 mil vagas e busca apoio do governo para mais qualificação

Passo a passo do VC Challenge

O VC Challenge é dividido em quatro fases ao longo de quatro semanas de duração. São elas: 

- Fase 1: Na primeira fase, os participantes vão acompanhar uma série de debates sobre os três grandes setores de atuação da KPTL, dos quais os estudantes selecionarão um para elaborar um relatório, e escolherão uma empresa do segmento a qual eles gostariam de investir. 

- Fase 2: Na segunda fase, os participantes vão assistir as apresentações de fundadores de três empresas investidas da KPTL e decidir em qual delas investiriam. Na dinâmica, os estudantes devem apresentar a escolha em uma simulação de comitê de investimento de uma gestora. 

- Fase 3: Já na terceira fase, os participantes passam para a posição de empreendedores da startup em que decidiram investir, recomendando decisões estratégicas e estruturando um plano de negócios para a empresa. Os estudantes passarão ainda por palestras, mentorias, e interações com os fundadores e funcionários das startups para prepararem um “pitch” de captação de investimentos. Os cinco grupos que apresentarem os melhores “pitches” chegarão à quarta fase. 

- Fase 4: Na última fase, os finalistas receberão mentoria dos fundadores das startups nas quais eles realizaram o desafio e apresentarão seu “pitch” para uma bancada de jurados e especialistas em Venture Capital. O grupo que levar a melhor, ganha o prêmio. 

Leia também

Conheça os 16 animais mais estranhos e raros vistos em SC

As diferenças entre as vacinas da Pfizer, Astrazeneca e Coronavac

Nevascas históricas em Santa Catarina; veja fotos e quando aconteceram

Efeitos colaterais da astrazeneca; veja os sintomas mais relatados

Colunistas