Santa Catarina chegou ao terceiro dia seguido de bloqueios em rodovias agora com atuação mais incisiva das forças policiais. Por volta das 21h desta quarta-feira (2), eram 39 interdições em BRs por bolsonaristas descontentes com a vitória de Lula (PT) nas Eleições de 2022 (veja lista abaixo).

Continua depois da publicidade

Receba notícias do DC via Telegram

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) confirmou, por volta das 19h30 desta quarta, que já liberou todos os pontos que estavam bloqueados pelos manifestantes nas estradas estaduais. Segundo a corporação, 60 trechos que estavam impedindo o fluxo de veículos foram liberados totalmente de domingo (30) até o momento. 

A atuação das forças policiais foi reforçada desde a noite de terça (1º). Por volta das 6h40min, um bloqueio em Palhoça, que persistia desde a noite do domingo (30), foi desmontado em ação das forças policiais, o que incluiu participação da tropa de choque da PMSC.

Os desmontes não ocorrem, no entanto, ao mesmo tempo, permitindo que, ao passo em que uma interdição é encerrada, uma outra surja. Às 10h, por exemplo, a BR-101 tinha nove pontos de protesto. Pouco depois, um deles foi liberado, em Tubarão, mas a via seguiu com o mesmo número de bloqueios, já que surgiu um outro em Içara, também no Sul do Estado, conforme informou a PRF no fim da manhã.

Continua depois da publicidade

Veja atuação da tropa de choque na BR-101 em Palhoça

No Vale do Itajaí, polícia usa bala de borracha na BR-101

Em Itajaí, a polícia tentava desbloquear trechos da BR-101 desde a manhã desta quarta-feira (2). Por volta das 12h, a tropa de choque da PRF e PMRv entrou em ação após a negociação com os bolsonaristas não ter surtido efeito no bloqueio. 

As equipes policiais concederam 30 minutos para as pessoas desobstruirem a rodovia. Como o pedido não teria sido acatado, houve disparos de tiros de bala de borracha. Não há informações sobre feridos.

A Polícia Militar confirmou, às 13h30min, a liberação da rodovia nos dois dois sentidos na altura do Km 116. A PRF confirmou que o Km 117 também foi liberado com o uso da força.

Veja liberação de rodovia estadual no Meio-Oeste de SC

O reforço da PMSC foi viabilizado por decisões da Justiça. Na segunda (31), a PRF solicitou à Advocacia-Geral da União (AGU) que buscasse expedição de mandado judicial para isso. O governo catarinense também havia ido ao Judiciário.

Além disso, ainda na noite de segunda, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), já havia determinado que a PRF e as polícias militares dos Estados, visto que os bloqueios se estendem a outras partes do país, tomassem ações imediatas para liberar as vias interditadas.

A Corte ainda formou maioria na manhã de terça (1º) para referendar a decisão do ministro, que atendia a um pedido da Confederação Nacional dos Transportes (CNT).

Também na segunda, o Ministério Público Federal (MPF) havia emitido despacho que previa 24 horas para que a PRF tomasse providências e informasse o que estaria sendo feito para coibir os bloqueios e liberar as rodovias federais.

Continua depois da publicidade

Os bolsonaristas que bloqueiam as rodovias estariam exigindo novas eleições para que deixassem os locais de concentração, segundo comunicou a PRF. Trata-se, no entanto, de pedido inconstitucional. Os atos ainda ferem o direito de ir e vir das pessoas.

Nas redes sociais, os bloqueios chegaram a ser tratados como um protesto de caminhoneiros, como na paralisação de 2018. Líderes daquela ocasião, no entanto, negam coordenação da categoria agora.

A Federação das Empresas de Transportes de Cargas e Logística de Santa Catarina (Fetrancesc) divulgou comunicado, na segunda, com o qual repudiava os bloqueios. O governador catarinense recém-eleito, Jorginho Mello (PL), aliado do presidente Jair Bolsonaro (PL), também afirmou ser contra os atos de bolsonaristas.

Bolsonaro também se manifestou fazendo menção aos bloqueios, na tarde desta terça, depois de dois dias de silêncio, quando afirmou que manifestações pacíficas são bem-vindas, mas que não podem cercear o direito de ir e vir — ainda assim, apoiadores entenderam como um recado para que sejam mantidos os bloqueios.

Continua depois da publicidade

Desde segunda, grandes cidades em Santa Catarina lidam com desabastecimento em postos de combustíveis. Empresas de ônibus que circulam no Estado precisaram cancelar as viagens na terça e suspender as rotas previstas para esta quarta.

Há ainda hospitais no Estado com funcionamento afetado e pacientes que necessitam de hemodiálise, por exemplo, impedidos de terem o tratamento. Uma mulher grávida ficou presa no bloqueio em Balneário Camboriú quando estava prestes a dar à luz.

O governo catarinense também precisou suspender a distribuição de vacinas aos municípios e teve problemas com a entrega de insumos para as escolas. A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) também reconheceu impactos.

Diferentes setores econômicos também já contabilizam estragos, em especial o da agroindústria em Santa Catarina. Impedidas de transportar, produtoras de carnes suína e de aves estão interrompendo os abates dos animais.

Continua depois da publicidade

Já a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) comunicou que as perdas no comércio com os bloqueios de bolsonaristas podem ser maiores do que os ocasionados pela greve dos caminhoneiros de 2018.

Bloqueios em rodovias federais em SC

  • ​BR-101, KM 06 – Garuva – interdição total
  • BR-101, KM 25 – Joinville – interdição total
  • BR-101, KM 83 – Barra Velha – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-101, KM 124 – Itajaí – interdição parcial, no sentido Sul
  • BR-101, KM 138 – Balneário Camboriú – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-101, KM 140 – Balneário Camboriú – interdição parcial, no sentido Sul
  • BR-101, KM 150 – Itapema – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-101, KM 379 – Içara – interdição parcial, no sentido Sul
  • BR-101, KM 419 – Araranguá – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-101, KM 445 – Santa Rosa do Sul – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-101, KM 401 – Maracajá – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-116, KM 7 – Mafra – interdição total
  • BR-116, KM 34 – Itaiópolis – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-116, KM 120 – Santa Cecília – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-116, KM 138 – Santa Cecília – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-116, KM 141 – Santa Cecília – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-153, KM 11,5 – Água Doce – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-153, KM 97 – Concórdia – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-153, KM 58 – Irani – interdição parcial em ambos os sentidos
  • BR-158, KM 139 – Palmitos – interdição total
  • BR-280, KM 4 – São Francisco do Sul – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-280, KM 55, Guaramirim – interdição total
  • BR-280, KM 80 – Corupá – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-280, KM 114 – São Bento do Sul – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-280, KM 120 – São Bento do Sul – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-280, KM 232 – Canoinhas – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-280, KM 306 – Porto União – interdição total
  • BR-282, KM 520 – Xaxim – interdição total
  • BR-282, KM 535 – Chapecó – interdição total
  • BR-470, KM 7 – Navegantes – interdição total
  • BR-470, KM 22 – Ilhota – interdição total
  • BR-470, KM 35 – Gaspar – interdição total
  • BR-470, KM 45 – Blumenau – interdição total
  • BR-470, KM 57 – Pomerode – interdição total
  • BR-470, KM 67 – lndaial – interdição total
  • BR-470, KM 139 – Rio do Sul – interdição total
  • BR-470, KM 150 – Agronômica – interdição total
  • BR-470, KM 158 – Trombudo Central – interdição parcial, mas em ambos os sentidos
  • BR-470, KM 173 – Pouso Redondo – interdição parcial em ambos os sentidos

Leia mais

“Tropa do fura bloqueio”: torcida organizada do Atlético-MG passa por interdição

Preso do semiaberto tenta, mas não consegue voltar à cadeia em SC

Destaques do NSC Total