nsc
hora_de_sc

Repercussão negativa

#BolsonaroTraidor: presidente é alvo de críticas e piadas nas redes sociais

Áudio com pedido pelo fim dos bloqueios em rodovias e nota à Nação motivaram reações na internet

10/09/2021 - 16h32 - Atualizada em: 10/09/2021 - 17h01

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
Apoiadores se sentiram traídos após Bolsonaro aparentar recuo
Apoiadores se sentiram traídos após Bolsonaro aparentar recuo
(Foto: )

Um dia após divulgar uma nota à Nação na tentativa de amenizar a crise que criou entre os Poderes por meio de ataques e ameaças antidemocráticas, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a ser alvo de críticas e piadas na internet. 

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Nas redes sociais, ele é chamado #BolsonaroTraidor, hashtag que ficou entre os assuntos mais comentados desta sexta-feira (10), e sofre desaprovação de parte dos apoiadores que participavam das manifestações desde o feriado de 7 de setembro em favor do voto impresso e da dissolução do Superior Tribunal Federal (STF).

"Em Brasília nós temos um calça frouxa. Um traidor da Pátria chamado Jair Messias Bolsonaro. Nós estamos aí vendo pessoas sendo presas no Brasil, patriotas dando a vida, caminhoneiros, o Zé Trovão fora do país, coitado, jogou sua liberdade fora para defender o país e um presidente ao qual traiu a classe do Zé Trovão, os caminhoneiros [...] Eu não acredito em Bolsonaro mais", diz um dos até então apoiadores do presidente da República, em vídeo que circula nas redes sociais.

Em outro vídeo publicado, um produtor que diz ter participado das manifestações em Brasília arranca adesivos de apoio a Bolsonaro do próprio carro e mostra o material que havia feito para a campanha das próximas eleições:

"Eu gastei do meu dinheiro pra fazer propaganda pra 2022. Eu quero que tu vá se lascar seu covarde, traidor. [...] Vou queimar. Que eu gastei do meu dinheiro pra ir lá em Brasília defender você para tu fazer uma palhaçada. [...] Falei e não me arrependo", diz.

Entenda por que caminhoneiros bloqueiam rodovias desde 7 de setembro

Opinião: Bolsonaro recuou; a pergunta é até quando

As reações iniciaram depois que um áudio gravado por Bolsonaro, na quarta-feira (8), pedia pelo encerramento dos bloqueios nas rodovias. Dois ministros do governo confirmaram à Folha de São Paulo que Bolsonaro enviou a gravação.

"Fala para os caminhoneiros aí que [eles] são nossos aliados, mas esses bloqueios aí atrapalham a nossa economia. Isso provoca desabastecimento, inflação, prejudica todo mundo, em especial os mais pobres. Então, dá um toque nos caras aí, se for possível, para liberar, tá ok? Para a gente seguir a normalidade", dizia Bolsonaro.

Economia da vida real fez Bolsonaro lembrar que bloqueio de estradas é mau negócio

Um dia antes, o presidente da República também foi chamado pela oposição de "rato", "frouxo e covarde" ao publicar a "nota à Nação" logo após pedir ajuda ao ex-presidente, Michel Temer (MDB).

Veja as reações nas redes sociais:

Leia também

PF prende catarinense em inquérito que apura atos antidemocráticos

Aliado de Bolsonaro, João Rodrigues diz que fechar STF é "maluquice" e admite risco de impeachment

"Ninguém fechará essa Corte", diz ministro Luiz Fux em resposta do STF a Bolsonaro

Após discurso de Bolsonaro, Justiça de SC pede respeito às decisões do STF

Rodrigo Maia diz que Bolsonaro é gay e não consegue assumir; veja vídeo

Colunistas