nsc
nsc

Decoração

Decoração: conheça as características do estilo moderno

Conceito que une minimalismo, funcionalidade e praticidade

13/01/2022 - 14h31 - Atualizada em: 18/01/2022 - 15h12

Compartilhe

Portal
Por Portal EdiCase
Decoração moderna
Decoração moderna
(Foto: )

A decoração moderna surgiu durante o século XX, inspirada no movimento Modernista. Mesmo após tanto tempo, ainda é um estilo que continua em alta e preza pela simplicidade, praticidade e funcionalidade.

> Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

Por isso, segundo a arquiteta Sabrina Gnipper, deve-se apostar em móveis com design minimalista, valorizar a circulação e os espaços amplos e bem iluminados. Pedras e madeira não devem ser priorizadas nesse estilo.

Além disso, como o movimento Modernista também valorizava a expressão artística nacional, pode-se apostar em itens que fazem referência à cultura brasileira. “Esses elementos devem ser combinados de forma racional e funcional, pensando em ergonomia e no conceito de que ‘menos é mais’”, alerta a profissional.

> Veja como inserir o conceito hygge na decoração

Móveis

A funcionalidade é um ponto que ganha destaque na decoração moderna. Por isso, de acordo com Sabrina Gnipper, os móveis “devem ser utilizados pensando na circulação e funcionalidade do projeto”. Além disso, segundo ela, deve-se preferir mobiliários no estilo retrô (que fazem referência principalmente à década de 50).

A arquiteta Ana Bortone acrescenta que os móveis precisam apresentar linhas retas e não devem ter muitos adornos. “Pois o estilo moderno é bruto e seco em suas formas. Porém, extremamente confortável e eficaz em seu uso. Portanto, ouse nos modelos retos e geométricos na hora de buscar uma identidade moderna no seu mobiliário”, recomenda.

> Descubra como encontrar o seu estilo de decoração

Aço e vidro são elementos marcantes no estilo moderno
Aço e vidro são elementos marcantes no estilo moderno
(Foto: )

Materiais

Materiais como aço, vidro e concreto se sobressaem na decoração moderna. “Por isso, faça uso em massa desses elementos que são extremamente versáteis e podem estar presentes desde os elementos construtivos até os mais variados elementos decorativos, como mesas em concreto, cadeiras em aço, lustres em vidro e muitas outras aplicações”, sugere a arquiteta Ana Bortone.

Cores

O estilo moderno valoriza cores neutras, como branco, preto, cinza, bege e marrom. Contudo, também há espaço para a utilização pontual de cores mais marcantes em móveis e em outros detalhes.

“Porque uma base neutra com apenas alguns toques de cor representa uma estética sem exageros, e essa composição confere amplitude e luminosidade aos espaços, que são características modernistas”, justifica Sabrina Gnipper.

> Decoração escandinava: conheça essa tendência

Iluminação

Nesse estilo, a iluminação natural é bastante valorizada, com janelas de vidro amplas e plantas arquitetônicas livres. “Uma iluminação industrial e com luminárias de design minimalista cai bem neste contexto, porque geralmente combina com os materiais marcantes deste estilo, que são o concreto e o aço”, indica a arquiteta Sabrina Gnipper.

Objetos decorativos

Por ser um estilo que preza pela simplicidade, os ambientes modernos não devem ser carregados com objetos decorativos. “Sendo assim, é importante que saibamos escolher esses elementos com assertividade, pois receberão destaque na decoração”, alerta Ana Bortone.

Para isso, Rodrigo Pacheco, fundador da Construtora Nosso Lar, recomenda dar preferência a objetos minimalistas e funcionais, aliados à simplicidade e um bom design. Lembrando-se de fugir de adornos meramente decorativos e excessivos.

*Por Laleska Diniz

Leia também 

Confira 5 tendências da arquitetura que aliam beleza e sustentabilidade

Quais tecidos e materiais são utilizados na decoração de ambientes externos

Plantas em ambientes internos: especialista dá dicas de como escolher as melhores espécies

Colunistas