nsc
dc

Repercussão

Eduardo Leite recebe mensagens de apoio nas redes sociais e agradece: "O amor vai vencer o ódio"

Em entrevista a Pedro Bial, o governador do Rio Grande do Sul declarou ser gay

02/07/2021 - 08h02 - Atualizada em: 02/07/2021 - 08h15

Compartilhe

Marina
Por Marina Martini Lopes
Eduardo Leite
Logo após a divulgação da informação, o assunto se tornou um dos mais comentados nas redes sociais
(Foto: )

Políticos brasileiros repercutiram nas redes sociais a fala de Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul, que admitiu publicamente ser gay: a declaração foi feita em entrevista a Pedro Bial, na noite desta quinta-feira (1º). Logo após a divulgação da informação, o assunto se tornou um dos mais comentados nas redes sociais; e o nome de Eduardo Leite chegou a estar entre os termos mais citados no Twitter.

> Eduardo Leite assume ser homossexual em entrevista a Pedro Bial

> O que significa LGBTQIA+?

O governador de São Paulo, João Doria, publicou: "Admiração e respeito ao meu amigo Eduardo Leite". Prefeito do Rio de Janeiro (RJ), Eduardo Paes compartilhou um trecho da entrevista de Eduardo Leite e escreveu: "Muito orgulho de ser amigo desse cara".

Bruno Araújo, ex-ministro e presidente nacional do PSDB, publicou: "Atitude corajosa e passa a focar na pauta que interessa aos brasileiros: Cuidar da qualidade de vida das pessoas. Aumentou meu respeito por ele." José Serra, ex-governador de São Paulo, também manifestou seu apoio. Ciro Gomes escreveu: "Parabéns ao meu amigo Eduardo Leite por sua coragem, neste mundo cheio de hipocrisia e preconceito. Atitudes como esta, que são ainda tão raras na política, reforçam os grandes valores da verdade, liberdade e humanidade."

O deputado Aécio Neves publicou: "Como o próprio governador disse: essa deveria ser uma não-questão. Mas, infelizmente, ainda vivemos em um país em que orientação sexual é alvo de discriminação, preconceitos vários e, pior, de violência que leva até à morte. Assim, importante que se discuta abertamente essa questão. O governador, que sempre teve meu respeito, demonstrou publicamente o que sempre vi nele: coragem. O que só aumentou minha admiração." Presidente do Cidadania, Roberto Freire elogiou a coragem de Eduardo Leite: "Recebemos, os democratas, como um alento e um sinal de compromisso com a verdade e com os valores do humanismo que nos unem, da esquerda à direita liberal."

> Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

O próprio Eduardo Paes agradeceu as mensagens recebidas: "As inúmeras mensagens de carinho e apoio que estou recebendo me deixam absolutamente seguro: o amor vai vencer o ódio! Muito muito muito obrigado a todos!"

Governador no Rio Grande do Sul desde 2019, Leite é advogado, e iniciou a carreira política em 2004. Ele vai disputar as prévias do PSDB para a candidatura à Presidência em novembro. Leite assumiu publicamente a homossexualidade na semana em que foi celebrado o Dia do Orgulho LGBTQIA+, na última segunda-feira (28).

Leia também:

> Não-binarismo e linguagem neutra chamam atenção e provocam debate

> Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+: confira dez fotos que marcam a data

> Sikêra Jr. perde anunciantes e pede desculpas à comunidade LGBTQIA+

Colunistas