nsc
dc

Futebol

Em noite histórica, torcida volta aos estádios em Santa Catarina

Duas partidas pela abertura da Copa SC recebem torcedores pela primeira vez na pandemia

15/09/2021 - 20h57 - Atualizada em: 16/09/2021 - 07h06

Compartilhe

Por Ronaldo Fontana
Guto
Por Guto Marchiori
Rosangela Silva, a "Rô da torcida Elas", foi a primeira torcedora do Figueirense no estádio
Rosangela Silva, a "Rô da torcida Elas", foi a primeira torcedora do Figueirense no estádio
(Foto: )

O futebol de Santa Catarina teve uma noite história nesta quarta-feira. A abertura da Copa Santa Catarina 2021 marcou o retorno da torcida aos estádios após 548 dias em razão da pandemia da Covid-19. O torcedor teve que apresentar comprovante de vacinação ou exame RT-PCR negativo para assistir aos jogos.

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Volta do público aos estádios de SC: veja tudo que você precisa saber

Inicialmente, a nova medida é válida apenas para as competições organizadas pela FCF: Série B e a Copa Santa Catarina. As partidas do Campeonato Brasileiro, como Série A, B, C e D, devem seguir respeitando o protocolo definido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Furacão vira para festa da torcida

No Orlando Scarpelli, em Florianópolis, 218 torcedores (de acordo com o boletim do Figueirense) acompanharam a vitória do Furacão por 3 a 2, de virada, contra o Juventus. Gustavo Índio e Paolo, duas vezes, marcaram para o Alvinegro. Allan e Marllon anotaram os gols do time de Jaraguá do Sul.

Opinião: Finalmente o público de volta ao estádio

Pelos protocolos estabelecidos pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), os portões foram abertos duas horas antes de a bola rolar. Rosangela Silva, mais conhecida como "Rô, da Torcida Elas", foi a primeira torcedora do Figueirense a entrar no estádio.

Foram 218 torcedores no Orlando Scarpelli
Foram 218 torcedores no Orlando Scarpelli
(Foto: )

O serviço de segurança contratado pelo Figueirense fiscalizou se os torcedores estavam cumprindo os protocolos de distanciamento e uso de máscara. O sistema de som do estádio passou as recomendações e obrigações contra a Covid-19.

"Está bem tranquilo até agora. Todo mundo de máscara e respeitando. Algum ou outro a máscara fica desajeitada, pra baixo do nariz, e a gente avisa pra arrumar, pra não dar problema, mas nada de mais", disse o fiscal contratado pelo clube, Ricardo Borges.

O efetivo de segurança para o trabalho no primeiro jogo com torcida no Orlando Scarpelli teve 45 policiais, sendo 35 em estágio operacional e outros 10 efetivos.

Variante Mu: tudo o que se sabe sobre a nova cepa da Covid-19

O retorno do torcedor ao Majestoso

Torcedor do Criciúma marcou presença no Majestoso
Eduardo Prestes / NSC TV
(Foto: )

No Heriberto Hülse, em Criciúma, o Hercílio Luz venceu o Tigre por 2 a 0. Os gols da vitória foram marcados por Garraty, um em casa tempo de partida. De acordo com o borderô do Tricolor, 470 torcedores acompanharam o jogo pela abertura da Copa SC.

O protocolo foi cumprido. A todo momento o clube pediu, por meio do sistema de som, para os torcedores ficarem sentados, usando máscara e respeitando o distanciamento de 1,5 metro. Seguranças contratados pelo Tigre também orientaram o regramento estabelecido pela SES.

Países em que uso de máscara para Covid-19 não é obrigatório

Jogo sem torcida

A Caçadorense estreou com vitória na Copa Santa Catarina. Na tarde desta quarta-feira, o time de Caçador fez 2 a 1 sobre o Joinville no estádio Carlos Alberto Costa Neves. Vitão marcou para o JEC, enquanto que Dill e Gil fizeram os gols dos donos da casa.

O time de Caçador optou pela não entrada de público porque o local do jogo ainda passa por reforma para se adequar às normas de infraestutrura determinadas pela FCF, além de o tempo para a venda de ingressos ter sido considerado pequeno.

Leia também

Festival de Dança de Joinville 2021 abre venda de ingressos; veja as datas e como comprar

JEC perde para o Caçador por 2 a 1 na estreia da Copa SC

Fotógrafo de Joinville é vítima da Covid-19 e morre no dia do aniversário

Florianópolis começa a aplicar terceira dose contra Covid em idosos com 84 anos ou mais

Avaí: Comissão Especial referenda rejeição das contas e aperta cobrança na Gestão 2020

Colunistas