nsc
dc

Tragédia

Homenagens a vítimas de ataque a creche em SC comovem familiares

Flores, fotos e cartazes foram levados ao portão da escola onde cinco pessoas foram mortas nesta terça-feira (4)

04/05/2021 - 18h15

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Homenagens a vítimas de ataque a creche em SC comovem familiares
Homenagens a vítimas de ataque a creche em SC comovem familiares
(Foto: )

Poucas horas após o ataque a uma creche em Saudades, no Oeste de Santa Catarina, os familiares das vítimas foram ao local para prestar homenagens emocionadas. Cinco pessoas foram mortas por um homem de 18 anos na manhã desta terça-feira (4).

> Receba notícias de SC por WhatsApp

O portão da escola Pró-Infância Aquarela, local da tragédia, recebeu manifestações emocionadas. No local, onde mais cedo foram interrompidos inúmeros sonhos, agora são deixadas flores, fotos e cartazes para tentar dar força às famílias das vítimas.

Uma das pessoas que foram à frente da creche é a técnica em enfermagem no Hospital Beneficente de Saudades, Elaine Niederle. A dificuldade para ela atender à ocorrência foi ainda maior depois que descobriu que uma das vítimas, Sarah Luiza Mahle Sehn, de 1 ano e 7 meses, era da sua família.

- Eu moro perto da escola, mas hoje estava no hospital, e foi dessa forma que fiquei sabendo que uma vítima era a filha do meu sobrinho, que eu adorava muito. A homenagem que estamos fazendo é uma forma de tentar diminuir a nossa tristeza - afirma Elaine.

> Crianças mortas em ataque a creche em SC tinham pouco mais de um ano de idade

Apesar da experiência, ela revela que custou a entender o tamanho da tragédia que abalaria a cidade.

- Quando começaram a chegar as primeiras pessoas ao hospital, nós pensamos que havia acontecido um acidente. Só depois é que entendemos a gravidade de tudo o que estava havendo - contou, comovida.

Elaine Niederle
Elaine Niederle revela ter ficado chocada ao saber que uma das vítimas era de sua família
(Foto: )

Ainda sem a confirmação sobre local e horário da realização dos cerimoniais de sepultamento, o clima é de desolação e descrédito pela tragédia que parou o pequeno município, de apenas 9 mil habitantes.

Veja imagens da movimentação em frente à creche em Saudades:

Entenda o crime

Um jovem de 18 anos, identificado como Fabiano Kipper Mai, invadiu uma creche na manhã desta terça-feira (4) em Saudades, no Oeste de Santa Catarina, e matou três crianças, uma professora, identificada como Keli Anicevski, e uma agente educadora, identificada como Mirla Renner. Segundo a Polícia Civil, ele foi preso após o ataque.

Três crianças e uma professora morreram na hora. Já a quinta vítima chegou a ser levada ao Hospital de Chapecó, mas não resistiu aos ferimentos. Conforme o delegado Jerônimo Marçal, outra criança teve ferimentos leves e não corre risco de morrer. O agressor teria entrado na creche armado com uma espada ninja.

*Por Vinicius Rigo, especial

Leia também:

> Quem é o autor do ataque a creche em SC que deixou cinco mortos

> Quem era a professora morta em ataque a creche no Oeste de SC

> Em ataque a creche de SC, professoras trancaram crianças na sala de aula para evitar mais mortes

> Ataques a escolas no Brasil: 8 vezes em que o país viveu cenas de terror

> Fotos mostram resgate após ataque a escola em SC com cinco mortos

> Ataque a creche em SC: "Uma cena de terror", diz secretária de Educação

Colunistas