nsc
an

Segurança

Jovem é estuprada dentro de loja no Centro de Joinville

Homem cometeu o crime de violência sexual e roubou dinheiro da vítima

22/10/2020 - 15h12 - Atualizada em: 23/10/2020 - 13h49

Compartilhe

Cláudia
Por Cláudia Morriesen
foto mostra ambulância do samu
Vítima foi levada para o Hospital Regional de Joinville pelo Samu
(Foto: )

Uma mulher de 24 anos chamou a polícia após ser vítima de estupro dentro da loja em que trabalha, no Centro de Joinville. Segundo a Polícia Militar, o crime ocorreu no início da tarde desta quinta-feira (22), em um estabelecimento na rua João Colin.

> Homem ficou uma hora na loja e teria feito "ritual" com a vítima, diz Polícia Civil

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do A Notícia

A jovem estava em choque quando a polícia chegou ao local. Ela contou que um homem com idade entre 50 e 60 anos entrou na loja e cometeu a violência sexual contra ela. Depois, ainda roubou R$ 220 da vítima. Ele estava usando roupa social e mochila preta, e é alto e acima do peso. 

As imagens da câmera de segurança da loja comprovaram as informações passadas pela vítima. Ela foi encaminhada para o Hospital Regional Hans Dieter Schmitd pela ambulância do Samu. As roupas dela, que continham material genético do autor, foram levadas para perícia pela Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (Dpcami) de Joinville. 

> Trio que subiu em cruz da igreja matriz de São Bento do Sul é investigado pela polícia

A Polícia Militar fez buscas pelo Centro com base na descrição que a vítima passou e que foi possível verificar pelas imagens registradas na câmera de segurança. Os lojistas e shopping centers também foram informados sobre o crime. 

Atualização: o suspeito foi encontrado e preso por volta das 22h30, pela Polícia Militar

Leia mais:

> Suspeito de estupro tem passagens pelo mesmo crime em outras cidades

> Em depoimento, suspeito diz que entrou na loja para evangelizar

> "Parecia uma boneca, imóvel", diz delegada sobre estupro em Joinville

> "Nunca presenciei uma situação dessas", diz delegado sobre estupro em Joinville

Colunistas