nsc
an

Violência contra a mulher

Suspeito de estupro no Centro de Joinville tem passagens pelo mesmo crime em outras cidades

Homem foi encontrado ao entrar em um hotel e preso pela polícia

23/10/2020 - 07h06 - Atualizada em: 23/10/2020 - 14h02

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Homem tem passagens por estupro em outras cidades
Homem tem passagens por estupro em outras cidades
(Foto: )

O homem de 70 anos suspeito de cometer estupro contra uma jovem de 24 anos em uma loja no Centro de Joinville já tem passagens pela polícia pelo mesmo crime em outras cidades. Ele foi preso em um hotel perto da rodoviária na noite da última quinta-feira (22).

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do A Notícia

Segundo a Polícia Militar, o homem já é suspeito de envolvimento em outros crimes de violência sexual, como atentado violento ao pudor e estupro. A Polícia Civil informou que ele já chegou a cumprir pena em Curitibanos, após ser preso em 2012. O homem estava em liberdade condicional.

O suspeito é de Curitiba e tem passagens policiais no Paraná, Santa Catarina e São Paulo. Ele tem histórico de crimes desde 2011, de acordo com a Polícia Civil.

O caso em Joinville aconteceu por volta do meio-dia, em um loja na rua João Colin, no Centro. A jovem de 24 anos estava sozinha no estabelecimento em que trabalha quando o homem entrou no local, vestido com roupa social e mochila.

> Suspeito de estupro no Centro de Joinville diz que entrou na loja para evangelizar

Pelas imagens gravadas pela câmera de segurança, a Polícia Civil informou que foi possível ver ele fazer uma espécie de "ritual" com ela. A vítima informou que teria sido "hipnotizada". O crime aconteceu nos fundos da loja e, antes de fugir, o homem roubou R$ 220.

> "Parecia uma boneca, imóvel", diz delegada sobre estupro em Joinville

Ele foi encontrado mais tarde ao entrar em um hotel próximo da rodoviária, no bairro Anita Garibaldi. Ele estava com as mesmas roupas usadas dentro da loja onde ocorreu o crime. Ele foi preso pela Polícia Militar e levado para a delegacia.

> "Nunca presenciei uma situação dessas", diz delegado sobre estupro em Joinville

Colunistas