nsc
santa

VIOLÊNCIA FAMILIAR

Pai que matou filha em Rodeio e esfaqueou mais quatro pessoas é indiciado

Mãe da jovem, tio e avós também foram feridos a facadas pelo homem

28/04/2021 - 05h00 - Atualizada em: 29/04/2021 - 17h53

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
Brenda
Por Brenda Bittencourt
Crime aconteceu na casa dos avós da vítima
Crime aconteceu na casa dos avós da vítima
(Foto: )

O homem de 42 anos que matou a própria filha em Rodeio, no Médio Vale do Itajaí, e feriu a mãe, os avós e o tio da jovem a facadas, foi indiciado pela Polícia Civil por feminicídio e tentativas de homicídio. A informação foi confirmada nesta terça-feira (27) pela Polícia Civil. O suspeito segue preso em Blumenau, no Vale do Itajaí.

> Receba todas as notícias do Vale do Itajaí pelo WhatsApp

> “Tinha medo que ele fizesse o que fez”, diz mãe de jovem assassinada a facadas pelo pai em Rodeio

O inquérito foi finalizado na segunda-feira (26), segundo o delegado responsável pelas investigações, Felipe Martins, e concluiu que o pai é culpado pela morte de Géssica Dias Tizon, de 21 anos. 

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) avaliou o documento e decidiu denunciar nesta quarta-feira (28) o homem à Justiça por feminicídio e tentativas de homicídio. Se a Justiça aceitar a denúncia o acusado, que está preso preventivamente, passa a ser formalmente réu em ação penal.

> Quem era a jovem assassinada pelo próprio pai em Rodeio

Na ocasião, a jovem foi atingida por três golpes de faca, ao menos, e morreu. Ela teria sido ferida depois de o pai ter se revoltado com a saída da esposa de casa e seguido até a casa dos sogros, onde cometeu os crimes. 

Já com histórico de violência doméstica, o suspeito queria assassinar a esposa e quem mais o atrapalhasse, segundo a Polícia Civil. 

> Homem acusado de matar e enterrar esposa e filho em SC vai a júri popular

Atacados com golpes de faca

Géssica Tizon foi morta a facadas pelo próprio pai na noite de 12 de abril, em Rodeio. O homem também feriu gravemente a ex-esposa, o ex-cunhado e os ex-sogros, todos a facadas. Depois de cometer os crimes, ele teria tentado se matar, mas foi preso em flagrante e levado ao hospital.

O agressor foi encontrado em uma área de mata atrás da residência, caído em um córrego com cortes no pulso, pés e barriga.

Dos quatro sobreviventes, apenas um tinha ferimentos médios, os demais foram conduzidos com machucados considerados graves pelos bombeiros. Porém, a maioria estava consciente no momento do socorro.

Leia também

​​> Venda da Hering marca o fim de uma era para Blumenau

> Água da Serra, da famosa Laranjinha, busca local para construir nova fábrica de bebidas

> Jovem cai de bicicleta e fica ferido por conta de fio solto em poste de Blumenau

Colunistas