nsc
an

Eleições 2020

Pesquisa em Joinville: novo prefeito deverá priorizar saúde e manutenção de ruas

Levantamento feito entre 20 e 22 de novembro com 640 eleitores avaliou quais temas merecem mais atenção do governo eleito no segundo turno

23/11/2020 - 05h00

Compartilhe

Cláudia
Por Cláudia Morriesen
montagem tem foto da entrada do São José e foto de trabalhadores na manutenção dos asfalto
Problemas foram listados pelos eleitores entrevistados pelo Instituto Paraná de Pesquisas
(Foto: )

Saúde pública e manutenção de ruas e calçadas são as principais demandas para Joinville, segundo os 640 entrevistados pelo Instituto Paraná de Pesquisas a pedido da NSC Comunicação. A pesquisa também mostrou a preferência dos entrevistados no segundo turno das eleições em Joinville. No total, 640 pessoas foram ouvidas entre a última sexta-feira e este domingo (de 20 a 22 de novembro).

> Pesquisa em Joinville: Adriano Silva supera Darci de Matos e abre vantagem no 2º turno

O entrevistado podia apontar mais de uma demanda durante a pesquisa diante da pergunta "quais são os principais problemas de Joinville, ou seja, aqueles que o próximo prefeito deve resolver com prioridade?". Foram citados 13 tópicos principais. Saúde ficou no topo da lista, já que foi apontado por quase metade dos entrevistados: 40,6% citaram esta demanda. 

> Em site especial, saiba tudo sobre as Eleições 2020 em SC

> Suspeito de ameaças à vereadora Ana Lúcia é localizado em Joinville

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

A manutenção de ruas e calçadas é o segundo problema que mais incomoda os joinvilenses e recebeu quase tanta atenção quanto a saúde pública: 37,7%. Educação aparece em terceiro lugar, mas com número bem menor de indicações: 15,9% dos entrevistados afirmaram que as escolas devem ser uma das prioridades do próximo prefeito.

Infraestrutura e trânsito foram as escolhidas na sequência. Elas tiveram porcentagem semelhante: 14,4% disseram que é necessário focar na infraestrutura da cidade, enquanto 12,8 acha que o trânsito e, consequentemente, a mobilidade urbana, precisam ser encarados como prioridade a partir de 2021. 

> Jefferson Saavedra: Adriano Silva mantém sprint e pesquisa aponta vantagem em Joinville

O sexto problema mais citado pelos entrevistados foi a segurança, com 7,5%. Saneamento básico também foi considerada uma demanda importante, e foi escolhida por 5,8% dos entrevistados. Abandono dos bairros, obras paradas, transporte público, áreas de lazer, desemprego, burocracia e má administração pública também apareceram entre os tópicos listados pelos eleitores ouvidos no levantamento, mas com menor frequência, representando 5% ou menos dos apontamentos.

Além disso, 4,4% dos entrevistados citaram outras demandas. Outros 5,2% não souberam definir uma necessidade e 0,8% não identificaram prioridade em nenhuma das opções oferecidas.

FICHA TÉCNICA

Período avaliado: entre 20 a 22 de novembro de 2020

Amostra: 640 eleitores

Método: a pesquisa foi feita por telefone, devido à pandemia da covid-19

Margem de erro: a máxima estimada é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos

Nível de confiança: 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral.

Solicitante: pesquisa contratada por NSC Comunicação

Registro no TSE: sob o número SC-03734/2020

Leia mais sobre as Eleições 2020:

Confira as pesquisas em Florianópolis, Criciúma, Chapecó, Blumenau e Joinville

Segundo turno das Eleições 2020: data, prazos e calendário eleitoral

O que as eleições de 2020 dizem para as de 2022

Mais da metade das cidades de SC terão prefeitos de partidos distintos dos atuais

Partidos tradicionais de SC perdem prefeituras e abrem espaço a novas siglas

Curiosidades que marcaram a disputa eleitoral em Santa Catarina

Rumo ao Guiness Book: conheça o vereador de SC eleito para o 11º mandato consecutivo

Colunistas