nsc
nsc

AUTOESTIMA INFANTIL

Mãe escreve livro para explicar doença rara ao filho atípico

Compartilhe

Carol
Por Carol Bandeira
02/08/2021 - 12h33
Luca é filho atípico de Raquel, a autora do livro "Vicente, o dinossauro de um só dente"
Luca é filho atípico de Raquel, a autora do livro "Vicente, o dinossauro de um só dente" (Foto: Arquivo pessoal)

Como anda a autoestima e a autoconfiança das nossas crianças? Como elas (e os adultos com quem elas convivem) têm lidado com as diferenças e a inclusão nos seus espaços de convivência?

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Num mundo cada vez mais diverso é urgente a necessidade de falarmos sobre estes assuntos com os pequenos e uma das maneiras de abordar temas complexos como estes de uma forma lúdica e gentil, é através de livros e histórias.

Na coluna de hoje, a convidada é Raquel Dias, mãe atípica e rara, e autora do livro infantil Vicente, o Dinossauro de um só dente (Editora Matrescência, 2020). Ela nos conta um pouco sobre a história por trás do livro e como sua obra pode apoiar famílias na desafiante tarefa de educar os filhos sob o olhar atento e inclusivo da diversidade.

Maternidade Atípica e Rara

Desde 2010, Raquel vive com intensidade sua maternidade atípica e rara. O nascimento de um filho diferente da média foi desafiador, mas também uma oportunidade para ela se desenvolver como ser humano.

Raquel: No dia em que meu filho nasceu, ainda na sala de parto, eu percebi que ele seria diferente. Aquele bebê de pele clarinha, cabelinhos claros e ralos, pele lisa e sem pêlos e com orelhinhas proeminentes chegou para acabar com todas as certezas que eu tinha como mãe. Meu filho, Luca Toni, nasceu com uma condição genética rara chamada Displasia Ectodérmica Hipohidrótica Ligada ao X, que afeta o desenvolvimento da pele, glândulas de suor e de gordura, cabelos e dentes. Logo após o nascimento dele, não foi fácil lidar com a insegurança e as incertezas do futuro. Minha mente me fazia enxergar apenas os piores cenários à frente: hospitalizações, experiências traumáticas, bullying na escola. Eu precisei me reconstruir como pessoa para aceitar e compreender a raridade do meu filho e foi através da escrita que encontrei meu propósito e meu jeito único de maternar.

"No dia em que meu filho nasceu, ainda na sala de parto, eu percebi que ele seria diferente", disse Raquel sobre o filho Luca Toni
"No dia em que meu filho nasceu, ainda na sala de parto, eu percebi que ele seria diferente", disse Raquel sobre o filho Luca Toni
(Foto: )

> Kombucha: conheça os benefícios da bebida milenar chinesa

A História de Vicente, o Dinossauro de um só Dente

Como contar para uma criança sobre suas próprias diferenças? Como estimular a autoestima e a autoconfiança e ao mesmo tempo, valorizar o que é considerado "fora do normal"? Raquel encontrou no gosto de seu filho pelas histórias e na paixão dele por dinossauros uma oportunidade, e foi assim que a história de Vicente, o Dinossauro de um só dente surgiu:

Raquel: O primeiro dentinho de Luca Toni nasceu quando ele tinha um pouco mais de 2 anos. Era um dente forte, grande e pontudo. Na época ele era fascinado por dinossauros (ele tinha uma coleção enorme e sabia o nome de todos!) e começou a dizer que o dente dele era igual a um dente de dinossauro. Foi inspirada na sua paixão por dinossauros que eu criei a história de Vicente, o Dinossauro de um só dente. Eu escrevi a história deste pequeno dinossauro como uma forma de contar para o meu filho sobre sua própria condição, mais especificamente sobre o fato de que ele não teria dentes iguais aos das outras crianças, já que a alteração no número e no formato dos dentes é uma das características mais marcantes de sua condição genética. Essa característica, que poderia ter sido encarada como uma limitação, se transformou em algo especial. A história de Vicente, contada tantas e tantas vezes na hora de dormir, contribuiu muito para o fortalecimento da autoestima e para a construção da autoimagem positiva do meu filho, que em momento algum se sente diminuído por sua raridade; pelo contrário, ele a transforma em algo maior, algo do tamanho de um dinossauro.

> Frango ou carne bovina: qual é a melhor opção?

A história que virou livro

Foi numa dessas coincidências do destino que a história criada por Raquel para seu filho parou nas mãos de Rafaela Carvalho, escritora e proprietária da Editora Matrescência.

Raquel: Eu e a Rafa nos conhecemos pelo Instagram. Eu contei um pouco da minha história e compartilhei com ela alguns textos do meu antigo blog sobre maternidade atípica. Lembrei da história de Vicente e resolvi enviar para ela também. Lembro até hoje do dia que Rafaela me enviou uma mensagem de voz dizendo: "Raquel, fazia tempo que eu não chorava com um livro infantil. Que história linda! Ela precisa ser compartilhada com o mundo!" . Foi só então que eu me dei conta do poder da mensagem da história de Vicente e de como ela poderia impactar mais crianças e suas famílias. Eu acredito que nossas crianças merecem crescer com o pensamento valioso de que suas características individuais importam e são necessárias. Elas merecem aprender sobre o respeito e admiração pelo outro e por si próprias.

> Terapia alimentar: entenda como tratar o transtorno que atinge até 89% das crianças autistas

Vicente ganhou vida pelas mãos da ilustradora Clara Reschke (@clarareschke.art) e o livro foi publicado pela Editora Matrescência em Outubro de 2020, 8 anos após Raquel ter escrito a história para seu filho. Atualmente, Raquel vive com o marido e o filho no Canadá. Luca Toni, ganhou um segundo dentinho aos 5 anos e desde então, ele é acompanhado por dentistas e atualmente está se adaptando ao uso de próteses dentárias.

Vicente, o Dinossauro de um só Dente é um livro que faz a alma sorrir. Cheio de mensagens positivas em versos que aquecem o coração, traz a esperança de um um mundo mais bonito para nossas crianças. Um lugar onde as peculiaridades encontram espaço, força e coragem. Uma história em que o diferente brilha, pois conhece o seu potencial e sabe do que é capaz.

Eu tenho certeza que vocês vão se emocionar com a história desse pequeno dinossauro, que assim como o filho de Raquel, conhece suas virtudes e limitações e as vive plenamente.

Conheça mais sobre o livro 

Siga a autora no Instagram @sou_raqueldias.

Leia também

Conheça os 16 animais mais estranhos e raros vistos em SC

Constipação na gestação: alimentação saudável e consumo de água podem auxiliar na melhora do quadro​​

Nevascas históricas em Santa Catarina; veja fotos e quando aconteceram

Efeitos colaterais da astrazeneca; veja os sintomas mais relatados

Carol Bandeira

Colunista

Carol Bandeira

Mãe de 3, especialista e uma das referências no país em nutrição materno-infantil. É empreendedora, docente e pesquisadora. Ajuda pais e nutricionistas a nutrir com amor as futuras gerações.

siga Carol Bandeira

Carol Bandeira

Colunista

Carol Bandeira

Mãe de 3, especialista e uma das referências no país em nutrição materno-infantil. É empreendedora, docente e pesquisadora. Ajuda pais e nutricionistas a nutrir com amor as futuras gerações.

siga Carol Bandeira

Mais colunistas

    Mais colunistas