Perguntei ao ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM) o que fez mais mal aos brasileiros: se a cloroquina, ou as fake news sobre a segurança da urna eletrônica que buscam tumultuar as eleições do ano que vem. Pré-candidato à presidência da República e um defensor da chamada “terceira via”, ele não titubeou ao dizer que foi o remédio sem eficácia contra a Covid-19 o que trouxe mais danos ao Brasil.

Continua depois da publicidade

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

– Acho que a cloroquina é pior, porque criou nas pessoas uma profunda divisão, fez com que a autarquia federal que foi criada por Jucelino Kubitschek para defender a sociedade, que foi o Conselho Federal de Medicina, cujo objetivo número um é defender a sociedade da falta de ciência, do charlatanismo, se calasse por pressão política. Eles se acovardaram. Aquilo dali trouxe um kit ilusão, as pessoas usaram para dizer que era uma gripezinha.

Mandetta defende terceira via em 2022: “Você acha que o Brasil vai ter paz se for Lula ou Bolsonaro?”

A fala do ex-ministro ocorreu durante entrevista ao vivo à CBN Diário e ao Diário Catarinense, que integra a rodada com os pré-candidatos à presidência da República. Vale lembrar que a pressão por um protocolo com cloroquina no Ministério da Saúde foi um dos motivos que levou à demissão do ex-ministro pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Continua depois da publicidade

– Ela (a narrativa sobre a cloroquina) foi muito bem elaborada porque contou com médicos que passaram um verniz nessas teses. Essa (crise) é palpável, porque não tem nada mais dramático do que a morte. Temos um número absurdo de pessoas que perderam a vida por conta dessa mentira, desse negacionismo.

Doria reforça discurso da terceira via: “Não sou esquerda nem direita”

Lula diz que não teme polarização: “O povo vai ter que escolher entre a democracia e o fascismo”

Focar na pandemia é importante para o ex-ministro porque atinge um ponto fraco do governo, ao mesmo tempo que o fortalece por ter, digamos assim, abandonado o barco da gestão da Saúde antes de emborcar. Mas, por enquanto, a fala de Mandetta soa mais como a de um articulador da terceira via, do que necessariamente de um cabeça de chapa. Enquanto levanta a tese de que Bolsonaro e Lula se beneficiam da polarização, o ex-ministro busca calçar o caminho para um candidato alternativo sobre os índices de rejeição dos líderes da corrida eleitoral. 

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz – NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz

Continua depois da publicidade

Leia também

Teve reação à vacina da Covid-19? Saiba o que fazer

Entenda o conflito no Afeganistão com volta do Talibã ao poder em 10 perguntas e respostas​​​​

Variante Delta: veja a eficácia de cada uma das vacinas da Covid​​

Conheça os 16 animais mais estranhos e raros vistos em SC

As diferenças entre as vacinas da Pfizer, Astrazeneca e Coronavac

Nevascas históricas em Santa Catarina; veja fotos e quando aconteceram

Destaques do NSC Total