nsc
nsc

Negócios

Laboratório Hemos de Blumenau é vendido por R$ 35 milhões a gigante nacional da medicina

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
04/11/2021 - 13h21
Empresa tem 13 unidades na região, nove delas instaladas em Blumenau
Empresa tem 13 unidades na região, nove delas instaladas em Blumenau (Foto: Divulgação)

O Laboratório Hemos, especializado em exames médicos, foi comprado pelo Grupo Sabin, uma das principais empresas de medicina diagnóstica do Brasil. Oficializado na quarta-feira (3), o acordo inclui uma aquisição de 90% da participação societária por R$ 35 milhões. A sinergia entre as companhias pesou no negócio.

> Receba notícias de Blumenau e do Vale pelo WhatsApp

Com sede em Blumenau, o Hemos tem nove unidades espalhadas pela cidade, além de trabalhar com coleta domiciliar de exames e também via drive thru. Na região, a empresa ainda está presente nas cidades de Gaspar, Indaial, Pomerode e Timbó, totalizando mais de 100 mil exames feitos por mês.

Em fato relevante divulgado ao mercado, o Grupo Sabin destacou que o Hemos “tem uma história reconhecida de dedicação e empenho” e “é referência na qualidade dos serviços de saúde”. A aquisição faz parte da estratégia de expansão do grupo na região Sul do país.

Embora passe a fazer parte do Grupo Sabin, a venda não altera a administração do Hemos. A médica hematologista Rosele Maria Branco permanecerá como sócia e gestora regional. Já a bioquímica Larissa Cristine Machado Welter segue na liderança da gestão técnica.

— Estamos felizes com a escolha de um parceiro que possui os mesmos valores, o compromisso com os clientes e o investimento contínuo na qualidade dos serviços — declarou Rosele em comunicado divulgado à imprensa.

O Grupo Sabin tem 37 anos de mercado. A presidente executiva Lídia Abdalla avalia que a população de Blumenau e região ganhará também com os programas de responsabilidade e investimento social do Instituto Sabin, voltados para ações de saúde, qualidade de vida e o desenvolvimento de organizações sociais.

A executiva acrescenta que Blumenau é um importante polo industrial de Santa Catarina, “compondo um relevante vetor de crescimento no Estado para as estratégias do Sabin”, que já está presente nas cidades de Florianópolis, São José, Imbituba, Garopaba e Tubarão

O Grupo Sabin tem sede em Brasília (DF) e está presente nas cinco regiões do Brasil. Ao final de 2020, somou receita operacional líquida de R$ 1,05 bilhão e tinha cerca de 300 pontos de atendimento, com um portfólio de produtos e serviços nas áreas de análises e pesquisas clínicas e patológicas, recebimento de amostras veterinárias para análises e pesquisas clínicas em geral, prestação de serviços e análises de biologia molecular e citogenética e prestação de serviços de vacinação e imunização em pessoas.

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado sobre economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região pelo WhatsApp ou Telegram

Leia também

3 em cada 4 catarinenses são favoráveis ao passaporte da vacina, mostra pesquisa

Primeira tentativa de leilão da marca Sulfabril não atrai interessados

Parque fabril da Marisol vai virar condomínio industrial com espaço até para concorrentes

WEG vai investir R$ 178,2 milhões para ampliar fábrica no Espírito Santo

Sommerfest Blumenau 2022 vai exigir passaporte da vacina

Natal em Blumenau prevê chafariz com luzes e cores na Ponte de Ferro​​

Furb facilita condições de pagamento para vender terreno gigante em Gaspar

Blumenau vai ganhar um strip mall, tipo diferente de shopping

Quais são as empresas bilionárias de Santa Catarina​​​

Fundo que investiu no Burger King vai acelerar expansão de empresa de Blumenau

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas