nsc

    Futebol

    "Alguma diminuição vai acabar acontecendo", afirma Felipe Gil sobre salários do Figueirense na pandemia

    Coordenador de futebol alvinegro admite redução, mas garante que o assunto será debatido com os colaboradores

    17/04/2020 - 14h08

    Compartilhe

    Kadu
    Por Kadu Reis
    Coordenador de futebol do Figueirense concedeu entrevista no Debate Diário desta sexta-feira
    Coordenador de futebol do Figueirense concedeu entrevista no Debate Diário desta sexta-feira
    (Foto: )

    Os jogadores e a comissão técnica do Figueirense devem ter redução salarial por conta da pandemia de coronavírus, conforme Felipe Gil, coordenador de futebol do clube. Em entrevista ao Debate Diário desta sexta-feira (17), o profissional admitiu a necessidade, mas garantiu que o assunto será discutido antes com os colaboradores. O time teve o período de férias prolongado até o final do mês de abril.

    > Em site especial, saiba tudo sobre o coronavírus

    — Alguma diminuição vai acabar acontecendo. Pode ser feita uma situação geral ou ser estudado caso a caso. Acho que o diálogo faz bem para que consigamos entrar em um denominador comum e assim possamos ter o menor impacto possível — avalia Felipe Gil, coordenador de futebol do Figueirense.

    Ouça o Debate Diário desta sexta-feira (17):

    Em comunicado coletivo publicado em março, os clubes da Série B do Campeonato Brasileiro sinalizaram com uma possível redução de 25% nos salários de atletas e membros de comissão técnica a partir de abril com a manutenção da paralisação. Conforme Felipe Gil, o percentual ainda não está definido. O profissional afirma que o presidente Norton Boppré irá conversar com os colaboradores antes de tomar a decisão.

    — A gente deve ter uma reunião semana que vem com alguns atletas, que representam o grupo, para tentarmos entrar em um denominador comum. Sabemos das dificuldades que todos vão enfrentar. Precisamos organizar essa questão junto com os atletas. O presidente quer ouvir os atletas e a comissão técnica e construir com eles a decisão a ser tomada, que não prejudique o clube e nem os colaboradores — comenta Felipe Gil.

    Além do coordenador de futebol do Figueirense, havíamos anunciado entrevista nesta sexta-feira (17) com o presidente da Federação Catarinense de Futebol, Rubens Angelotti. O contato, no entanto, não foi possível no momento da realização do programa. A sabatina sobre o planejamento para a retomada do estadual será reagendada para a próxima semana.

    Debate Diário em quarentena

    Em função do coronavírus, o Debate Diário está sendo apresentado com todos os participantes em suas casas, com exceção de Roberto Alves, que está em férias. Além disso, o programa tem conversado com personalidades do esporte.

    Confira alguns dos programas anteriores:

    ​Renan Dal Zotto revela que deixa o comando do Taubaté para treinar apenas a seleção brasileira

    Zico fala no Debate Diário sobre coronavírus no Japão e a quarentena no Brasil

    Chefe de arbitragem da CBF explica como um jogador poderá levar dois cartões amarelos e não ser expulso

    Técnico do Figueirense mantém contato à distância com os jogadores na quarentena

    "Não podemos retomar estadual sem saber do Brasileiro", avalia coordenador de futebol do Avaí

    "Haverá um achatamento salarial no futebol", avalia Geninho, no Debate Diário

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas