nsc
nsc

Unicesumar

Profissões do futuro: Conheça os 5 cursos promissores para 2021

Diretora de graduação da Unicesumar aponta cursos de graduação que estão em alta pós-pandemia

18/02/2021 - 09h31 - Atualizada em: 09/03/2021 - 16h37

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Unicesumar
Ingresse em um curso Unicesumar ainda no primeiro semestre e comece a traçar um futuro de sucesso!
(Foto: )

O mercado de trabalho foi um dos setores mais impactados pela pandemia, tanto economicamente – refletindo no aumento do desemprego – quanto nas mudanças da dinâmica das vagas. Enquanto algumas áreas vêm sofrendo com a crise, outras estão se expandindo e se mostrando promissoras neste e nos próximos anos.

Quem deseja ingressar no mercado de trabalho ou tentar uma recolocação profissional deve entender que é extremamente necessário investir em qualificação e em no desenvolvimento das habilidades comportamentais (as chamadas soft skills). O grande desafio é como se destacar em meio à concorrência. E, certamente, um curso de graduação é o primeiro passo para iniciar ou transformar uma carreira profissional de sucesso, assim como escolher o curso certo.

>> EAD: as áreas mais procuradas para ensino a distância

É claro que a escolha de uma profissão deve se pautar em questões pessoais, considerando gostos e habilidades individuais, porém, não se pode desconsiderar o crescimento e o aumento de demanda profissional em determinadas áreas.

A pandemia de Covid-19 provocou um aumento das vagas nos setores de tecnologia e de saúde e bem-estar que já pode ser sentido na alta das matrículas em cursos de graduação nessas áreas.

Segundo dados da quarta maior universidade do país, a Unicesumar, em dois meses, a instituição registrou mais de 600 novas matrículas em cursos na área da saúde e de tecnologia.

• Cursos de saúde, bem-estar e tecnologia preparam profissionais para atuarem em áreas que estão em alta

unicesumar
Cursos de saúde estão em alta
(Foto: )

A valorização das profissões requer qualificação de recursos humanos, e a maioria das funções exige formação específica na área de atuação, conhecimento técnico e prático. Como contrapartida, o mercado oferece as melhores vagas e remunerações.

Para quem vai entrar em breve no mercado de trabalho, quem quer se firmar na profissão ou, ainda para quem pretende dar uma guinada na carreira, Kátia Coelho, diretora de graduação da Unicesumar, destaca os cursos que estão em alta em 2021.

• Terapias Integrativas e Complementares

Unicesumar
O curso também apresenta conhecimentos que contribuem aos tratamentos alopáticos, através do uso de recursos naturais aplicadas nas Práticas Integrativas e Complementares (PICs) que estão inseridas no Sistema Único de Saúde (SUS)
(Foto: )

O curso tem duração de 2,5 anos e forma tecnólogos para atuarem garantindo o bem-estar de pacientes das redes pública e privada de saúde. O curso também apresenta conhecimentos que contribuem aos tratamentos alopáticos, através do uso de recursos naturais aplicadas nas Práticas Integrativas e Complementares (PICs) que estão inseridas no Sistema Único de Saúde (SUS), voltados a harmonia, o equilíbrio e o autoconhecimento de pessoas que passam pelas terapias, atuando na melhora da qualidade de vida física, mental, social e espiritual.

– Cursos da saúde, como nutrição, farmácia e gerontologia são tendências, mas é importante destacarmos a área de bem-estar. Terapias Integrativas e Complementares, por exemplo, é um curso que já vinha em uma crescente aqui na EAD Unicesumar, as terapias têm se popularizado, algumas até são ofertadas pelo SUS. Percebemos que, cada vez mais, as pessoas buscam o bem-estar completo, o equilíbrio. É uma área promissora – garante Kátia Coelho, diretora de graduação da Unicesumar

A graduação em Terapias Integrativas e Complementares está em alta por ser uma profissão que trabalha com recursos naturais para o bem-estar da população e através das comprovações científicas dos benefícios que as PICs trazem para o ser humano. Atualmente, há um aumento da procura das PICs pela sociedade e da oferta no SUS. Isso se deve, também, às incertezas e dúvidas, comuns em tempos de crise, e à necessidade de se buscar tratamentos para combater a ansiedade, o estresse e para fortalecer o sistema imunológico.

• Educação Física

Unicesumar
Educação Física é um dos cursos promissores
(Foto: )

A obesidade e o sedentarismo são problemas globais que têm se intensificado ano após ano. De acordo com dados da PNS (Pesquisa Nacional de Saúde, realizada pelo IBGE) 2019, pessoas com obesidade ou sobrepeso já são a maioria da população brasileira: 96 milhões de pessoas – o que representa 60,3% da população adulta do país – têm excesso de peso. E a obesidade já é considerada um problema de saúde pública, que exige atenção de diferentes profissionais, entre eles, os profissionais de Educação Física.

Mas o excesso de peso não é a única razão do aumento por educadores físicos. Outras mudanças sociais, como o envelhecimento populacional e a necessidade de isolamento em função da pandemia de Covid-19, causam uma redução da mobilidade das pessoas e isso, por sua vez, provoca uma vontade (e ate uma necessidade) de se buscar atividades físicas que tragam mais saúde, bem-estar e qualidade de vida.

– As pessoas nunca quiseram tanto sair de casa para caminhar ou pedalar. A pandemia mostrou o quanto essas atividades são essenciais. Nesse cenário, o profissional de Educação Física voltou a ter um papel fundamental, pois o combate à obesidade e ao envelhecimento precoce, que já era intenso, ganhou ainda mais força – explica Kátia Coelho.

O curso de Educação Física tem duração de quatro anos e forma profissionais aptos para atuarem em escolas, academias, clubes, casas de repouso, clínicas de reabilitação ou como autônomos.

• Gerontologia

Unicesumar
O envelhecimento da população reflete na necessidade de profissionais dessa área
(Foto: )

Outro curso de tecnólogo – com duração de dois anos – que forma profissionais para atuarem em uma área de rápido crescimento é o de Gerontologia.

Segundo o IBGE, em 2060, um em cada quatro brasileiros será idoso. Além envelhecimento da população, não se pode ignorar a mudança do perfil das pessoas idosas, que estão cada vez mais ativas e atuantes socialmente.

Esse cenário exige profissionais mais capacitados, que possam atender a essas pessoas em domicílio, durante um tratamento médico, em instituições de curta e longa permanência, a fim de oferecer, principalmente, tratamentos preventivos, promovendo a saúde e aumentando a expectativa de vida com mais qualidade.

• Psicopedagogia

Unicesumar
Com a pandemia e o crescimento do ensino a distância, esse profissional se tornou ainda mais determinante
(Foto: )

A formação em Psicopedagogia forma profissionais que atuam de maneira preventiva e interventiva em diferentes aspectos da aprendizagem de crianças e adultos em empresas, escolas e hospitais.

Segundo o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-V), entre 5% e 15% de crianças em idade escolar têm algum distúrbio de aprendizagem, e cerca de 40 a 50% das crianças e adolescentes possuem dificuldades de aprendizagem escolar, por isso, o psicopedagogo vem se tornando uma figura tão importante no processo de ensino e aprendizagem.

Com a pandemia e o crescimento do ensino a distância, esse profissional se tornou ainda mais determinante, pois ajuda os alunos a superarem dificuldades escolares e a reduzir o fracasso escolar.

• Ciências de Dados e Análise de Comportamento

Unicesumar
O profissional é responsável por colher, mensurar e transformar os dados em estratégias e ações
(Foto: )

No setor tecnológico, o destaque é o curso de Ciências de Dados e Análise de Comportamento. Hoje, é impossível falar pensar em crescimento dos negócios sem considerar a gestão dos dados (como colher, mensurar e transformar os dados em estratégias e ações). Por isso, os profissionais dessa área estão sendo cada vem mais requisitados. O cientista de dados e de comportamento é capaz de reunir, interpretar e comunicar todas as informações relevantes contidas nos dados armazenados pelas empresas armazenam, e dar a eles valor e relevância.

>> Setor de TI tem crescimento de 310% das vagas no último ano

– O profissional de Ciências de Dados e Análise de Comportamento não fica desempregado! O maior valor de uma empresa está em seus dados. Muitas marcas e lojas que desacreditavam do e-commerce, por exemplo, passaram a realizar vendas on-line depois da pandemia. Por isso, é cada vez mais essencial conhecer o comportamento dos consumidores e analisar os dados que são relevantes para dar insumos para a empresa, e essa é a principal função do cientista de dados – explica Kátia Coelho, diretora de graduação da Unicesumar

A graduação em Ciências de Dados e Análise de Comportamento é um curso que forma tecnólogos e tem duração de dois anos e meio.

Ingresse em um curso Unicesumar ainda no primeiro semestre e comece a traçar um futuro de sucesso!

Leia também

As profissões que não correm o risco de serem substituídas pela inteligência artificial

Conheça a ferramenta que ajuda quem busca oportunidades de trabalho

Investir na carreira profissional abre portas para o mercado de trabalho

Colunistas