nsc
dc

Pandemia

Quem já teve Covid-19 pode tomar a vacina?

Ficou internado ou contraiu a doença? Tire todas as dúvidas sobre a imunização

21/07/2021 - 09h46

Compartilhe

Brenda
Por Brenda Bittencourt
São necessárias algumas precauções na hora da vacinação caso o paciente já tenha contraído o vírus.
São necessárias algumas precauções na hora da vacinação caso o paciente já tenha contraído o vírus.
(Foto: )

A pandemia de Covid-19 mudou o mundo e transformou hábitos. No Brasil já são mais de 19,4 milhões de casos diagnosticados da doença e mais de 544 mil mortes e aí surge a dúvida, com tantos casos positivos para o vírus, quem já teve Covid-19 pode tomar a vacina?

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

A resposta é simples. Não só pode, como deve! No entanto, são necessárias algumas precauções na hora da vacinação caso o paciente já tenha contraído o vírus.

Vale lembrar que a resposta imunológica do organismo de quem já teve coronavírus, levando em consideração a produção de anticorpos, não garante que a pessoa esteja imunizada. Até o momento, os estudos feitos mostram que é necessário sim se vacinar contra o vírus, já que existem outras variantes e a pessoa pode ser reinfectada.

Por isso, listamos abaixo quais são os pontos de atenção para a vacinação de quem já contraiu Covid-19 ficar atento quando for receber a dose do imunizante.

Tempo entre a infecção e a vacinação

A pessoa que contraiu coronavírus precisa dar um intervalo de 30 dias entre o primeiro dia dos sintomas antes do dia da vacinação.

Esse intervalo é importante para que o organismo consiga produzir os anticorpos e a resposta imunológica que se esperar após a vacinação.

> Efeitos colaterais da Pfizer; veja os sintomas mais relatados

Peguei Covid-19 antes de tomar a segunda dose, e agora?

Se a pessoa já tiver tomado a primeira dose da vacina e entre o intervalo solicitado até a aplicação da segunda etapa do imunizante ela contrair coronavírus ela precisará também esperar 30 dias a partir do primeiro dia de sintomas para ser vacinada.

É necessário esperar pelo menos 30 dias desde o início dos sintomas para se vacinar contra a Covid-19
É necessário esperar pelo menos 30 dias desde o início dos sintomas para se vacinar contra a Covid-19
(Foto: )

> Por que vacinas da Covid-19 são jogadas no lixo?

Se isso acontecer, tenho que tomar dose extra?

Não. O esquema vacinal continua normalmente, Mestre em Saúde Pública e Doutora em Enfermagem, Felipa Amadigi. Se a pessoa contrair Covid no intervalo entre as duas doses não será necessária tomar dose extra. No entanto, é necessário que a pessoa que receber a primeira aplicação do imunizante continue mantendo os cuidados de uso de máscara, álcool em gel e distanciamento social

> Efeitos colaterais da Janssen; veja as reações mais relatadas

Fiquei muito tempo com a doença, posso me vacinar?

Sim. Mesmo quem tenha ficado com coronavírus por muito tempo e tenha até ido para a UTI deve tomar a vacina, já que os anticorpos desenvolvidos no organismo pelo vírus não são suficientes para imunizar a pessoa e garantir que ela não seja reinfectada.

Acabei de me recuperar, posso tomar a vacinar?

Não. É necessário esperar pelo menos 30 dias (contados a partir do primeiro dia de sintomas) para receber a vacina.

> Por dentro de um laboratório de produção de vacina

Quem teve coronavírus tem menos efeitos colaterais da vacina?

De acordo com Amadigi, a resposta imunológica e as reações da vacina da Covid-19 vão variar de pessoa para pessoa. Não é só porque uma pessoa já contraiu o vírus que os efeitos colaterais que ela pode sentir serão mais leves do que alguém que não contraiu o vírus.

Vacina contra a Covid-19: tire as dúvidas com especialistas

Leia também

Efeitos colaterais da astrazeneca; veja os sintomas mais relatados

​Efeitos colaterais da CoronaVac; veja as reações mais relatadas​

Conheça os 16 animais mais estranhos e raros vistos em SC

Caso Evandro: o que aconteceu e as teorias do crime da série na Globoplay

Colunistas