nsc
nsc

Meio ambiente

Elefante-marinho é enxotado e assustado por pessoas em Balneário Camboriú; vídeo

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
20/07/2021 - 17h59 - Atualizada em: 21/07/2021 - 06h27
Jovens irritam elefante-marinho em Balneário Camboriú
Jovens irritam elefante-marinho em Balneário Camboriú (Foto: Camboriú News, Reprodução)

Um elefante-marinho que há pelo menos cinco dias descansa na Praia do Coco, em Balneário Camboriú, tem sido alvo constante de importunação por pessoas irresponsáveis, que ultrapassam o isolamento e tentam chegar perto do animal. Um vídeo publicado pelo site Camboriú News mostra o momento em que três pessoas assustam e enxotam o elefante-marinho de volta para a água. Ele demonstra irritação com os ataques.

> Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

As cenas teriam sido gravadas no domingo (18), e mostram o desrespeito com o animal – um gigante dos mares. O fato, no entanto, não é isolado. A insistência de muitas pessoas em se aproximarem do animal levou a prefeitura a fechar a passarela do Pontal Norte, que dá acesso à Praia do Coco e a reforçar a fiscalização. Mas os curiosos continuam saltando a barreira para chegar à praia.

- Nossa guarda e fiscalização estão atentos, só que as pessoas abusam – diz Maria Heloísa Lenzi, secretária de Meio Ambiente de Balneário Camboriú.

> Barco de pesca com 800 quilos de cocaína a bordo é localizado em Itapema

A importunação do animal pode configurar crime, previsto no Código Penal com pena de prisão e multa. Além disso, a secretária alerta que a aproximação pode ser arriscada, já que se trata de um espécime que pesa cerca de uma tonelada:

- O animal é rápido e bruto, pode machucar seriamente uma pessoa – diz. 

> Dizendo-se ameaçado, deputado de SC mostra pistola em entrevista e anda armado até na Alesc

Espetáculo da natureza

O elefante-marinho que descansa em Balneário Camboriú é acompanhado de perto pelo Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), coordenado pela Univali. Uma das hipóteses levantadas em relação ao animal é que se trate do mesmo espécime, jovem e saudável, que permaneceu na região durante alguns dias em 2020, nesta mesma época, e deu show nadando nas águas do Rio Marambaia.

> Como será construído o túnel subaquático que ligará Itajaí e Navegantes

A espécie está em período migratório, quando deixa as colônias no Litoral da Argentina em direção ao Norte. Os elefantes-marinhos costumam parar em praias e costões ao longo da rota, para relaxar e recuperar as energias.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz

Leia também

Teve reação à vacina da Covid-19? Saiba o que fazer​​

Vídeo flagra meteoro do tamanho de uma bola de basquete no céu catarinense​​

Variante Delta: veja a eficácia de cada uma das vacinas da Covid

O que falta para levar Pazuello à cadeia?

Conheça os 16 animais mais estranhos e raros vistos em SC

As diferenças entre as vacinas da Pfizer, Astrazeneca e Coronavac

Nevascas históricas em Santa Catarina; veja fotos e quando aconteceram

Efeitos colaterais da astrazeneca; veja os sintomas mais relatados

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas