nsc
nsc

FESTAS DE OUTUBRO

Ambev sinaliza interesse na disputa pela cervejaria oficial da Oktoberfest Blumenau

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
15/09/2021 - 12h44 - Atualizada em: 15/09/2021 - 12h51
Ambev já participou de edições anteriores da festa
Ambev já participou de edições anteriores da festa (Foto: Lucas Correia, BD)

Nenhuma empresa apresentou proposta para concorrer ao posto de cervejaria oficial da Oktoberfest Blumenau, mas o resultado deserto da licitação nesta quarta-feira (15) não significa total desinteresse do mercado pela festa. Ao menos uma gigante do setor se movimentou nos bastidores nos últimos dias: a Ambev, que participou do evento até 2014 com a Brahma.

> Receba notícias de Blumenau e do Vale pelo WhatsApp

Representantes da companhia chegaram a ir à prefeitura na manhã desta quarta-feira, mas não formalizaram apresentação de proposta. No início do mês, a Ambev solicitou esclarecimentos sobre a licitação – foi a única –, acompanhado de um pedido de impugnação do processo. Na prática, a Ambev contestou algumas exigências previstas na disputa e reivindicou ajustes no edital.

Se elas fossem acatadas, passaria a correr novo prazo para o recebimento das propostas – alongando o certame. O município, no entanto, não concordou com os apontamentos e manteve a data original, esta quarta-feira.

A discórdia

A Ambev alegou que o edital tem “relevante inconsistência, que dificulta a formulação de propostas por eventuais cervejaris interessadas”. O principal ponto de discórdia está na obrigação da construção de um boulevard na Vila Germânica e do Museu da Oktoberfest. A empresa sustentou que uma cervejaria não teria expertise para atender a essas exigências.

> Ambev se movimenta para voltar à Oktoberfest

“As aludidas obrigações de construção dos equipamentos públicos devem constar de edital(is) próprio(s) voltado(s) a selecionar empresas do ramo, ainda que tais empresas possam auferir recursos, a título de patrocínio, com parceiros para financiar os projetos”, escreveu a Ambev.

A empresa também contestou os valores apontados para a construção dos dois espaços. Apresentou três cálculos que sugerem que os investimentos exigidos seriam maiores do que os estabelecidos em edital. A prefeitura considerou os orçamentos superficiais e respondeu que os custos são preliminares e ainda podem sofrer alterações.

Interesse

Mesmo que o pedido de impugnação não tenha sido atendido, os questionamentos feitos pela Ambev – outros pontos incluíram aspectos relacionados à gestão financeira e concorrência com outras cervejarias – são um indicativo do interesse da cervejaria em retornar à Oktoberfest e um sinal de que ela pode voltar ao cenário quando a licitação for relançada. A coluna já havia antecipado esse movimento em 2019, quando uma diretora da companhia esteve em Blumenau para visitar a festa.

Ainda há tempo

Apesar do resultado deserto da licitação desta quarta-feira, o diretor-geral da Vila Germânica, Guilherme Guenther, diz que a prefeitura está tranquila em relação a prazos. Há tempo, avalia ele, de relançar a concorrência sem prejudicar o planejamento da edição da Oktoberfest para 2022. Sobre a Sommerfest, seria possível, considera ele, promover o evento apenas com cervejarias artesanais, caso o processo não esteja resolvido até lá.

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado sobre economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região pelo WhatsApp ou Telegram

Leia também​

Acionistas da Cia. Hering aprovam venda da empresa para o Grupo Soma

WEG compra empresa de 350 funcionários e faturamento de R$ 120 milhões

Blumenau terá novo parque gastronômico no bairro Vila Nova

A semana decisiva para a Oktoberfest Blumenau

Restaurante Seu Porco vai abrir filial em Timbó e prepara rede de franquias​​

Mesmo com 150 funcionários, Câmara de Blumenau vai contratar perícia externa para CPI

Novo gestor do Neumarkt Blumenau sobre a pandemia: "Foi um MBA na prática"

Empresa negocia naming rights da futura Praça da Estação em Blumenau

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas