nsc
dc

Tragédia

Pai de criança morta no ataque a creche em SC chora e desabafa: "Um anjinho"

Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8 meses, foi uma das cinco vítimas do ataque

05/05/2021 - 06h37 - Atualizada em: 05/05/2021 - 11h20

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8 meses
Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8 meses
(Foto: )

O pai de uma das cinco vítimas do ataque a uma creche de Saudades, no Oeste de SC, disse que a família está desolada após a perda de Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8 meses. O crime aconteceu na última terça-feira, quando um jovem de 18 anos entrou no local e desferiu golpes contra crianças e funcionárias.

> Ataque a creche em SC: o que já se sabe sobre crime que deixou 5 mortos

> Receba notícias de Santa Catarina por WhatsApp

Em entrevista ao G1, Leonardo Felipe Fernandes de Barros afirmou que não conhecia o suspeito e que a família ainda não sabe como vai enfrentar o luto após perder a pequena Anna Bela.

— Não tenho palavras para explicar [o que estou sentindo]. Só existe um buraco em nossos peitos que nunca vai sarar — disse.

O pai da criança também recordou bons momentos que passou com a filha. Segundo ele, Anna Bela era carinhosa e meiga com todos.

— Ela é um verdadeiro anjinho. Uma de suas primeiras palavrinhas foi justamente 'carinho', porque ela adorava fazer em todos. Sempre estava correndo e sorrindo. Sempre fazia amizades onde estava — concluiu.

> Cenas de horror e gritos por socorro: professora relata desespero durante ataque a creche em SC

Amigos e familiares lamentam morte prematura

Nas redes sociais da família, parentes e amigos lamentaram a morte prematura da segunda filha do casal. "Meus sentimentos a vocês nesse momento de tamanha dor e sofrimento. Sintam-se fortemente abraçados", escreveu uma amiga da família.

Durante a tarde de terça-feira, moradores de Saudades prestaram homenagens às vítimas com fotos e flores deixadas em frente à creche.

O velório das cinco vítimas é coletivo, segundo a prefeitura, no Parque de Exposições Theobaldo Hermes, onde funciona o ginásio da cidade. No local, uma missa de corpo presente será celebrada as 9 horas na quarta-feira (5).

> Homenagens a vítimas de ataque a creche em SC comovem familiares

Escola Infantil Pró-Infância Aquarela
Autor invadiu a Escola Infantil Pró-Infância Aquarela por volta das 9h30min de terça-feira (4)
(Foto: )

Como foi o ataque

O caso aconteceu na manhã desta terça-feira (4), na Escola Infantil Pró-Infância Aquarela. Segundo a polícia, o autor do atentado desferiu golpes também contra si próprio e foi encaminhado em estado gravíssimo a um hospital em Pinhalzinho, cidade vizinha a Saudades.

De acordo com o delegado Jerônimo Marçal Ferreira, ele invadiu a Escola Infantil Pró-Infância Aquarela e feriu a professora na entrada da unidade. Ela teria então corrido para a sala onde estavam quatro crianças, todas menores de dois anos. As três morreram no local e uma está internada. Além deles, o jovem atacou a agente educadora.

Leia também

> Quem é o autor do ataque a creche em SC que deixou cinco mortos

> Quem era a professora morta em ataque a creche no Oeste de SC

> Identificada funcionária morta em ataque a creche no Oeste de SC

> Fotos mostram resgate após ataque a escola em SC com cinco mortos

> Ataque a creche em SC: "Uma cena de terror", diz secretária de Educação

Colunistas