nsc
    dc

    Especial

    Retrospectiva relembra melhores entrevistas de cultura e comportamento publicadas no NSC Total em 2020

    Patti Smith, Sérgio Britto, Bebel Gilberto e Nikole Hannah-Jones estão entre os entrevistados do ano

    31/12/2020 - 08h04

    Compartilhe

    Por Janaína Laurindo
    Marina
    Por Marina Martini Lopes
    Patti Smith, Sérgio Britto, Bebel Gilberto e Nikole Hannah-Jones estão entre os entrevistados do ano
    Patti Smith, Sérgio Britto, Bebel Gilberto e Nikole Hannah-Jones estão entre os entrevistados do ano
    (Foto: )

    "2020 foi um ano para se reinventar. Longe das redações, precisamos aprender a trabalhar em home office, criar rotinas e espaços em casa para conseguir dar conta das demandas sem nos sobrecarregar. Não foi tarefa fácil para ninguém, foi um desafio. Nesse período foi possível viver experiências nunca antes vividas; para quem trabalha com cultura e entretenimento, um vácuo inicial com vários cancelamentos de shows e eventos, um boom de lives e novas histórias sendo contadas de novas maneiras. Artistas se reinventaram, jornalistas também. Criamos oportunidades para divulgar novos trabalhos e recebemos a oportunidade de conversar com ídolos no conforto de nossas casas, com o cachorro latindo e o vizinho em obra. Por aqui apresentamos nesses últimos 12 meses entrevistas com artistas nacionais e internacionais que nos deram orgulho e satisfação de viver essa profissão.

    Conversar com Bebel Gilberto sobre o álbum que seria, tempos depois, indicado ao Grammy; bater um papo longo com o manezinho Carlos Trilha, que produziu álbuns de Renato Russo; falar com Sérgio Britto sobre a trajetória do Titãs, banda que surgiu antes mesmo que eu tivesse nascido, a qual ouvi incansavelmente na adolescência. Que privilégio! Que privilégio poder dividir isso tudo com outras pessoas. Finalizo esse ano com a sensação de esgotamento, é verdade; mas também com a certeza de que fiz um bom trabalho. Contei boas histórias, aprendi com muitas; e com a certeza que ainda tenho muitos desafios para viver, e que eles parecem muito maiores quando estamos vivendo, depois de superados dão aquela sensação de 'ufa, consegui'."

    *por Janaína Laurindo

    "Pensa no nervosismo que eu senti quando recebi a missão de entrevistar ninguém menos que Patti Smith para a edição do DC, AN e Santa que seria publicada às vésperas do Dia Mundial do Rock, em julho. Nervosismo misturado com empolgação, é claro! Sou apaixonada por música e literatura desde que me conheço por gente, e uma conversa com Patti é uma aula sobre as duas coisas. Foi surreal pegar o telefone, discar o número da casa da artista (!) em Nova York, e ouvir ela atender, com voz suave, do outro lado da linha.

    Não foi a única entrevista do ano que serviu para desenferrujar o inglês: falei ao telefone com o tranquilo Fantastic Negrito, que parece transformar o entrevistador em amigo em cinco minutos de papo; o focado Adrian Quesada, da dupla Black Pumas, que está na lista de indicados ao Grammy de Álbum do Ano agora em 2021; e a jornalista Nikole Hannah-Jones, vencedora do Pulitzer por um projeto multimídia que faz uma revisão da história da escravidão nos Estados Unidos. Por Zoom, conversei também com a fofa e tímida Arlo Parks; a desinibida Greentea Peng; e o eloquente Fran Healy, vocalista do Travis, que me contou tudo sobre o processo de composição do novo disco da banda. E isso só para citar algumas! Quais entrevistas será que vêm por aí em 2021?"

    *por Marina Martini Lopes

    Patti Smith

    Patti Smith foi entrevistada em julho, na semana do Dia Mundial do Rock
    Patti Smith foi entrevistada em julho, na semana do Dia Mundial do Rock
    (Foto: )
    Eu não gosto de ficar em casa, sem contato social, mas eu quero viver uma vida longa e produtiva; então nesse momento eu estou sendo prudente e fazendo o que preciso fazer para sobreviver.

    Leia aqui a entrevista completa com Patti Smith.

    Fantastic Negrito

    Fantastic Negrito conversou com a Itapema em julho
    Fantastic Negrito conversou com a Itapema em julho
    (Foto: )
    O fato de uma música como How Long?, que parece tão atual, tão pontual, não ter sido escrita agora, nem deveria ser surpreendente; porque as coisas de que eu falo na canção não são novidades para os afro-americanos. A polícia ser arbitrariamente violenta contra essa parte dos cidadãos do país não é nada novo. É algo atemporal.

    Leia aqui a entrevista completa com Fantastic Negrito.

    Bebel Gilberto

    A cantora falou sobre a morte dos pais em poucos meses, as decepções no amor, a pandemia, o novo trabalho e os planos para a carreira
    A cantora falou sobre a morte dos pais em poucos meses, as decepções no amor, a pandemia, o novo trabalho e os planos para a carreira
    (Foto: )
    Um cara tá aqui em casa instalando o filtro, mas tá tudo certo. Avisei que ia dar entrevista, disse: 'tu segura aí que eu vou dar uma entrevista'. Ele deve estar lá esperando e pensando 'quem é essa aí?'. Não deve nem fazer ideia de quem eu sou. (risos)

    Leia aqui a entrevista completa com Bebel Gilberto.

    Carlos Trilha

    Aos 50 anos, Carlos Trilha diz viver seu momento mais criativo
    Aos 50 anos, Carlos Trilha diz viver seu momento mais criativo
    (Foto: )
    Quando consegui ficar em pé, acho que a primeira coisa que fiz foi caminhar até uma pianola, um instrumento dos anos 1960, que tinha sido do meu irmão. Lembro de ter tido contato com esse instrumento, sem entender nada obviamente, mas sempre interessado pelo som.

    Leia aqui a entrevista completa com Carlos Trilha.

    Nikole Hannah-Jones

    Repórter do The New York Times desde 2015, Nikole Hannah-Jones se especializou em cobrir o tema da desigualdade social causada por questões raciais nos Estados Unidos
    Repórter do The New York Times desde 2015, Nikole Hannah-Jones se especializou em cobrir o tema da desigualdade social causada por questões raciais nos Estados Unidos
    (Foto: )
    Os Estados Unidos não eram de fato uma democracia quando foram fundados: a maior parte da população não podia votar. Portanto, meu argumento é de que foi a população negra que, por meio da resistência, de fato transformou nosso país em uma democracia.

    Leia aqui a entrevista completa com Nikole Hannah-Jones.

    Adrian Quesada

    Ao lado do cantor Eric Burton, o produtor e multi-instrumentista Adrian Quesada é uma das metades da dupla Black Pumas
    Ao lado do cantor Eric Burton, o produtor e multi-instrumentista Adrian Quesada é uma das metades da dupla Black Pumas
    (Foto: )
    Acho que o Brasil tem muitos compositores incríveis - Caetano Veloso, por exemplo. Gosto de algumas coisas mais antigas, como Som Imaginário; e algumas bandas mais recentes, como Boogarins.

    Leia aqui a entrevista completa com Adrian Quesada.

    Nasi

    A banda lançou um álbum auto-intitulado em 2020
    A banda lançou um álbum auto-intitulado em 2020
    (Foto: )
    Acho que o Ira! tem essa vertente: sabe falar de política sem ser panfletário e de amor sem ser meloso. Às vezes as bandas se dividem muito, ou são só românticas ou então falam só sobre política. E navegamos nisso, porque assim é a vida.

    Leia aqui a entrevista completa com Nasi.

    Sérgio Britto

    Com 38 anos de estrada, os Titãs recusaram o conforto de uma estrada conhecida e se arriscaram no mais recente projeto "Titãs Trio Acústico"
    Com 38 anos de estrada, os Titãs recusaram o conforto de uma estrada conhecida e se arriscaram no mais recente projeto "Titãs Trio Acústico"
    (Foto: )
    Acho que somos uma banda de velhos. O que eu acho é que na nossa juventude a gente fez coisas bem pensadas, então acho que elas não ficaram muito datadas, e continuam tendo esse poder afirmativo que a juventude tem.

    Leia aqui a entrevista completa com Sérgio Britto.

    Arlo Parks

    Arlo Parks é um caldeirão de inspirações que inclui Miles Davis, Arctic Monkeys, poesia dos anos 1970 e filmes do Studio Ghibli
    Arlo Parks é um caldeirão de inspirações que inclui Miles Davis, Arctic Monkeys, poesia dos anos 1970 e filmes do Studio Ghibli
    (Foto: )
    Meu pai sempre amou jazz. Na minha casa sempre estava rolando Miles Davis, Chet Baker, John Coltrane. E minha mãe era obcecada pelo Prince. Eu comecei a descobrir meus próprios ídolos musicais na adolescência. Uma das primeiras bandas pelas quais me interessei de verdade foi Arctic Monkeys.

    Leia aqui a entrevista completa com Arlo Parks.

    Caio Cavechini

    Caio Cavechini dirigiu o documentário "Cercados", do Globoplay
    Caio Cavechini dirigiu o documentário "Cercados", do Globoplay
    (Foto: )
    O jornalismo e a ciência, como formas de conhecimento da realidade, enfrentaram um duplo desafio: lidar com o negacionismo e ajudar as pessoas a se cuidar e as instituições a tomar decisões que protejam o maior número de cidadãos.

    Leia aqui a entrevista completa com Caio Cavechini.

    Fernanda Takai

    Fernanda Takai lançou o álbum "Será que você vai acreditar?" durante a quarentena
    Fernanda Takai lançou o álbum "Será que você vai acreditar?" durante a quarentena
    (Foto: )
    Acho que a arte é uma válvula de escape nesse momento em que está todo mundo apreensivo e todo mundo isolado. Eu como artista me sinto bem produzindo algo novo e dando isso para as pessoas.

    Leia aqui a entrevista completa com Fernanda Takai.

    Moriel

    Moriel Adriano da Costa é um dos manezinhos mais ilustres
    Moriel Adriano da Costa é um dos manezinhos mais ilustres
    (Foto: )
    A galera se identificou com o Dazaranha desde os primeiros momentos. A banda começou a ser um gerador de alegria e a coisa foi crescendo e nós fomos nos responsabilizando por aquele crédito que as pessoas nos deram.

    Leia aqui a entrevista completa com Moriel.

    Fran Healy

    O líder e vocalista do Travis falou sobre o processo de composição do novo álbum da banda, "10 Songs"
    O líder e vocalista do Travis falou sobre o processo de composição do novo álbum da banda, "10 Songs"
    (Foto: )
    Você tem que escavar profundamente até encontrar uma inspiração, uma pequena frase, para então começar a trabalhar a partir dela. Compor é como pescar em um lago enorme onde só há um ou dois peixes - boa sorte tentando encontrá-los.

    Leia aqui a entrevista completa com Fran Healy.

    Gabriel Braga Nunes

    Gabriel Braga Nunes lançou um projeto musical inspirado nos sonetos de Shakespeare
    Gabriel Braga Nunes lançou um projeto musical inspirado nos sonetos de Shakespeare
    (Foto: )
    O interessante dos sonetos é justamente que eles são muito pessoais, autobiográficos: é a parte da obra do Shakespeare que não tem personagens; em que ele fala por si, fala de seus medos, suas paixões, seus amores.

    Leia aqui a entrevista completa com Gabriel Braga Nunes.

    Luiza Possi

    Luiza Possi lançou o clipe da música “Só Seu”, que integra seu último EP acústico, "Microfonado"
    Luiza Possi lançou o clipe da música “Só Seu”, que integra seu último EP acústico, "Microfonado"
    (Foto: )
    Sinto falta do palco como um todo, tenho saudade de conversar e cantar com a plateia, de ver a reação das pessoas. Realmente essa é uma relação que o online nunca vai nos proporcionar, não adianta.

    Leia aqui a entrevista completa com Luiza Possi.

    Humberto Gessinger

    Humberto Gessinger foi até vítima de fake news em 2020, quando boatos sobre sua morte circularam nas redes
    Humberto Gessinger foi até vítima de fake news em 2020, quando boatos sobre sua morte circularam nas redes
    (Foto: )
    O importante para o artista é ficar flexível e atento ao momento. O pessoal da minha geração, muitos estão ficando velhos rançosos, reclamando das novidades; mas assim como algumas coisas ficam mais difíceis, outras se abrem para novas possibilidades.

    Leia aqui a entrevista completa com Humberto Gessinger.

    Greentea Peng

    A cantora britânica contou sobre o período que viveu na América do Sul e explicou o que é o seu "R&B psicodélico"
    A cantora britânica contou sobre o período que viveu na América do Sul e explicou o que é o seu "R&B psicodélico"
    (Foto: )
    Eu tento não ter muitas expectativas sobre as coisas - é assim que eu vivo a vida. Tento não fazer planos com prazos muito longos, porque planos falham. Acho que este ano, especialmente, nos mostrou como tudo pode mudar de repente e desfazer tudo o que planejamos.

    Leia aqui a entrevista completa com Greentea Peng.

    Frejat

    Frejat lançou um álbum de inéditas e um webdocumentário
    Frejat lançou um álbum de inéditas e um webdocumentário
    (Foto: )
    A minha paixão pela música é enorme, eu não imagino parar de fazer isso enquanto eu estiver vivo. É logico que em algum momento eu posso ficar idoso demais para ficar viajando e fazendo show na estrada, mas fazer música e continuar gravando e tocando eu vou até onde puder ir.

    Confira aqui a entrevista completa com Frejat.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Entretenimento

    Colunistas