nsc
nsc

Política

A mais de um ano das eleições, as opções estão sobre a mesa

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
15/08/2021 - 16h30
NSC entrevista os nomes que lideram a corrida pela presidência da República
NSC entrevista os nomes que lideram a corrida pela presidência da República (Foto: Tiago Ghizoni, NSC)

Diversidade, pluralidade de ideias e tolerância às opiniões divergentes são valores fundamentais da democracia – ainda que andem esquecidos nesses tempos de política polarizada e beligerante. É por isso que, faltando mais de um ano para as eleições de 2022, a CBN Diário e o DC entrevistam os nomes que lideram a corrida pela presidência da República.

> Receba as principais informações de Santa Catarina pelo Whatsapp

A ordem das entrevistas e o horário de transmissão levam em conta as agendas dos pré-candidatos. Na largada, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e o ex-presidente Lula (PT) convergiram nas críticas ao governo Bolsonaro e apontaram direcionamentos absolutamente diversos em relação aos demais assuntos.

Doria ainda precisa convencer os tucanos de que é o nome certo para o partido disputar as eleições. Ao responder aos questionamentos durante a entrevista, ele marcou posição em uma visão neoliberal de assuntos como privatizações e programas de assistência como o Bolsa Família. Apesar do discurso mais alinhado à direita, Doria rejeita se posicionar no espectro ideológico – diz estar no centro, mirando no eleitor que está em busca de uma terceira via.

> Doria reforça discurso da terceira via: "Não sou esquerda nem direita"

Já Lula não encontra empecilhos internos. Se quiser ser candidato, será. Mas faz um claro movimento de suavização do discurso. O ex-presidente sabe que seu maior adversário é o antipetismo, e chegou até mesmo a reconhecer erros do PT – ainda que tenha se referido a equívocos internos. Por outro lado, entende que se beneficiaria de uma disputa contra o presidente Jair Bolsonaro. Por isso, evita falar de forma mais enfática contra o impeachment.

> Lula diz que não teme polarização: "O povo vai ter que escolher entre a democracia e o fascismo"

Ao longo das próximas semanas, mais entrevistas estão previstas com os possíveis candidatos. Entre os nomes com quem temos buscado contato estão Luiz Henrique Mandetta (DEM), Ciro Gomes (PDT), Eduardo Leite (PSDB) e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), a quem temos procurado nos últimos meses por meio de interlocutores.

O diálogo fundamental para o exercício democrático. Observar os posicionamentos dos presidenciáveis, fora das “bolhas” das redes sociais, é importante para que o eleitor catarinense conheça as opções que estão sobre a mesa e faça a escolha que considerar adequada.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz

Leia também

Teve reação à vacina da Covid-19? Saiba o que fazer​​

Vídeo flagra meteoro do tamanho de uma bola de basquete no céu catarinense​​

Variante Delta: veja a eficácia de cada uma das vacinas da Covid

O que falta para levar Pazuello à cadeia?

Conheça os 16 animais mais estranhos e raros vistos em SC

As diferenças entre as vacinas da Pfizer, Astrazeneca e Coronavac

Nevascas históricas em Santa Catarina; veja fotos e quando aconteceram

Efeitos colaterais da astrazeneca; veja os sintomas mais relatados

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas