nsc

    Futebol

    Debate Diário analisa chance de retorno do Catarinense em momento de liberação de atividades em SC

    Proposta feita pela Federação Catarinense de Futebol é avaliada pelo Governo do Estado

    22/04/2020 - 13h38

    Compartilhe

    Kadu
    Por Kadu Reis
    Proposta dos clubes catarinenses é retornar aos treinos e jogos em maio
    Proposta dos clubes catarinenses é retornar aos treinos e jogos em maio
    (Foto: )

    Em semana de liberação de atividades em Santa Catarina, o Governo do Estado avalia a petição entregue pela Federação Catarinense de Futebol solicitando permissão para retomada da disputa do estadual. A proposta está em análise pelo poder executivo e pode ser respondida ainda nesta semana. O tema foi discutido no Debate Diário desta quarta-feira (22), que continua no ar durante a pandemia de coronavírus com participações remotas.

    > Em site especial, saiba tudo sobre o coronavírus

    — O próprio Governo do Estado se colocou em uma condição de ter que analisar, porque outras liberações já ocorreram. O protocolo enviado pelo futebol de Santa Catarina é um diferencial. Ele tem cinco etapas diferentes de processos, desde o retorno aos treinos até a retomada dos jogos. Talvez alguns clubes tenham dificuldades financeiras de cumprir, mas é aí que tem de entrar a associação dos clubes — afirma Rodrigo Faraco.

    Ouça o Debate Diário desta quarta-feira (22):

    O Governo do Estado confirmou o recebimento da petição para o retorno do futebol catarinense e pode responder a solicitação nesta semana. Detalhados pelo médico Luis Fernando Funchal, os documentos trazem uma série de regras para que os clubes possam retomar suas atividades. As férias de atletas e comissões técnicas vão até o final de abril e a ideia é reiniciar os treinamentos a partir de primeiro de maio.

    — Depois da documentação que a Federação encaminhou ao Governo do Estado, o que é esperado é uma avaliação técnica e criteriosa sobre a possibilidade de retorno. Alguns setores já retornaram com avaliação da margem de risco. Agora entra o futebol. Se voltar em 16 de maio, serão dois meses, tempo semelhante à paralisação durante a gripe espanhola. Mas é preciso aguardar a evolução — observa Paulo Branchi.

    Debate Diário em quarentena

    Em função do coronavírus, o Debate Diário está sendo apresentado com todos os participantes em suas casas, com exceção de Roberto Alves, que está em férias. Além disso, o programa tem conversado com personalidades do esporte.

    Confira alguns dos programas anteriores:

    Funchal afirma que não há casos confirmados de coronavírus no futebol catarinense

    "Alguma diminuição vai acabar acontecendo", afirma Felipe Gil sobre salários do Figueirense na pandemia

    ​​Renan Dal Zotto revela que deixa o comando do Taubaté para treinar apenas a seleção brasileira​

    Zico fala no Debate Diário sobre coronavírus no Japão e a quarentena no Brasil​ ​Chefe de arbitragem da CBF explica como um jogador poderá levar dois cartões amarelos e não ser expulso​

    ​Técnico do Figueirense mantém contato à distância com os jogadores na quarentena​ "Não podemos retomar estadual sem saber do Brasileiro", avalia coordenador de futebol do Avaí​

    ​"Haverá um achatamento salarial no futebol", avalia Geninho, no Debate Diário​

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas