A gestão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e da governadora em exercício, Daniela Reinehr (sem partido), que assumiu a chefia do governo de Santa Catarina, em 27 de outubro, foram avaliadas pelos criciumenses em pesquisa do Instituto Paraná de Pesquisas, contratada pela NSC Comunicação e divulgada nesta quarta-feira, 11 de novembro.

Continua depois da publicidade

> Em Criciúma: Clésio Salvaro sustenta favoritismo na disputa pela prefeitura

Bolsonaro teve 48,3% de aprovação em Criciúma, enquanto que as duas semanas de trabalho de Daniela foram avaliadas como regular pela maioria dos entrevistados.

A pesquisa foi realizada entre 6 e 9 de novembro de 2020 e entrevistou 640 eleitores de Criciúma por telefone, devido à pandemia de coronavírus. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos. O índice de confiança, a probabilidade de os resultados retratarem o atual cenário eleitoral, é de 95%.

> Avião presidencial faz pouso no aeroporto de Chapecó

Continua depois da publicidade

A primeira pergunta feita aos eleitores foi sobre a gestão de Bolsonaro na Presidência.

Entre os entrevistados, 48,3% consideram ótimo ou bom o trabalho do presidente, enquanto 22,2% consideraram ruim ou péssimo. Outros 27,8% acharam a atuação de Bolsonaro regular e um grupo de 1,7% não souberam ou não responderam.

> Bolsonaro esteve em Florianópolis em evento com aglomeração no começo de novembro

A pergunta seguinte foi sobre a gestão da governadora em exercício, Daniela Reinehr, que chefia o Estado há exatos 14 dias, desde que Carlos Moisés (PSL) foi afastado do cargo por decisão do tribunal de julgamento, que julgará o primeiro pedido de impeachment do governador eleito.

> Cidades de SC adotam rodízio de abastecimento de água por conta da estiagem

As duas primeiras semanas como chefe do Estado renderam a Daniela 19,6% de aprovação em Criciúma e 12,9% de rejeição. Outros 29,3% dos entrevistados consideraram a gestão da governadora em exercício regular e 38,4% dos eleitores ouvidos não souberam ou não quiseram opinar.

Outras duas pesquisas a pedido da NSC já foram realizadas em novembro avaliando a gestão de Jair Bolsonaro e a administração estadual. A pesquisa Ibope trouxe as impressões dos eleitores de Florianópolis, onde Bolsonaro tem 53% de reprovação. O levantamento do Instituto Paraná de Pesquisas ouviu os eleitores de Chapecó, que têm posição oposta aos moradores da Capital: 50,6% aprovam a atuação do presidente.

Continua depois da publicidade

Veja mais pesquisas

Pesquisa em Chapecó: 50,6% aprovam Bolsonaro; Daniela Reinehr tem avaliação regular

Pesquisa Ibope: cresce reprovação a Bolsonaro em Florianópolis; prefeito Gean é elogiado por 66%

Eleições 2020: confira as pesquisas em Florianópolis, Criciúma, Chapecó, Blumenau e Joinville

FICHA TÉCNICA

Período avaliado: entre 6 e 9 de novembro de 2020

Amostra: 640 eleitores

Método: a pesquisa foi feita por telefone, devido à pandemia da Covid-19

Margem de erro: a máxima estimada é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos

Nível de confiança: 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral.

Solicitante: pesquisa contratada por NSC Comunicação

Registro no TSE: sob o número SC-05987/2020

Destaques do NSC Total