nsc

    Entrevista

    "Fui enganado", diz Milton Cruz sobre a Elephant no Figueirense

    Ex-técnico alvinegro concedeu entrevista ao Debate Diário relembrando passagem por Florianópolis

    23/04/2020 - 14h19

    Compartilhe

    Kadu
    Por Kadu Reis
    Milton Cruz relembra passagem pelo Figueirense no Debate Diário
    Milton Cruz relembra passagem pelo Figueirense no Debate Diário
    (Foto: )

    O técnico Milton Cruz relembrou a passagem pelo Figueirense em entrevista ao Debate Diário desta quinta-feira (23). Comandante alvinegro no título estadual de 2018, o profissional relembrou os 13 meses de trabalho em Florianópolis. O treinador afirma ter sido enganado pelo projeto da empresa Elephant e revelou que ainda aguarda o pagamento de parte dos salários da passagem no clube.

    > Em site especial, saiba tudo sobre o coronavírus

    — Fui enganado. Joguei fora e era comum as empresas tocarem os clubes, ou haverem donos. Quando aconteceu esse processo achei fantástico, pensei que as coisas dariam certo. Sempre reunia os jogadores e pedia calma sobre os atrasos. Dava minha cara a tapa. Fui na boa fé, mas no fim não deu nada certo. O aporte nunca chegou e ficamos esperando. As coisas só não ficaram ruins antes porque seguimos na Copa do Brasil e isso segurou financeiramente por um tempo — lembra.

    Ouça o Debate Diário desta quinta-feira (23):

    Milton Cruz chegou ao Figueirense em agosto de 2017. Com uma sequência de vitórias no Orlando Scarpelli, o profissional auxiliou na manutenção do clube na Série B após 19 rodadas na zona de rebaixamento. No início da temporada seguinte conquistou o Campeonato Catarinense com vitória sobre a Chapecoense na decisão. Quando perguntado se ainda tem valores em haver junto ao clube, o técnico foi enfático.

    — Tem e não é pouco não. Eu não gosto disso de colocar na Justiça, sempre tento acordo, mas até agora não houve. Fiquei mais de um ano e recebi cinco meses — garante.

    Em meio à paralisação do futebol sem contrato com nenhum clube, Milton Cruz tem um projeto voltado a futuros atletas e familiares. Na página @segredodosjogadores, no Instagram, o treinador dá dicas sobre o processo de formação e o relacionamento dos empresários com jogadores. Profissional da bola, o treinador também vive a incógnita de quando será o momento de retorno das competições.

    — Dizem que tem que terminar os campeonatos no campo. Mas porque tem que terminar? Há questões mais importantes, não podemos arriscar vidas. Sei que é ruim para todo mundo. É ruim não haver jogos, o futebol é muito legal. Vai voltar, mas não se sabe quando — comenta.

    Debate Diário em quarentena

    Em função do coronavírus, o Debate Diário está sendo apresentado com todos os participantes em suas casas, com exceção de Roberto Alves e Chico Lins, que estão em férias. Além disso, o programa tem conversado com personalidades do esporte.

    Confira alguns dos programas anteriores:

    Debate Diário analisa chance de retorno do Catarinense em momento de liberação de atividades

    Funchal afirma que não há casos confirmados de coronavírus no futebol catarinense

    "Alguma diminuição vai acabar acontecendo", afirma Felipe Gil sobre salários do Figueirense na pandemia

    ​​Renan Dal Zotto revela que deixa o comando do Taubaté para treinar apenas a seleção brasileira​

    Zico fala no Debate Diário sobre coronavírus no Japão e a quarentena no Brasil​ ​Chefe de arbitragem da CBF explica como um jogador poderá levar dois cartões amarelos e não ser expulso​

    ​Técnico do Figueirense mantém contato à distância com os jogadores na quarentena​ "Não podemos retomar estadual sem saber do Brasileiro", avalia coordenador de futebol do Avaí​

    ​"Haverá um achatamento salarial no futebol", avalia Geninho, no Debate Diário​

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas