nsc
    nsc

    Convenções

    Kleinübing disputará as Eleições 2020 com vantagens e desgastes de já ter governado

    Compartilhe

    Evandro
    Por Evandro de Assis
    03/09/2020 - 17h10 - Atualizada em: 22/09/2020 - 13h57
    Experiência como prefeito ajuda Kleinübing a pular etapas na campanha, mas também expõe pontos vulneráveis
    Experiência como prefeito ajuda Kleinübing a pular etapas na campanha, mas também expõe pontos vulneráveis (Foto: Divulgação)

    Confirmado candidato do Democratas à prefeitura de Blumenau nas Eleições 2020, João Paulo Kleinübing larga com a vantagem de ser mais conhecido que a maioria dos adversários e o desgaste de já ter governado por oito anos. Sem mandato após a derrota em 2018, quando concorreu a vice-governador, ele põe a carreira à prova na cidade que o projetou.

    > Quer receber as notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp? Clique aqui e entre no grupo do Santa.

    O ex-prefeito candidato posiciona-se diante do eleitorado como um gestor experiente para liderar a cidade no pós-pandemia. Lembrará dos corredores de ônibus, da ampliação do Hospital Santo Antônio e da reação à tragédia de 2008 para propor soluções a crises agravadas pela Covid-19.

    Não perderá oportunidades de citar feitos da gestão 2005-2012, nem de acariciar a memória afetiva do eleitor mais antigo, que já votou no pai, Vilson (prefeito de 1989 a 1990), e no filho.

    Kleinübing estará acompanhado dos parceiros que sempre formaram o núcleo duro de sua base de apoio: PP e PSD — partido que ele próprio ajudou a criar antes de retornar ao DEM, em 2018. São expoentes da política tradicional, ou do que parte do eleitorado passou a chamar de "velha política". O empresário e novato em eleições Ronaldo Baumgarten (PSD) tem o papel de equilibrar o perfil da chapa.

    Se a experiência anterior como prefeito ajuda a pular etapas no contato com os eleitores, também expõe pontos vulneráveis. Não faltarão citações à Operação Tapete Negro, desencadeada nos estertores do governo, em 2012. A investigação expôs um emaranhado de condutas inadequadas, para dizer o mínimo, por parte de assessores e vereadores da base governista, alguns deles próximos do então prefeito. Inocentado pela Justiça, Kleinübing terá de conviver com transcrições de conversas gravadas à época, prato cheio para os grupos de Whatsapp.

    O episódio manchou a última impressão do governo, mas não influenciou a eleição para deputado federal, em 2014. Derrotado nas urnas quatro anos depois, submeteu-se a um purgatório político, assessorando o senador Esperidião Amin (PP), em Brasília. A eleição municipal é a oportunidade de recompor a carreira.

    João Paulo Kleinübing venceu duas eleições para prefeito em turno único — em 2004 não havia previsão de segundo turno. Agora, é um dos favoritos para chegar à fase decisiva. Qualquer coisa diferente disso será entendida como desastre.

    Os candidatos

    A coluna abordará todos os candidatos a prefeito de Blumenau nas próximas semanas, conforme forem oficializados pelas convenções partidárias. Confira abaixo outro texto da série.

    > Odair Tramontin é a novidade das Eleições 2020 em Blumenau, mas terá de enfrentar contradições

    > Jairo Santos foi do PSTU ao bolsonarismo e agora mira a prefeitura de Blumenau

    > Wanderlei Laureth entra como franco-atirador nas Eleições 2020, mas pode soar folclórico

    > Candidato do bolsonarismo nas Eleições 2020, Ricardo Alba precisa provar que está pronto para governar

    > Débora Arenhart vai enfatizar a educação nas Eleições 2020, com o desafio de superar a inexperiência

    > Ivan Naatz precisará conciliar o discurso de "nova política" com o próprio histórico

    > Mário Hildebrandt põe à prova um governo e a capacidade de atrair votos

    > João Natel oferece moderação às Eleições 2020, mas corre o risco de passar despercebido

    > Mário Kato representa a renovação da esquerda em uma cidade avessa a comunismo

    > Ana Paula Lima luta para reverter o encolhimento do PT em Blumenau

    > Geórgia Faust defenderá a inclusão nas Eleições 2020, com estrutura que limita ambições

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas