nsc
nsc

Convenções

Eleições 2020: Jairo Santos foi do PSTU ao bolsonarismo e agora mira a prefeitura de Blumenau

Compartilhe

Evandro
Por Evandro de Assis
18/09/2020 - 15h54
Candidato concorreu a vereador quatro vezes por três partidos diferentes
Candidato concorreu a vereador quatro vezes por três partidos diferentes (Foto: Divulgação)

Jairo Vieira dos Santos traz para os holofotes da eleição municipal uma trajetória política insólita. O jovem que em 2004 começou a carreira política no PSTU, um partido de extrema-esquerda, hoje quer ser prefeito de Blumenau pelo PRTB, legenda do vice-presidente Hamilton Mourão. É o 12º candidato nas Eleições 2020, uma amostra do que o multipartidarismo à brasileira pode produzir.

Desde a primeira a candidatura a vereador pelo PSTU, quando recebeu 726 votos, Jairo consolidou algum capital político. Em 2008, recebeu 531 votos pelo DEM. Quatro anos mais tarde, no PSDB, foram 698, e em 2016, 1.346. Caso mantivesse o crescimento num partido maior, passaria a ser um concorrente sério à Câmara de Vereadores. No nanico PRTB, porém, a ambição é outra.

Entre a ditadura do proletariado e a ordem unida, o candidato envolveu-se com missões mais imediatas. Trabalhou como educador social no Centro POP, que atende moradores em situação de rua do município, foi agente prisional e dirigiu o Presídio Regional de Blumenau, de onde foi afastado em 2011. Também coordenou a Praça do Cidadão da prefeitura.

Natural de Curitibanos, como migrante ele vivenciou as dificuldades que famílias vulneráveis enfrentam em Blumenau. Por outro lado, as experiências no serviço público devem ajudar o candidato a defender seus pontos de vista durante a campanha. Jairo terá a seu lado o candidato a vice Fábio Alvacyr (PRTB).

Sem muito tempo na TV e quase nenhuma estrutura partidária no município, Jairo Santos disputa a prefeitura de Blumenau como azarão. O maior desafio será fazer o eleitor considerar a sério uma chapa até aqui praticamente incógnita.

Os candidatos

A coluna abordou todos os candidatos a prefeito de Blumenau oficializados pelas convenções partidárias. Confira abaixo outros textos da série.

> Odair Tramontin é a novidade das Eleições 2020 em Blumenau, mas terá de enfrentar contradições

> Kleinübing disputará as Eleições 2020 com vantagens e desgastes de já ter governado

> Wanderlei Laureth entra como franco-atirador nas Eleições 2020, mas pode soar folclórico

> Candidato do bolsonarismo nas Eleições 2020, Ricardo Alba precisa provar que está pronto para governar

> Débora Arenhart vai enfatizar a educação nas Eleições 2020, com o desafio de superar a inexperiência

> Ivan Naatz precisará conciliar o discurso de "nova política" com o próprio histórico

> Mário Hildebrandt põe à prova um governo e a capacidade de atrair votos

> João Natel oferece moderação às Eleições 2020, mas corre o risco de passar despercebido

> Mário Kato representa a renovação da esquerda em uma cidade avessa a comunismo

> Ana Paula Lima luta para reverter o encolhimento do PT em Blumenau

> Geórgia Faust defenderá a inclusão nas Eleições 2020, com estrutura que limita ambições

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Mais colunistas

    Mais colunistas