nsc
nsc

Amamentação

Conheça as fases do leite materno

Compartilhe

Carol
Por Carol Bandeira
16/08/2021 - 12h53
O leite materno tem pelo menos três fases diferentes
O leite materno tem pelo menos três fases diferentes (Foto: Banco de imagens)

Aproveitando o mês do Agosto Dourado que enfatiza a importância do aleitamento materno e da rede de apoio para as mamães amamentar , trouxe esse assunto muito importante para você entender um pouco mais sobre as diferentes fases do leite materno.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

A amamentação tem muitos benefícios, como reduzir o risco de doenças, além de estimular o desenvolvimento físico e cognitivo do bebê e adaptar a colonização adequada do intestino. Na primeira hora ou melhor a “ golden hour – hora dourada” é o um momento de muita conexão com a mãe e o bebê, onde o bebê sente o cheiro da mãe, sua temperatura e é amamentado pela primeira vez .

Esse é o momento mais importante da amamentação , onde o bebê recebe o leite materno pela primeira vez , o colostro, a primeira vacina , protegendo o bebê de infecções. Porém ao contrário do que muita gente pensa, o leite da mãe não é igual o tempo todo.

Nesse primeiro mês de vida do bebê ele muda constantemente, sofrendo alterações durante todo o período de amamentação para se adaptar às necessidades da criança. Existem três fases do leito materno que explico melhor logo abaixo.

Fases do Leite Materno

Colostro

Esse é o primeiro leite produzido pela mãe, entre o 1° e o 5° dia após o parto. É um líquido mais transparente ou amarelo, que é rico em proteínas. Também possui alta concentração de imunoglobulinas, o que faz com que tenha um papel de destaque para a imunidade do recém-nascido.

Leite de transição

A quantidade de leite aumenta entre o 6° e o 15° dia após o nascimento do bebê. E sua composição também é alterada: ele se torna mais rico em gorduras e nutrientes que contribuem para o desenvolvimento e o crescimento da criança.

> Como vestir o bebê no inverno? Veja dicas de ouro

Leite maduro

É o leite que alimentará o bebê do 15° dia em diante. Ele contém todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento físico e cognitivo da criança.

Orientação da OMS

É importante lembrar que a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda o aleitamento exclusivo nos 6 primeiros meses de vida, podendo ser prolongado até os 2 anos ou mais.

> Leite de vaca, fórmula infantil e composto lácteo: qual a melhor opção para criança?

E para você nunca esquecer e não dar ouvido aos pitacos, leite materno não é fraco. Incentive uma mãe a amamentar.

Gravidez e Covid-19, tudo o que você precisa saber

Você também pode querer ler

Combinação de vacinas contra a Covid-19: tudo que você precisa saber

Quanto vale uma medalha de ouro?

Corrida de bandeja? Veja esportes que brasileiros seriam medalha de ouro

Saiba se atletas olímpicos podem beber álcool e entenda mais sobre

O que é o gesto de protesto no pódio das Olimpíadas

Cobra d’água: tudo que você precisa saber sobre

Cobra de jardim: o que tem por trás da espécie

Tem para todos os gostos: descubra os tipos de cogumelos

Pode beber depois de tomar a vacina da Covid?

Como recuperar o paladar depois da Covid

Se nunca ouvir falar, agora vai: saiba o que pansexualidade

Heterofobia existe? Entenda mais sobre o tema

Descubra tudo sobre os tornados em SC

Famosos formados em cursos bem curiosos e bizarros

Já queremos 2022: veja os grupos da Copa do Mundo 

Reinfectados por Covid: veja quem são os famosos que pegaram o vírus duas vezes

Sexo em público é crime? Entenda a sentença

Precisa renovar a CNH? Confira as datas

Bolsa Família 2021; confira o calendário

Semana com apenas 4 dias? Saiba como trabalhar menos e ganhar mais

Carol Bandeira

Colunista

Carol Bandeira

Mãe de 3, especialista e uma das referências no país em nutrição materno-infantil. É empreendedora, docente e pesquisadora. Ajuda pais e nutricionistas a nutrir com amor as futuras gerações.

siga Carol Bandeira

Carol Bandeira

Colunista

Carol Bandeira

Mãe de 3, especialista e uma das referências no país em nutrição materno-infantil. É empreendedora, docente e pesquisadora. Ajuda pais e nutricionistas a nutrir com amor as futuras gerações.

siga Carol Bandeira

Mais colunistas

    Mais colunistas