nsc
dc

Drogas

O que é antidoping: conheça o exame que pode tirar atletas de jogos

Jogadora da seleção brasileira de Vôlei foi eliminada das competições após ser pega no exame que constatou uma possível dopagem

06/08/2021 - 09h46 - Atualizada em: 06/08/2021 - 13h42

Compartilhe

Brenda
Por Brenda Bittencourt
Exame de antidoping é feito para descobrir se o atleta fez uso de substâncias ilícitas
Exame de antidoping é feito para descobrir se o atleta fez uso de substâncias ilícitas
(Foto: )

Atletas podem ser eliminados de competições se forem pegos no antidoping. O exame é feito nos competidores para checar se existe algum tipo de dopagem específica que altere o organismo dos atletas e não permita uma competição igualitária.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Nas Olimpíadas de Tóquio 2020, a jogadora da seleção brasileira de Vôlei foi eliminada das competições após ser pega no exame que constatou uma possível dopagem, o Comitê Olímpico Internacional investiga o caso. Situações como essa podem deixar os atletas sem medalha em competições individuais.

Os controles antidoping ajudam a manter a integridade dos esportes, garantindo que os atletas pratiquem as atividades de maneira saudável e não trapaceiem. Mas o que de fato é o doping e o antidoping e quais são as consequências para os atletas que são pegos nesse exame? Continue lendo e entenda mais sobre o caso.

> O que é ostarina, substância encontrada no antidoping que tirou atleta brasileira das Olimpíadas

O que é doping

O doping é caracterizado pela utilização de substâncias não naturais ao corpo como forma de melhorar o desempenho de forma artificial. Em grande parte do tempo, o doping é realizado por pessoas que querem potencializar o rendimento, agilidade, força ou perda de peso.

Em 1967, o Comitê Olímpico Internacional (COI) formou uma comissão específica para conseguir classificar, controlar e proibir as substâncias utilizadas, aplicando as devidas punições. Atualmente, as substâncias proibidas são divididas em 5 grupos principais:

Narcóticos;

Agentes anabolizantes;

Estimulantes;

Diuréticos;

Hormônios.

> Olimpíadas 2021: quais são os países participantes

O que é antidoping

Basicamente, o teste antidoping analisa se o atleta está utilizando substância ilícitas citadas acima para competir.

Ou seja, esse tipo de substância não pode, em hipótese alguma, comprometer a saúde ou dar algum tipo de vantagem em competições esportivas para os atletas, podendo causar também consequências como a eliminação da competição.

O que é um teste antidoping

O teste é utilizado para descobrir se um atleta está utilizando a substância ilícita. Ele é feito com urina, aproximadamente 65 mL, já que é através dela que são eliminadas substâncias tóxicas ao organismo.

Para fazer o exame, o atleta é encaminhado ao controle de doping, lá ele fará a coleta da urina na presença de um responsável do evento de mesmo sexo, para que não haja fraude na coleta.

Coleta de urina é feita para encontrar substâncias ilícitas no corpo dos atletas
Coleta de urina é feita para encontrar substâncias ilícitas no corpo dos atletas
(Foto: )

No ato da coleta são analisados o pH e o volume da amostra, que depois é transferida para dois recipientes: prova e contraprova e enviada ao laboratório olímpico.

Todos os exames são realizados por pessoas especialmente treinadas e credenciadas para o controle de doping. O profissional responsável por realizar o exame antidoping ou acompanhante notifica o atleta sobre a seleção para o teste e informa-o de seus direitos e responsabilidades.

> Confira o quadro de medalhas das Olimpíadas Tóquio 2020

Cada atleta deve então assinar a seção de notificação do relatório do teste, confirmando que o teste foi notificado a ele.

Consequências para o atleta pego no antidoping

De acordo com o Comitê Olímpico do Brasil (COB), quando é encontrada uma substância proibida na urina ou sangue do atleta olímpico, o laboratório de análise emite um laudo de resultado analítico adverso. Isso porque, a presença da substância pode ser devido a uma autorização de uso terapêutico (AUT).

No entanto, caso o atleta não possua uma autorização válida para a substância que foi encontrada na amostra, ele deverá responder por uma violação da regra antidoping. A autoridade de gestão do resultado notifica o esse atleta e aguarda sua explicação.

O competidor terá três alternativas: poderá concordar com o resultado e aceitar a punição proposta pela autoridade de gestão de resultados, concordar com o resultado e pedir que seja julgado por um Tribunal, ou então, poderá, também, discordar do resultado e solicitar a análise da amostra B.

> Olimpíadas 2021: veja quais são as modalidades

No Brasil, os casos de doping são encaminhados pela Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), ao Tribunal Antidopagem (TJ-AD). Este será responsável por conduzir todo o julgamento.​

O atleta olímpico terá direito a ampla defesa, e poderá recorrer da decisão no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), última instância de julgamento dos casos no mundo do esporte, localizado na cidade de Lausanne, na Suíça.

As punições para atletas que foram pegos no exame antidoping variam desde uma simples advertência até 4 anos de suspensão, caso essa seja a primeira vez. Se o atleta for pego no exame pela segunda vez, ou seja, não for primário e tiver sofrido sanções por outras violações da regra, sua pena pode ser dobrada.

> Rebeca conquista ouro no salto na ginástica artística das Olimpíadas de Tóquio

Para casos mais graves ou reincidentes, o atleta ou equipe de apoio ao atleta envolvidos na violação da regra antidoping, poderão ser banidos do esporte. Enquanto cumprir a suspensão por doping, o atleta não poderá realizar qualquer atividade ligada ao esporte durante esse período. Para muitos, isso pode significar o fim da carreira.

Além do tempo de suspensão, o desgaste que o exame positivo para doping representa para a imagem do atleta é incalculável. Isso inclui a perda de medalhas e títulos, perda de resultados, devolução de premiações e quaisquer benefícios que foram conquistados sob a influência do doping.

> Bruno Fratus conquista medalha de bronze nos 50m livre na natação em Tóquio

Além disso, a imagem do atleta passa a ser associada a trapaça, corrupção e imoralidade no esporte, fatores que resultam no afastamento de patrocinadores e fãs. Além disso, o custo de um processo, a contratação de advogados e especialistas para realizar uma defesa para o atleta, em muitos casos, acaba consumindo todo o patrimônio e reservas financeiras que foram conquistadas durante toda a carreira.

Ainda que o efeito esperado ao consumir substâncias proibidas seja aumentar sua performance, acelerar a recuperação de uma lesão, melhorar o desempenho em uma prova, ou aperfeiçoar determinadas habilidades, nada disso livra o atleta de outros riscos, incluindo o de morte devido ao mal uso de substâncias.

Em muitos casos, os efeitos indesejados não podem ser controlados, afinal, não existe uma dose de segurança, mesmo quando falamos de substâncias aprovadas para uso em humanos.

Isso porque, estes medicamentos são destinados a pessoas com alguma doença ou deficiência, e não foram desenvolvidos para uso em pessoas saudáveis. Por isso, as consequências podem ser devastadoras na vida do atleta.

> Medalhas de ouro não são de ouro? Do que são feitas as medalhas das Olimpíadas 2020

Tudo sobre Olimpíadas 2020

Você também pode querer ler

Quanto vale uma medalha de ouro?

Corrida de bandeja? Veja esportes que brasileiros seriam medalha de ouro

Saiba se atletas olímpicos podem beber álcool e entenda mais sobre

O que é o gesto de protesto no pódio das Olimpíadas

Cobra d’água: tudo que você precisa saber sobre

Cobra de jardim: o que tem por trás da espécie

Tem para todos os gostos: descubra os tipos de cogumelos

Pode beber depois de tomar a vacina da Covid?

Como recuperar o paladar depois da Covid

Se nunca ouvir falar, agora vai: saiba o que pansexualidade

Heterofobia existe? Entenda mais sobre o tema

Descubra tudo sobre os tornados em SC

Famosos formados em cursos bem curiosos e bizarros

Já queremos 2022: veja os grupos da Copa do Mundo 

Reinfectados por Covid: veja quem são os famosos que pegaram o vírus duas vezes

Sexo em público é crime? Entenda a sentença

Precisa renovar a CNH? Confira as datas

Bolsa Família 2021; confira o calendário

Semana com apenas 4 dias? Saiba como trabalhar menos e ganhar mais

Colunistas