nsc
hora_de_sc

Pode?

Macaco sagui de estimação: conheça o animal silvestre e os cuidados

Considerado silvestre, o macaco sagui só pode ser adquirido por portador de documentação específica. Todo cuidado é pouco pra não adquirir o animal, ilegalmente.

11/08/2021 - 06h58

Compartilhe

Redação
Por Redação Hora
Inteligente e brincalhão, o macaco sagui é alvo fácil do tráfico ilegal de animais
Inteligente e brincalhão, o macaco sagui é alvo fácil do tráfico ilegal de animais
(Foto: )

Difícil não se render aos encantos de um macaco sagui. Um bichinho brincalhão, de pequeno porte, que atrai a atenção de crianças e adultos. O sagui é um primata que vive nas árvores e pertence ao gênero Callithrix, composto por mais de 40 espécies no mundo.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

O macaco sagui possui hábitos diurnos. Dificilmente desce ao solo, vive na copa e nos galhos intermediários das árvores e nesses lugares é que também descansa. Viver no alto o afasta do perigo, já que são presas fáceis.

Seu menu alimentar é bastante variado. Alimenta-se basicamente de insetos, moluscos, filhotes de aves e de mamíferos, pequenos lagartos, anfíbios, ovos, sementes, frutas e flores, entre outros achados na mata.

Um comportamento habitual bastante interessante dos saguis é a catação social. Isso ocorre quando, entre eles, afagam os pelos e a pele buscando parasitas como piolhos. Outro destaque entre os macacos saguis é a vocalização.

Eles se comunicam por meio de 13 sinais acústicos, como gritos muito altos. E, também, assobios agudos, principalmente quando os macacos não estão em contato visual uns com os outros. Alguns dos sons emitidos são exclusivos dos macacos que atingem determinada idade.

> Vídeo: Cachorro toca campainha para entrar em casa e faz sucesso na internet

Características do macaco sagui

Ágil, divertido e inteligente, o macaco sagui é um bicho pequenino. Costuma pesar entre 350 a 450 gramas. Dependendo da espécie, pode ser maior ou até menor. O sagui-anão, por exemplo, pesa cerca de 110 gramas, enquanto o peso do mico-leão-dourado pode ser de, aproximadamente, 800 gramas.

Assim ocorre também com sua pelagem, que varia conforme a espécie. Também varia bastante o tamanho dos grupos que costumam formar. Em média, são de 3 a 15 animais cada bando, composto por adultos e filhotes.

Interessante destacar que cada grupo social do macaco sagui desempenha um sistema de dominância. Além da possibilidade de viver em monogamia (possui apenas um parceiro sexual), poliginia (o macho pode ter mais de uma fêmea), poliandria ou poliginandria (uma fêmea é ligada a mais de um macho).

A fêmea sagui normalmente tem dois filhotes por gestação, cujo período varia de 140 a 160 dias. Seus bebês começam a complementar a amamentação com duas semanas, ingerindo frutas. Somente atingem a maturidade sexual por volta dos 13 a 14 meses.

Esses pequenos primatas possuem um polegar semelhante ao do ser humano, uma cauda não preênsil, ou seja, que não pode segurar. Eles têm pêlos sensoriais no pulso, estrutura primitiva do cérebro e garras em vez de unhas. 

A maioria desses macaquinhos tem dois molares. E seus incisivos inferiores são longos, com os quais cavam buracos.

> Tosa higiênica: conheça o método que ajuda a evitar infecções em animais

6 espécies encontradas no Brasil

Das mais de 40 espécies de macaco sagui existentes no mundo, 6 delas são encontradas no Brasil, mais especificamente nas regiões central e oriental. Veja quais são e onde habitam:

Sagui-de-tufos-brancos, na Caatinga;

Sagui-de-tufos-pretos, no Cerrado;

Sagui-da-serra-escuro, Sagui-da-serra, Sagui-de-cara-branca e Sagui-de-wied), na Mata Atlântica.

Os principais predadores do macaco sagui e o tráfico de animais

Os cachorros domésticos são os principais predadores dos saguis. O homem, infelizmente, também é considerado seu predador. Esses macaquinhos costumam invadir residências pra pegar alimentos, como frutas.

São descuidados, podem quebrar as coisas da casa e ainda defecar no local. Outros potenciais predadores dos saguis são os traficantes de animais. E outros grupos antiambientais.

O tráfico ilegal de animais opta principalmente por aprisionar os filhotes de macacos, já que são mais mansos e fáceis de domesticar e vender. Muitos deles não sobrevivem às péssimas condições de transporte.

Costumam ser drogados pra ficarem mais calmos. Além disso, chegam a ficar sem alimentos e água durante dias e trancados sem troca de oxigênio. Muitas vezes, morrem asfixiados.

> Leão-baio é perigoso? Conheça espécie vista na Serra Catarinense

Os saguis podem ser animais de estimação?

Um macaco sagui só pode ser criado como pet desde que adquiridos de criadouro legalizado. E somente com documentação e liberação do IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). 

Isso porque esses animais são considerados silvestres. A documentação necessária abrange a instalação de microchip no animal e a nota fiscal do local onde está sendo adquirido o sagui. Cuidado pra não adquirir o animal de forma ilegal. Você pode ser preso e pagar uma multa pesada.

Outra exigência para criar o sagui é que você garanta um espaço adequado. Isso envolve a criação de um viveiro (gaiola) grande na árvore, com cordas, balanços, um local para dormir, poleiros, potinhos de comida e água. Neste caso, prefira os de aço inox porque não são tóxicos. E até alguns brinquedinhos disponíveis.

Os saguis precisam tomar sol para se manterem saudáveis. O ideal é passar até meia hora no sol por dia, de preferência no começo da manhã ou final da tarde. Por isso, seria bom instalar o viveiro num local que bata sol em algum período do dia.

Outro item importante para a saúde do bichinho é a limpeza. É necessário limpar o viveiro uma vez ao dia, assim como os potinhos de água, comida e brinquedos. Além disso, é preciso oferecer somente alimentos limpos ao macaco sagui.

Não se esqueça que mesmo sendo encantador, o sagui é barulhento e pode morder ao se sentir ameaçado. Além disso, o bichinho deve ser levado ao veterinário para manter a saúde em dia, evitando prejudicar a dos seres humanos que, por ventura, convivem com eles. 

Afinal, os macacos são transmissores de doenças graves para as pessoas. São muitos cuidados necessários para se ter um sagui em casa. Por isso, pense bem antes de ter um. Lembre-se de sua responsabilidade perante o macaquinho e a natureza.

> Morcego gigante australiano: conheça o animal que viralizou nas redes sociais

Posso brincar com um sagui?

Você pode brincar com seu bichinho, mas antes de manuseá-lo preste atenção no seu comportamento. Para perceber se ele está estressado ou doente, verifique os seguintes sinais:

Apresenta olhos opacos ou distantes;

Tem recusado comida e água;

Anda comendo as fezes;

Tem feito cocô mole.

Se nada disso estiver ocorrendo, você pode se aproximar, mas sempre com cuidado. Caso queira tirar um pouco o sagui do viveiro, você deve reservar um cômodo da casa que esteja com as janelas e portas fechadas, para que ele não fuja. Mantenha guardados os objetos que possam machucá-lo ou que não possam ser danificados.

Agora que você já aprendeu bastante sobre esse animal silvestre, veja que todo cuidado e dedicação do humano ainda pode ser pouco para manter o macaco longe de seu habitat natural.

> 10 animais em extinção no Brasil

Conheça os aniimais mais estranhos vistos em SC

Você também pode querer ler

Quanto vale uma medalha de ouro?

Corrida de bandeja? Veja esportes que brasileiros seriam medalha de ouro

Saiba se atletas olímpicos podem beber álcool e entenda mais sobre

O que é o gesto de protesto no pódio das Olimpíadas

Cobra d’água: tudo que você precisa saber sobre

Cobra de jardim: o que tem por trás da espécie

Tem para todos os gostos: descubra os tipos de cogumelos

Pode beber depois de tomar a vacina da Covid?

Como recuperar o paladar depois da Covid

Se nunca ouvir falar, agora vai: saiba o que pansexualidade

Heterofobia existe? Entenda mais sobre o tema

Descubra tudo sobre os tornados em SC

Famosos formados em cursos bem curiosos e bizarros

Já queremos 2022: veja os grupos da Copa do Mundo 

Reinfectados por Covid: veja quem são os famosos que pegaram o vírus duas vezes

Sexo em público é crime? Entenda a sentença

Precisa renovar a CNH? Confira as datas

Bolsa Família 2021; confira o calendário

Semana com apenas 4 dias? Saiba como trabalhar menos e ganhar mais

Colunistas